Em busca da transa perfeita

Um conto erótico de Rosana
Categoria: Heterossexual
Data: 02/01/2007 16:50:17
Última revisão: 20/08/2010 21:14:43
Nota 9.44
Assuntos: Heterossexual, Anal

Por só ter arrumado homem frouxo, após ter me separado do meu primeiro marido, há muito tempo já havia desistido de arrumar um outro companheiro. Todos me pareciam inferiores a Roberto, meu ex, sequer lhe chegavam aos pés. Os homens que conhecia me decepcionavam logo de cara. O penúltimo deles, então: o sujeito era bissexual. Eu não dava sorte com o sexo masculino. Eu disse o penúltimo, porque o último, um cara a quem a princípio não dei muita importância, caiu no meu agrado.

Era um médico bem sucedido e descasado também. Seu nome era Leonardo. Nos conhecemos em uma festa de casamento e eu fiquei encantada por aquele belo espécime masculino, muito bem vestido e esbanjando saúde. Fomos apresentados por uma amiga da noiva e logo percebemos que tínhamos muitas afinidades. Homem inteligente é outra história.

Como ele também gostava de dançar, marcamos um encontro, no qual, após o jantar, esticaríamos em uma boate. Dançamos a noite toda e, lá pelas tantas, ele pousou a mão em minhas coxas, enquanto dizia ao pé do meu ouvido. “Essa minissaia está me deixando louco.” Como eu também estava doida, relaxei e deixei para ver até onde iria. Depois de meses de jejum, senti uma mão se aproximar da minha bocetinha excitada. Fomos para o bar de um hotel, beber um último drinque, naquela noite. Ali, ele fez uma declaração que me tirou do sério: se ele algum dia voltasse a se apaixonar e pedisse uma mulher em casamento, teria que ser com uma mulher feito eu. E em seguida beijou minha boca.

Depois disso, nem preciso dizer que não fiz objeção, quando ele me convidou para subirmos para o quarto mais luxuoso do hotel, onde passamos a noite de amor mais linda da minha vida. Juro que tremi de emoção quando vi o pênis daquele homem maravilhoso ereto e apontando na minha direção. Minha reação foi pegá-lo em minhas mãos e sugá-lo com todo carinho. Que delícia era sentir aquele caralho pulsando, dentro da minha boca, a cada mamada que lhe dava. O pau de Leonardo parecia que crescia cada vez mais, à medida que ia e vinha entre meus lábios.

Antes que ele gozasse, montei naquele cavalo de carne e músculos, como uma amazona no cio. As rédeas eram os braços do meu amado que, por sua vez, acariciava os bicos dos meus seios. Eu me sentia derreter por cima daquela pica gostosa, derramando sobre ele todo o suco que tinha dentro da boceta. Estava muito feliz por ter encontrado um homem de verdade, que me compreendia. Gozei como nunca havia gozado na vida. Mas como todos os homens, ele quis comer meu cuzinho. E, eu, para não desagradá-lo, cedi, apesar de nunca ter gostado muito de sexo anal. Com todo cuidado, ele lubrificou o pau com o líquido que escorria copiosamente da minha xoxota e, vagarosamente, enfiou na minha bunda. Por nunca ter gostado daquilo, não tinha experiência em relaxar o ânus. Sentia um incômodo dolorido em meu cuzinho apertado, mas suportei a pressão do meu macho. Inexplicavelmente, a dor foi se transformando em prazer, e sem perceber já estava rebolando em sua pica. Que delícia é dar o cu para um homem que sabe como comê-lo. Foi uma loucura quando cheguei ao orgasmo, tremi, gozando sem parar. Pedi para que ele não saísse de dentro e que continuasse ali, mais um pouquinho, por mais uma hora, por toda a minha vida. Mas, coitado do meu macho, também queria gozar, o que ele fez ejaculando copiosamente no meu ânus.

Essa foi a primeira de muitas trepadas que dei com Leonardo. Outra inesquecível foi durante uma viagem que fizemos pela Serra Gaúcha. Após nos recolhermos em um hotel, ele acendeu a lareira que ficava próxima à cama. Em seguida, ele colocou um CD para tocar e começamos a dançar. Lentamente, ele foi me despindo ao som de um bolero. Com as mãos em meu corpo, ele ia intensificando suas carícias, de acordo com o ritmo da música. Descontrolada, dei-lhe um beijão na boca enquanto caíamos e rolávamos pelo chão transpirando sexo. Depois de despi-lo, sentei na beira da cama e, abrindo as pernas, expus minha bocetinha molhadinha, fazendo-lhe um convite. Leonardo me chupou com tesão e eu, louca, soltava gemidos altos, segurando firme a cabeça dele, para que não tirasse a boca dali. Lembro de ter gritado que estava gozando. Estava quase desfalecida quando Leonardo penetrou minha xoxota quente. Ele me dava estocadas vigorosas, enquanto eu enlaçava suas costas com minhas pernas. Podia sentir seu pau todo dentro de mim. Era muita delícia para a minha bocetinha, e gozei mais uma vez. E quando ele também gozou, pude sentir seu jorro de esperma bem sobre o meu útero.

Até hoje, eu e Leonardo continuamos amantes. Aquela insinuação de proposta de casamento, ele nunca mais a repetiu. Os arroubos de romantismo hoje também são menores. Mas, foder com ele continua sendo maravilhoso. E disso eu não abro mão. Melhor ter um macho que me faz gozar, e muito, na cama, do que me deixar levar por fantasias românticas.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
23/11/2008 14:59:44
gostei Rosana... aceita um novo amigo?
06/01/2007 19:49:40
Rosana excelente, nota 10.
05/01/2007 16:31:02
olha...sinceramente adorei, simples direto e nos fazendo sempre ficar com tezão. Mas acho que sei te fazer gozar bem gostoso...bjão
05/01/2007 01:39:05
As vezes pela falta de conhecimento das pessoas, sobre as palvras do nosso português dá nisso!!! Criticas absurdas o Leno fez sobre seu conto. Foi ótimo seu relato, parabéns e esqueça esses idiotas que escrevem besteiras a respeito do conto dos outros. Valeu!!!
04/01/2007 03:24:07
Rosana, escrebve muito bem, bem demais, parece até que é professora de português ensinando literaura na primeira série do segundo grau. Começou muito legal, o primeiro parágrafo é dez, mas depois teve umas frases que parecem retórica parnasiana de Machado de Assis. Aí forçou a amizade. Vejamos. * encantada por aquele belo espécime masculino * ele pousou a mão em minhas coxas * montei naquele cavalo de carne e músculos * jorro de esperma bem sobre o meu útero * Sobre o seu útero querida somente o seu estômago. O caralho estava msmo no Intestino. Mas vá lá que é muito melhor isso do que a porcariada que a galera publica neste site deixando a gente desesperado. Onde andam os grandes contistas eróticos???? Rosana, vai firme querida, simplifique e fique mais mundana e vai ser uma ótima contista. Não se chateie com os meus comentários feitos pra mexer com o seu brio. Vai firme. Você promete. Seja mais chula.
03/01/2007 14:12:38
03/01/2007 11:24:39
faço minhas as palavras da Branca...bom,sem ser vulgar...muito interessante...vc tem futuro! escreva mais!quem sabe melhore os demais contos...
03/01/2007 09:29:17
Estava disposta a nem comentar hoje, mas sinceramente gostei muito do seu conto, sem ser vulgar vc mostrou prá que veio.Continue com esse homem maravilhoso e boa sorte

Online porn video at mobile phone


lance francesinha sexo analcasadoscontos minha sobrinha branquinhanovinha de quinze anos fodida a forca pelos trez vizinhos bem dotados contosgostosa de brusso 10min youtubecache:DQJrVIKjMRQJ:zdorovsreda.ru/texto/200912302 xvideo tara com apacoteiracontos eroticos minha irma novinha peidou quando tirei o cabaco delaconto mulher sede a chantagem de garoto tranzarvideo porno gorda trezeno com cachorroContos eroticos cozinheirosbuceta babando liquido transparentebroderagem conto heroticos de peludos na mao amigaeu quero uma mulher metendo com dedo e g****** jogado para fora piscando o c*gorda bbw chifrandocuidei da cunhada de dieta e engradei ela contos e sexo.caseiro e videosPizque o cu ai va xvideoscontos eroricos lesbicos de lactofiliavídeo pornô com homem enfiando o braço todo no ânus da mulher despejando muito líquidocontos eroticos cheguei casa escorrendo porra cornosPorno estupro irma vai dormir mas o irmao no colchão de arfui abuzado no acampamento por negao contos eróticos bucetas de gravidas bem inxadas escorrendo gozomillasissyx vídeos filme casal vai acampar e é atacados pir vários pirocudosx pono de bundas arotando galaxvideos.com judiei da minha alunaContos eroticos humilhada e dominada pelo amigo do meu filho 2contos de sexo depilando a sogralevo a esposa em uma festa de amigos e mandaram o rola nela na.maior surubaconto gay virei a puta de varios machos na saunaprodutora cabine erotica spvedeo novenha linda da um cuzinho apertatenhoSodomizando mãe e filha contos pai tarado ia enfiar so a cabecinha mais enpurrou na bucetinha da filha virgenXVídeos marido dela não tem pica para comer ela ela vai lá no mercado e compra o vibrador da grossura da vida de um cavalo e da o marido dela tá empurrando o cu dela grita demaiscontos eróticos filhinha novinha gostosa delirando no colo do papaisou amante do meu sobrinho home negro com penis grade afoder com cunhadanòvinhá brasileira da bucetinha carnuda ê peitão na siriricá porno.xxnovinhasvídeo pornô eu estava dormindo a bunda e 20:13 me comeu na marraContos picantes de safadas peguei minha vô dando pra pisudo novinha deslumbrada com um casetaoler contos eroticos menagegata apertadinha pulou pra frente ante pau grande / pornoirado.comvidios porno de mulatas de labios carnudos pondo porra pelo narizvidio de pesouas transandohomem pede pro negao foder ele feito mulherzinha,mundobixaContos eroticos casada escrava do amantexvideo so novinha boguente no escritorio caseiromulheres taradas po cachorroesb tarzapornô cara cara Guga e c****** da mulher dele tá ficando 2018 a mulher gozar o homem gozar na boca da mulherestupro esposa contos eroticosxvideos baixo o ziper empurro a rolaincesto sendo encoxada e rebolando gostoso contos pornovideo de padrasto tentando resistir a enteada rebolando no colo delepauzudo fode bucetamenorBrasileira recatada dando o cu de vestidinho é gemendo me fode calcinha vermelhasografudeno com geroconto gay ele se revoltou e tomou todasenfiando cassetete de policia no cu ate o talo no xvideopornô doidão lavano carrover video internet menoninha bate.do punheta com vpntade protitioprimeiro menage femininoxevideo mulher dormido e rola entrandobiquine mulher cazada safada.e asim na praiaLiloca Fodendo muito Duro Emposicoeslesbicas com grelo muinto grande transandoConto erotico casada polpinha bundaomulheres bostas scatffodendo uma barangavidio tio trepamo ma sobrimha