Minha aluna Taty

Um conto erótico de professor
Categoria: Heterossexual
Data: 04/05/2005 16:04:28
Nota -
Assuntos: Heterossexual

Olá depois de ler muitos relatos resolvi contar algumas de minhas aventuras. Sou professor e leciono informática em um curso gratuito onde a minha turma pode ter adolescentes e pessoas já na terceira idade formando um corpo de alunos bem ecléticos. A minha primeira aventura com uma aluna foi a alguns anos e também foi minha primeira pulada de cerca fora do casamento, ela quando entrou em sala no começo do curso, nos olhamos e parecia que já nos conhecíamos, com o passar das aulas fomos nos conhecendo e com isso percebíamos que sentimos algo um pelo outro mas tinha um porém não só um mais vários, eu ser casado ela ser noiva e ser minha aluna, mais em todo final de aula quase nos agarrávamos em sala mesmo e do jeito que estava não podíamos continuar então marcamos um encontro em um cinema para podermos conversar melhor como para mim era a primeira vez em uma traição confesso a vocês que fique muito nervoso dentro do cinema rolaram vários beijos e vários amassos saímos de lá com um encontro marcado para a outra semana para irmos em outro lugar, eu tenho um amigo que tinha na época um local que ele usava com escritório para umas reuniões e como ele tinha um emprego fixo este lugar ficava fechado varias horas durante o dia então levei ela para lá para podermos conversar melhor sem forçar a barra de levar ela para um motel, mas só foi ficarmos sozinhos que começamos um agarramento sem limite começamos com beijos longos e passada de mão por todo o corpo e por falar em corpo quando eu tirei toda sua roupa e cada pedaço que desnudava era coberto por beijos, percebi que ela era mais linda do que eu imaginei uma pele morena com cabelos encaracolados emoldurando um rosto que estava mais lindo ainda seus seios eram grandes e um corpo divino de uma ninfa coloquei ela sentada na mesa e falei em seu ouvido que agora eu ia fazer umas das coisa que mais gosto na vinda que é chupar uma mulher, com isso comecei a me deliciar com sua bocetinha de menina nova pois ela só tinha 18 anos e foi em seu aniversário que ela ficou noiva e isso tinha sido a 2 messes atrás, ela não falava nada só me olha de um jeito meio nervoso, mas mesmo assim lá fui eu lhe chupar, comecei sem presa para acabar como sempre quando os beijinhos as linguadas viram chupadas de verdade ela começou a falar que aquilo era muito bom que o seu noivo não fazia isso nela que ela estava adorando que estava dando muito mais prazer para ela naquela momento que seu noivo nas vezes que tinham transado pois ela só pensava nele que as poucas vezes que tinha chupado ela foi só para fazer ela ficar melada para ele poder enfiar o pau sem problema, eu parei lhe olhei em seus olhos dei um beijo em sua boca para ela sentir seu próprio gostinho e lhe disse que era para ela relaxar e gozar pois era isso que eu queria, continuei com meus afazeres até ela anunciar seu primeiro orgasmo em minha boca e ele foi feito aos gritos até um pouco alto diga-se de passagem terminando seu orgasmos e como a minha posição não era nada confortável fique de pé lhe abracei dando tempo de ainda perceber respiração ofegante o seu corpo ainda em contração pois gozo, ela me abraçou forte e ficou cala por um tempinho, depois me olhou nos olhos e foi tiram minha camisa e como eu sou um pouco peludo ela ficou brincado com meus pelos e foi tiram o resto de minhas roupas quando ela foi tirar minha cueca ela olhou fixamente para meu pau eu sem saber o por que lhe perguntei ela me falou o seguinte é o segundo pau que eu pego e ele é diferente do meu noivo, ele é maior e mais grosso, fique feliz pq é muito bom ouvir isso. Ela começou com uma punhetinha bem de leve como se tivesse admirando um brinquedo novo para depois começar a brincar, sua brincadeira foi ficando cada vez melhor ela foi colocando ele em sua boca de lábios carnudos e começou um boquete maravilhoso seus lábios cobriam a cabeça do meu pau e depois ela ia descendo a onde podia chegar, foi chupando e punhetando e parecia gostar do que fazia pois me olhava com uma cara de menina levada, depois de me chupar por um tempo lhe pedi para parar e ficar de pé comecei a lhe beijar novamente e foi colocando e senta na mesa de novo abrir suas pernas e me coloque entre elas encostei meu pau na entra de sua buceta e esperei por uns instantes suas reação ela simplesmente me pediu para fazer como se fosse sua primeira vez pois ela estava se sentindo assim eu comecei a introduzir a cabeça lentamente e lhe beijava no mesmo ritmo como ela estava sentada a penetração não foi completa depois pedia que ela se deita-se na mesa agora sim poderia colocar tudo naquela rachinha apertada comecei a aumentar lentamente as estocadas e com isso seus gemidos começaram a ficar cada vez mais intensos logo eu estava lhe fudendo com certa brutalidade e lhe segurando pela cintura e dando sempre estocadas firmes ela começou a dizer que iria gozar de novo só que agora em meu pau que meu cacete esta lhe matando de prazer começou a gemer e depois a soltar palavras que eu quase não entendia e disse que estava gozando para aumentar ainda mais o seu prazer penetrei ainda mais rápido ela gemeu até ficar calada e por um certo tempo bem quetinha com os olhos fechados como no primeiro orgasmo sai de dentro dela quando ela abriu os olhos ela olhou para mim e me disse e você quer acabar comigo? Eu sorri e fiz um carinho em seu rosto ela pediu para chupar mais um poquinho pois tinha adorado chupar o meu pau e como ela agora estava também como seu próprio gosto ela queria experimentar, deixe ela meu chupar mais pedi para ela se ajoelhar aos pés ela falou com uma cara de safada bem sim é clero meu professor querido e gostoso, me dá se pau para sua aluna chupar dá, isso mexeu comigo e comecei a brincar também dizendo que ela uma aluna muito safada e uma novinha bem putinha que estava fazendo seu futuro marido de corno, quando eu fui falando isso para ela, começou a me chupar ainda com mais vontade era eu falar como puta, aluna boquetera que noivo dela era um corno ela demostrava estar gostando do tratamento, mas eu queria fuder mais um pouco aquela bucetinha então mandei ela parar e ficar de quatro em um sofá que tinha no escritório, me coloquei atras dela e ela foi logo achando que eu ira já enfiar nela mas eu tinhas outras intenções me abaixe um comecei a passar minha língua em sua xota depois de varias linguadas comecei e lamber seu cuzinho ela me olho por cima dos ombros e falo o que era isso que eu estava fazendo, não respondi nada e comecei a enfiar mais ainda minha língua em seus buracos em sua xotinha era fácil mas em seu cuzinho a língua não entrava de jeito nenhum, depois de lamber bastante ai sim comecei a enfiar meu pau em sua boceta agora diferente da outra posição essa era profunda e com estocadas sempre vigorosas com direito a puxar cabelo e tapas em sua bunda bem feita era como se eu estivesse cavalgando em uma égua seus cabelos me serviram de rédea enquanto eu enfiava em sua boceta adentro, quanto mais selvagem nós fomos ficam mais ela gritava e pedia para eu enfiar pois ela estava me sentido lá no fundo de seu útero, com isso meu gozo foi se aproximando então falei para ela que ria gozar, que iria encher ela com meu leite, ela falo então goza me dá o seu leito meu professor querido goza dentro da sua aluna isso novamente mexeu comigo comecei a falar então meu leite sua putinha gostosa eu vou encher é buceta de leite que o corno do seu noivo acha que é só dele comecei a gozar e enfiar cada vez mais fundo possível logo depois que comecei gozar ela disse que estava sentindo meu leite dentro dela que era muito bom que ela ia gozar também para eu não parar, como parar se eu estava gozando abundantemente dentro dela eu só reuni mais força para continuar metendo mesmo depois do fim do meu gozo e como das outras vezes ela ao terminar de gozar ficou quetinha um pouco e depois foi para o banheiro se limpar, só que fui junto e disse quero só que você tire o excesso pois queria que ela fosse para casa assim, ela como uma boa aluna me obedeceu vesti a calcinha e o sutiã quando ela se virou para mim eu ainda estava de pau duro puxei ela pelos cabelos e falei agora quero que você me chupe até eu gozar em sua linda boquinha ela pediu para eu sentar no braço do sofá e me chupou até eu encher sua boca com meu leite e ainda falei que era para engolir tudo, ela assim fez e me disse que adorou tudo eu para completar falei na próxima que quero aquilo que faltou hoje, ela me perguntou o que havia faltado eu nada respondi só lhe dei um tapa um seu bumbum. Depois eu conto como foi.

E-mail= [email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
BIN LADEN
10/02/2006 19:58:52
Nifeta de 18 anos????????
O enfermeiro
12/05/2005 18:14:57
Belissímo conto, bela trepada

Online porn video at mobile phone


dei a buceta pro borracheiro contos eroticoscoroas londrinense tarada bem próximoCasada gostosa se exibiu pro novinho eleou pica,confesso.conto dei a brexinhazofilia o Palzudo fudendo a Mulaincerto irmao tarado que bulinou a irmã durmindo e comeu elaPutaria brasileira puta da a a fortãopornô brasileiro mulheres comendo outra com pipador falando putariachupando buseta labefo pasda mso bocscasadoscontoseroticos chuvahomen batendo punheta nbanho e gemendo gostosocontos de mulheres sendo fudida com o marido do.lado em transportesContos cabacinhos mineirosmeu amigo me punehtouconto casada pinto itu cornowww xvidios brasileiro mães filhas e tias e comadres com afilhados comconto erotico viadinho vestiu calcinha e shortinhoconto comi minha eguahttp://www.xvideo.asadas.samdont.com.br/conto erotico huntergirls71Sobrenatural-Contos Eroticos zdorovsreda.ruContos eroticos de podolatria com fotos de primas pedindo massagem nos pezinhos bonitosvidio de bucetilha novilhacontos eroticos cabaninhacontos eroticos sete anosadvogada abrindo sua buceta no motelcontos gay ajudando meu pai fechar a venda 2gorda bbw chifrandoConto erotico de shortinho para cunhadofotos de mulher lefa e que aquenta fuder com pic grande da cabeca grossa e a mulher peituda e deramando leitecontos eroticos meu amigo comeu eu e minha esposaxvideos de primo dera ocabaso da primaCONTOS EROTICOS COM FOTOS MEU TIO NUDE PAU DUROpornô doido um pau inacabavel para elanovinhos erotizando de fio dental atoladoconto gay ele se revoltou e tomou todas traição xxvidioxevedeos vizinha gostosa de biquíni na piscina vedeos caseroXVídeos cavalgando papai notado fininho fininhofotos bucetad testa de tourovideo de sexo magrinha tentou fugir mas fico imobilizado com o pau gigAnte no cua filha novinha e virgem da vizinha ficou sozinha , ela pediu q gosace dentro da bucetapromo gostoso me fudeu contos eróticos gay XVídeos vídeo pornô das panteras sobrinho veste de Empregada em transa contigoeu me masturbando pra minhacunhadinha pretinha de onze anos em vsexo porno meu professor foi me visita pra me da reforço,e acabou me chupandominha aluna trans (conto traveco)irmas jemeas lesbicas do rabao fode uma a outra sexo louco pornodoidoContos eroticos gay emgrachante onfacasadoscontos eroticos meu professor me comeu.a contos eroticos vi meu irmão pelado pela brecha da porta e fiquei esxitada e passei a provoca eleporno pai brincando de fazer cocegas na filhaconto+inquilino pirocudoContos eroticos chantagiei e chupei minha maninha chuapadas entre elasxvideos entertidacontos eroticos arretando novinha na hora da janta na meaameu tio comeu minha bucetinha virgem parte 2 contos eroticosmtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1fazendo buceta sofrer com pau extraordinariamente grosso pornovideos pornos de mulheres de cor amarradas e amordaçadasaronbarao cu d vadiacachorro lambendo a buceta com esparadrapo abrindo o cuzinho contoscontos eroticos numa ilha desertavigem alilado bucetaszoogay 2016conto erotico calcinha aparece da minha mulhercontoeróticocoroa engravidei minha sograkomem tocab puetamadastra x padastro fodendo enteados ninfetosmulher matematica com pau no cu e pedindo mais pornoxvideosmeninascom tesaoxvideosó no cu pracaga grossocontos minha esposa agazalhou um pal enorme no rabocovarde mundobichaContos casal achou um comedor topa tudoeu tenho 30 anos de idade minha noiva linda e gostosa ela tem 22 anos de idade ela casou virgem da sua buceta e virgem do seu cu comigo na nossa noite de núpcias eu e ela dentro do quarto eu tirei seu vestido de noiva eu dei um beijo na boca dela ela deitou na cama eu chupei seu peito eu disse pra ela sua buceta virgem raspadinha e linda eu comecei a chupar sua buceta virgem ela gozo na minha boca ela chupou meu pau eu fui metendo meu pau bem devagar na sua buceta virgem que sangro eu comecei a fuder sua buceta eu disse pra ela sua buceta e muito gostosa de fuder ela disse pra mim seu pau e muito gostoso fundendo minha buceta eu fundendo sua buceta ela gozo ela disse pra mim goza dentro da minha buceta eu fundendo sua buceta eu gozei dentro da buceta dela ela disse pra mim agora fode meu cu virgem conto erótico