Minha esposa e meu pai III

Um conto erótico de Dinevipa
Categoria: Heterossexual
Data: 05/02/2006 01:04:32
Nota -
Assuntos: Heterossexual, Swing

Cátia, minha fiel esposa tinha me traído. E com meu pai! Eu agora sabia que ela participava também de orgias e swing, como aconteceu nesta noite em que me fingi de bêbado e fui deixado dormindo na nossa suíte enquanto, lá embaixo na sala, ocorreu um tremendo swing, onde meu pai usou minha esposa em troca da irmã do meu chefe!! Rafer, vice-presidente da empresa em que trabalho era amante da própria irmã Raquel!! Esta noite havia sido cheia de surpresas. Mais ainda quando descobri, pela primeira vez, há uma semana atrás minha mulher engolindo a rola de meu pai!! Agora Cátia está tomando banho, lavando todo sinal de luxuria que exauria de seu corpo. Ela limpa cuidadosamente a vagina e se demora um pouco mais no anus. Eu a vejo através da porta semi aberta do box. Meu tezão é tão grande que chega a doer!! Eu só preciso fechar os olhos e toda a cena volta a minha mente!! Cátia beijando sofregadamente a boca de Raquel enquanto era duplamente penetrada por meu pai e Rafer!! Saber que minha esposinha, deusa de sexo, me chifrava também com meu chefe, era a glória!! Eu devia estar com meu estado mental alterado! Como eu poderia estar tão excitado e feliz se eu era motivo de desprezo de meu pai, e sabe lá quantos homens mais, que abusavam de minha esposa!! Ainda mais que Cátia não escondia o prazer intenso em se entregar ao meu pai e possivelmente a outros homens!! Não, eu não estava fora de razão. Simplesmente eu nasci assim!! Como um homem nasce viado e uma mulher nasce lésbica. Então era isso! Em vez de me mortificar querendo espancar minha mulher, eu me sentia mais tesudo e feliz ao saber que ela era minha esposa possuída por outros homens!! Uma sensação incrível e indescritível era saber agora de quantas vezes Cátia e meu pai e os outros homens sabiam que estavam ali trepando com uma deusa de sexo genuinamente bem casada!! Eu não queria a moiçola pura com quem me casei. Eu queria a esposa que me traia com meu pai!!

-Oh! A conversa durou até agora?...que horas são? – perguntei enquanto entrava no banheiro.

-Que susto, queridinho!!...eu não sei. Teve uma hora que eu quase cochilei...

-Voce está linda...com esse corpo molhado...olha como estou!!

-Deve ser porque você quer urinar, Fel! (meu nome é Rafael e este é meu apelido). Eu estou tremendamente cansada!! Me deixe dormir bastante, benzinho!! Não me chame pra nada!!

Enquanto falava, Cátia se enxugava. Em seguida ligou o secador de cabelos o que impossibilitou de eu continuar com o diálogo. Mas a tesão era por demais insurpotável! E ali, sensualmente com os braços levantados e os volumosos e bem torneados glúteos levemente tremulando devido aos movimentos dos braços, Cátia me era todo esplendor! Aquela bunda maravilhosa que foi feito de tudo, o que é possível sexualmente fazer, por meu pai e por Rafer, era o meu imediato objeto de desejo! Assim me aproximei e a abracei carinhosamente. Cátia deu um leve suspiro e virando o rosto, sem nunca parar de desligar o secador, meu deu um beijo na face, dizendo: “Vá dormir...”. Aquela indiferença me doía profundamente, pra logo após aumentar ainda mais meu desejo por ela, por aquela putinha dos outros homens!!

-...mas eu quero você!!

-Pô, Fel!! Se manca!! Que horas são?...quase quatro da manhã, e você vem com essa história agora!! Deixa de ser egoísta!

-Mas...mas você...estava...estava... ( Então me toquei da mancada que ia dar!!)...está tão sexy!! Olha o estado que você me deixa!!

Cátia calmamente desligou o secador e me olhando nos olhos disse: “Se masturbe enquanto seco os cabelos...depois não deixe nada melado por aí!” Religou o aparelho e continuou como se eu não existisse. Eu adorava essa mulher!! Porém não me fiz de rogado. Num gesto brusco tirei o secador de sua mão, enlacei sua cinturinha com meu braço e levantado-a do chão a levei para a cama!! Cátia se refazendo do susto me dava tapas espraguejando!

-Me solta seu imundo!! Seu grosso!! Me solta já!

Consegui deitá-la na cama de bruço enquanto ela continuava se debatendo e me xingando e cai em cima de suas costas. Eu beijava sua nuca e suas costas e fui descendo, sempre a segurando firmemente! Minha rola se alojou entre as bandas de sua nádega e aquilo me deu um imenso calafrio de prazer!! Quantas vezes meu pai não teve a mesma sensação!! Em seguida eu fui descendo mais ainda, pois queria venerar aquela bunda maravilhosa que tantos já haviam gozado nela!! Segurando os dois pulsos de Cátia e com meu torso fazendo peso em suas coxas eu só tinha o meu rosto para abrir caminho até o anus, por mim nunca violado, de minha mulherzinha!!

-Pára, Fel! Pára!...deixa de ser escroto!! Seu merda!! Seu...merda...merdinha...pááára...

Minha boca e língua sugavam com avidez aquele anelzinho avermelhado de tanta rola que tinha levado há uma hora atrás!! Cátia agora não mais se debatia e parecia gostar! Não hesitando mais, me levantei pra tomar posse daquele cusinho que era dos outros e nunca foi meu!!

-Nada disso! Você não vai querer me melecar de novo, vai!!

Cátia se vira e me encara apoiada nos cotovelos.” Se masturba e...me chupa pra acabar logo com isso!”. Que humilhação! Meu corpo tremia em êxtase!! Eu me ajoeilhei e como se estivesse rezando ao todo poderoso beijei, chupei e suguei com inteira devoçãoa minha esposinha traidora!! Quando eu me empolgava em demasia, Cátia me dava tapas na cabeça!

-Devagar, ó escroto...devagar!! Eu obedecia humildemente e voltava a me sufocar entre suas bem torneadas coxas. Mas era impossível não me empolgar! E num desse repentes em que ela me bateu na cabeça de novo, eu levantei meu rosto e disse:

-Me esbofeteia na cara!! Vai, bate!! Com força...bate!!

Cátia me olhou surpresa com o pedido. Então o belíssimo rosto de Cátia tomou uma expressão impassível. Uma expressão que só uma pessoa dominadora tem e sem avisar me esbofeteou duas vezes!! Eu estava pra gozar e quando eu pedi pra me esbofetear de novo, Cátia não atendeu meu pedido mas agarrou por meus cabelos do alto da cabeça e puxou minha cabeça de encontro a sua bucetinha, esfregando meu rosto nela como ele fosse uma esponja!!

-Vai...chupador...xerequeiro...se lambuza...seu putão!!

E eu gozei brilhantemente pela segunda vez desde quando descobri meu pai comendo minha esposa!! Cátia delicadamente, mas ainda segurando meus cabelos, me afastou de entre suas coxas, se levantou e se dirigiu para o banheiro. Eu ainda arfava, me recuperando do gozo, quando ouvi o secador de cabelos sendo ligado.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive dinevipa a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
beto adm
05/02/2006 10:19:45
Viajou na batatinha neste conto!!!! meu ter fantasias é normal mas sem nexo algum esta sua ,,, que você tem desejo de ser corno ta claro mas... faltou soltar o tel da esposinha ai !?
Reginaldo Gadelha
05/02/2006 04:32:39
Outro idiota usando meu nome. Vai dormir camarada.
Regianldo gadelha
05/02/2006 01:13:13
Gostei muito desse conto.

Online porn video at mobile phone


contos eroticos filiarXVIII minha mulher com negaovideo porno irmao tarado meteu na irma sem camisinha acabou ingravidando elacontos chupador de bucetaabaxa vidio porno de tio fudeno supria só nucu da safadacomeu o cu da filha do patrão novinha de17 pornodoidorubiaebeto quase mulhervideos porno marido viciado em comer a fezes da esposaxvideodo novınha fazendo sexo nos matofilmes pornô lambuzada pelo pazes as panterassafada nuonibucontos eroticos meninas de vinte cinco anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinhos vermelhovideo viuva custou a dar a bucetatia novinha dacu dominocontos eiroticos leilaporndois negao dt realisa fantasia de uma mulher casada boa fodahttp://comto erotico muler casada gostosa no onibus lotadoCanto erotico caderante pagava xupa bucetaleticia postal xvideostio tirano vijidade de cobrinha no yotubincesto tio tirando virgindade da sobrinha de dez anos no semáforocumendo o cuzinho da sua enteada noivinha em xvidios caseiroxvideos rolas chapuletadas gozandocão mete ate o talo na bucetinha de uma virgem q fica grudado na buceta dela e ela tenta tirarcarolzinha santos gordinha gostozinha trepano com colega de trabalhoconto erotico gay cunhadospornodoido nao vou fazer esto de novo papaiXVídeos mulher enfiando a b***** e mandando Fernandinhowww.xvideos- gay novinho lindinho lourinho gozando com penis gigante.comeu quero mulher tem pinto comendo viado que amanhece a tempinho comendo vi antes vídeo pornô vídeohome tarado caucia gozada.chochotinas de crentinhas fotosver vídeo pornô da irmã novinha de 18 aninhos entubando com outro irmãoxxvideo gay gosando sem bota a mao no paupornodoido gratis quebrado um cabaço cabiludinhaconto encoxada gostosa que leveicontos aiíiiii hum aiaiawwwxvideos pinto mole subindoFilha dormindo debruço pai sobe encima come o cuconto ertico mej marido e bi adora dar o cu emquanto come bucetabubuta bem dada com pau pekeno yutubeconto porno provoquei meu filhoporno.socu.epeitos.glande.pinto.enormepornos filmes dos xpartacusele arrebentou meu ultero xvideox videos mulher lammbendo o cusinho do homem e ele gosaflagranoescritoriomãe vê filho pelado dotado fica louca e fode com ele pornô iradoenfiou a mao na cueca do marido e chupou o pirucontos eroticos sogras Evangélicas Gravidas do Genrolenbi pinto bebi porranao aguentei cumi a minga cunhada ali mwsmocontos reais de mae e flla virgem safadas levano pica grandedopou a mãe c. eroticoContos eroticos de podolatria com fotos desejando chupar os pes de primas provocandoNoca vi pau grosso filio vei mifuder na sala estorianegao com pau de 070cm pondo na loira cavalaporno com novinha de saia curta limpando a casa e o irmao dela pousado na bunda delaXVídeos pornô mulher pulando em cima de um palco com segundo imediatamente ela desmaiaVamp19- Casa Dos Contoscunhada bucetuda e deboxadaxvideos novinho aguento penis de 24cm do irmao gemeo gayMaduras chupando novinhos contoseroticosmulher megra emfregano abuçeta na cara nu puterocontos de sexo raspei minha bucetaimpressando gostosa na parede porno doido analMatheus-Contos Eroticos zdorovsreda.runovinha dado cu viguiAliviando os funcionarios contos eróticosvarias mulheres nuas no meio da grama mexendo na buçetahttps://www.pornodoido.com/video/esposa-traira-e-fodida/xvideos menimas14meu filho adora analxisvido mai ei baxo da mezaMinha namorada seduzida pelo papo do pagodeiro contos de mulheresvideo de mae assustada com o tamanho do cassete do filhoxvideo gala gemido e puxao de cabelofedeu minha cunhada gordinha ate engravidarminha mulher resolveu comer meu cueu minha prima e.seu poni dirou meu cabaço contosperdi a virgindade pq quiz conto incetopadrasto e intendenda gostososhot apertado rola grossa se destacaconto erotico velho sedutorvídeo de pornô senta na minha pica rebola Dodôfilmes porno gratis de incestos de coroas iperdotados comendo filhas e netasContos eroticos freira casa dos contoseu e minha irmã e minha mãe moramos sozinhos eu tenho 22 anos de idade minha irmã linda e gostosa ela tem 18 anos de idade eu tirei a virgindade da buceta e a virgindade do cu dela eu tava a noite fundendo minha irmã no meu quarto minha mãe ela entrou dentro do quarto ela me viu eu fundendo minha irmã minha mãe ela tirou sua roupa minha mãe disse pra mim pra eu fuder elas duas juntas conto eróticoContos eroticosPerdendo as pregas bem novinhaxividio o viado nao vai agenta o pau do nagaocontos evangelica quarentona goza gostosofoda incesta mae dormindo bem profundo tipo estupro putaria brasileira cenas fortes de estrupo mae sexoContos- filhinha greluda e putinha desde pequenacontos casada encoxada no ônibusirma fasexi irmao pau gadecontos eroticos gay dormindo com o tio