FIZ COM MINHA CUNHADA OQUE NAO FIZ COM MINHA NAMORADA.(100%REAL)

Um conto erótico de arcanjo13
Categoria: Heterossexual
Data: 28/08/2007 06:48:00
Nota 6.73

Ola pessoal, Bom eu namoro a 1 ano e meio e amo muito minha namorada, mas sabe como e ne buceta de cunhada gostoza e embacado nao sentir vontade.

mesmo com um ano de namoro resolvemos minha namorada e eu que queriamos casar, e meu sogro uma pessoa muito boa que se dava muito bem comigo apoiou a decisao, eu trabalhava o dia durante a semana, e nos finais de semana ajudava meu sogro a fazer o acabamento na casa q ele estava construindo, que era em cima da casa que ele estava morando.

la morava minha cunhada debora, minha namorada, meu sogro e minha sogra.

minha cunhada debora ha minha cunhadinha tem minha idade 21 anos e e muito linda, mas nao e so isso, e muito gosotoza tambem, tesuda demais, minha sogra e baiana entao ja viu a raca ne, eram muito bravas, minha namorada era a menos, mas alem de serem bravas as filhas trepavam muito, tinham muito apetite por sexo, minha namorada e a irma debora sao muito conversadeiras e por isso conversavam sobre tudo e e claro minha sogra tambem se envolvia na conversa, costumavam dizer por exemplo; que deram uma hoje e que foi bom essas coisas, mas so ficavam entre elas e claro, eu sabia porque minha namorada me contava as vezes algumas coisas das conversas dela, e eu sou uma pessoa que adora sexo e eu nao dou uma rapidinha nao,(so quando e preciso ne) eu gosto de passar uma hora trepando no minimo, fazer o servico completo.

e minha namorada comentava que eu tinha um fogo muito grande que se deixasse eu passaria o dia inteiro comendo ela, e minha cunhada sabia que eu era fogoso.

e eu sabia que ela era tambem porque nos conversavamos, quando so estavamos nos dois eu sempre procurava um meio de entrar nos assuntos de safadeza e conseguia, e por conseguir sabia que ela gostava de conversar sobre isso. todos nos trabalhavamos de dia, menos a debora, com o passar do tempo fiquei desempregado e minha namorada tambem,(servico temporario e foda) e meu sogro aproveitou e me pedia pra ir no meio da semana la pra adiantar o servico na casa ja que eu estava desempregado, eu dormia la, as vezes a semana toda, e com passar do tempo sem perceber tava praticamente morando la, so ia pra casa nos finais de semana, e com isso as vezes via coisas que me deixava de pau duro, minha cunhada gosta de vestir saia quando esta em casa, gosta de se vestir confortavelmente e acabou se acostumando tanto com minha presenca la que acabava dando umas mancadinhas de vez em quando, sentava e deixava as pernas meia abertas com isso eu via aquela bucetona inchada pela calcinha dela, ela nao dorme de sutia e e usa as vezes blusinha de alca, as vezes vai pintar as unhas e acaba abaixando, a blusinha fica folgada na frente e eu acabo vendo aqueles peitinhos durinhos nem muito grande nem muito pequenos, com tudo isso quem sofre e minha namorada, quando eu vo meter com ela acabo deixando ela toda assada de tanto tesao quando lembro da debora, ou ja viu ne, apelo pra punheta mas q punheta gostoza viu. certo dia minha namorada precisou sair de manha pra passar no medico,ela tinha consulta marcada, e eu q era mto fiel, responsavel e passava a imagem de bom menino pra todo mundo fiquei em casa com a debora o resto estava trabalhando minha sogra e meu sogro, todo mundo confiou em me deixar em casa sozinho com ela olha so.eu dormia na sala e ela no quarto, e ela acordou.

ela fez o cafe como sepre e foi tomar na sala assistindo tv, eu que tive uma noite maravilhosa sonhando q tava comendo minha vizinha, que e muito tesuda tambem acodei com o pau todo melado e duro como de costume, mas quando vi ela na sala fingi que continuava dormindo e resolvi entaum tentar um palno pra ver como ela reagiria, fingindo que estava dormindo me revirei um poco e fiquei de barriga para cima estava no colchao na sala,

e entao debaixo do cobertor abaixei um poco o shorts sem que ela percebesse o movimento, deixei metade do meu pau para fora so o comeco, e entao abaixava o cobertor de pouco em pouco, ela foi na cozinha deixar o copo de cafe que ela tinha acabado de tomar, e eu aproveitei e tirei de vez o cobertor de cima de mim,fiquei descoberto e com metade do shots abaixado mostrando somente os pelos do meu pau e o comeco dele a mostra.entao ela voltou e se deparou com aquilo, ela sentou no sofa e continuou assistindo mas olhava pro meu pau, eu ficava com o olho um pouco aberto, sabe como sao as pessoas quando estao dormindo, fazem muitas coisas ate ficam com olho um pouco aberto, e assim ela nao perceberia que eu estava acordado. entao ela comecou a olhar achando que eu estava realmente dormindo e dei uma vacilada mostrando pau, ela assistia e olhava, assiatia e olhava.

resolvi acordar pois o plano aparentava nao estar dando muito certo,acordei lavei o rosto e sentei no sofa,comecei a converasr com ela e entrei naquele papo safado de novo.

ela se envolveu no assunto e comecou a me fazer perguntas obcenas,se eu ja tinha trepado no mato com a minha namorada, se tudo que minha namorada falava era verdade que eu tinha um fogo danado, sabe perguntas desse tipo, e eu respondia com sinceridade, e ela disse que tambem tinha um fogo e que gostava muito de trepar que gostava de tudo, nisso ela me perguntou do que os homens mais gostavam em uma mulher e eu respondi e claro a bunda, e ela me perguntou se a dela era bonita e eu repondi que sim era bonita e muito grande no tom de risadas de brincadeira, e ela ria tambem. debora e uma morena muito linda de corpo, pode nao ser muito de rosto mas o corpo e uma beleza e os cabelos sao grandes ate a bunda, coxas grossas e tinha aquele jeitinho menininha que me deixava louco.

entao ela disse que estava com dor nas costas que tinha dormido de mau geito e eu ofereci uma massagen nas costas dela, ja naquelas intencoes e claro e comecei a fazer no ombro dela, entaum disse q ela tinha um pescoco muito lindo e que eu era tarado por pescoco e pedi para que ela me desculpasse mas eu nao estava aguentando, e dei um beijo no pescoco dela, isso arrepiou todos os pelos do braco dela, imagine como nao tava os pelos da buceta, e ela disse vc me deixou toda arrepiada e eu disse mas vc nao gosta de beijo no pescoco?, e ela respondeu se eu nao gostasse nao ficaria arrepiada.

entaum comecei a dar beijos de leve no pescoco dela, a te que consegui beijar a boca, demos um beijo muito gostozo e muito demorado, eu comecei a passar as maos nas pernas dela,nao parti para buceta ainda mas apertei os peitinhos, e ela pegou no meu pau, e disse eu sabia que isso nao ia prestar,e eu disse mas agora ja era.

tirei os peitos dela para fora e comecei a mamar sentado do lado dela, ela fechava os olhos so sentindo eu mamar naquela teta durinha, que teta gosotoza eu enfiava todinha na boca com gosto e sugava com toda forca,entao comecei a descer a mao pra bucetinha dela e comecei a alisar enquato chupava os peitos, ajoelhei no chao levantei a saia dela coloquei a calcinha de lado e meti a boca sem do nem piedade naquela buceta linda, era a primeira vez que eu via aquela xana deliciosa peluda mas bem vermelinha inchada de tesao e toda melada na minha frente, xupava que nem louco enfiava a lingua la no fundo e tirava enquanto apertava as tetinhas dela que estavam todas vermelinhas de tando eu mamar.

entaum comecei a xupar entre o cu e a buceta, nossa o cuzinho era a coisa mais linda apertadinho e bem roxinho, eu estava completamente louco parecia um sonho, nunca imaginei que eu ia comer ela,entaum resolvi aproveitar tudo que tinha direito, muitas coisas que nao fazia com minha namorada resolvi fazer com ela.

ela disse dexa eu ver essa pica, agora e a minha vez de saciar a sede, e eu tirei meu shorts e pus minha rola para fora e disse vem mamar vem, e ela veio e ja meteu a boca, ela tetava engolir tudo mas nao conseguia acabava se engasgando, e eu forcava a cabeca dela pra entrar tudo mas ela ia acabar vomitando, sentia a garganta dela quentinha e ela babando muito, foi um boquete muito melado muito gostozo, nao queria, mas resolvi parar se nao ia gozar muito rapido, coloquei ela de pernas abertas no colchao o travesseiro debaixo da bunda dela pra ficar com abuceta um pouco mais alta e meti fumo naquela buceta, metia com toda forca pra aroombar mesmo sem do que delicia sentia aquela buceta quentinha e ela dizia mostra pra mim que o que minha irma dizia era verdade mostra, mete la no fundo, e eu metia forte entao coloquei ela de quatro e comecei bombar, ela urrava de prazer parecia uma cadela sendo arrombada por um pit bul,meu cacete e grosso,mais grosso do que grande entaum eu arrombava forte mesmo, sentia as paredes da buceta dela raspando forcado no meu pau esticando mesmo.e eu disse; todo mundo pensou que voce nao ia correr perigo tando sozinha comigo ne? imagina so. fiquei ali por uns 10 minutos, e ela gozou gosotozo deu um berro enorme e se contorceu toda, e eu toda vez que vinha a vontade dava uma parada pra nao gozar ou entaum ia devagarinho metendo, coloquei ela de lado e comecei a comer ela,agora de ladinho, sempre fodendo forte, pra ela nunca mais esquecer daquela pica, entaum coloquei ela de brucos deitada de barria para baixo e fodi a buceta dela assim tambem jogava todo o peso do meu corpo encima da bucetinha dela que por sinal estava toda arrombada ja, e ela deu outra gozada se tremia toda e me xingava de tudo quanto e palavrao e isso me deixava com muito tesao. comi ela de todas as posicoes possiveis,a mais gostosa foi quando ficamos mais ou menos em uma forma de tesoura,, igual quando duas lesbicas ficam esfregando uma buceta na outra, a famosa briga de aranhas kkkk, mas aqui era diferente agora minha pica entrava todinha ate as bolas eu sentia aquela buceta esticando. e resolvi comer o outro buraco que ainda tava intacto, o cu!!.

ela nao queria mas a essa altura do campeonato ela nao tinha mais querer, cuspi ate nao ter mais saliva no cu dela, cuspi no meu pau e tentava enfiar aos poucos e ela gemia de dor, e eu dizia aguenta cadelinha, agora voce vai sentir uma rola de verdade no cu, vo te foder tanto que voce nao vai aguentar nem sentar amanha, e ela chorava de dor eu via a lagrima decendo dos olhos dela e ela me xingava mas isso me dava mais tesao ainda.entao resolvi xupar o cu dela, xupava e cuspia dentro dele, enfiava o dedo pra abrir caminho mas queria mesmo era arrombar ele todo, e meti a pica devagar e aos poucos fui aumentando a velocidade, meti no cuzinho dela de quatro, de ladinho e resolvi foder de frente tambem olhando pra cara dela,e aquele cheiro de bosta saindo do cu dela meu pau tava todo melado de merda pode?, mas eu nao quis nem saber fodi fodi, e ela chorou chorou, pedia pra eu gozar rapido que ela nao aguentava mais, entao eu soltei minha porra dentro do cu dela, nossa que sencacao maravilhosa, a porra quentinha no cu dela, aquele cu enorme rasgado e eu gozando sem parar fiquei uns cinco segundos gozando sem parar naquele cu, foi muito delicioso. entao tirei o pau do cuzinho dela e fomos pro banheiro, ela ja aproveitou e deu uma cagada, enquanto eu tomava banho e lavava meu pau todo inchado e sensivel de tanto esfregar uma carne na outra,depois de uma hora e meia trepando eu tava realizado, ela ficou toda assada e com alguns cortes, mas disse que adorou e que teriamos mais, mas que ela pensaria duas vezes antes de dar o cu pra mim, mas tambem se nao gostasse eu nao tava nem ai, matei a vontade mesmo,minha namorada chegou depois de duas horas,e eu tava dormindo e a debora tambem, ninguem sabe de nada hoje depois de seis meses a debora ta noiva de um magrelo raquitico,mas sempre que da ela paga um boquete pra mim.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
26/04/2011 11:40:29
adoramos seu conto......
09/08/2010 10:37:42
legal o seu conto!!!
12/01/2008 01:46:57
Nossa!!! Que tesão, meu! Adorei seu conto! Adoro cacete grosso! Parabéns!
29/08/2007 04:21:20
amigos o fato aki é que o conto é real, nao menti em nada. mas alguns nao gostam e eu acho muito legal as pessoas serem verdadeiras mesmo. obrigado pelos comentarios. e eu vo tentar comer mais minha cunhada, mas agora ta mei dificil viu.
28/08/2007 17:09:20
Gostei bem verdadeiro ..comi um cu tbm de uma loirinha crente que foi bem parecido rsrs pois ela tbm saiu toda arrobada e foi cagar rsrs
28/08/2007 08:15:53
Que seria de nós sem essas mulheres maravilhosas, as cunhadas. As minhas são três e todas também são muito safadas. Até hoje só consegui comer uma mas sei as histórias das outras e são de matar de tesão...

Online porn video at mobile phone


Claudia souta nua mostrando a bucetairmsa emcoxada no banheiro pelo irmaohomem bundudo sapatariameu irmao despresa minha cunhada e ela da a bucetinha gostosa para mimnovinho foi bater uma punheta no fundo do quintau. e ficou passandu o dedu no cuzinho e nao sabia que tinho um cara pauzudu venducomendo o meninos da igreja contos gaysComi o rabo sujo de bosta do Lukinha contos eróticos gaysviadinho fui pagar o aluguel contos eroticosconto comi minha patroa na igrejaVamp19-O Doce Das Suas Veias-24 . CASA DOS CONTOSContos eroticos patricinha apaixonada pelo guardacontos eiroticos leilapornConto comi minha irmãXVídeos mulheres carreteira dando sozinha de carretaprica cavalapornocaseirogosandodentrofurou o bico da camisinha enquanto o viado nao via xvideosxvideos novinha aprendendo a polotar motoxupando gksmamilos grande emfiando na bucetaapaixonado pelo meu primo brutamonte melhor parteconto etotico patroa e empregada bixesual e seu esposochupei lambi os pés da minha prima mais nova dormindomulheres mortas com a bucta scheia de porravideo porno loirinha dano pra nomoramos e amigosbeijo safados com mulheres de poposoes e homem de cueca de pau duroloiras da bunda gigante areganham o cuconto tatuador eu e minha mulher colocou um piercing eu e meu primo comemos a gostosa pornoXvidecarnePensei em convidar para uma grande mulher transando com buceta grande mulherContos novinha bolin d pel titia enquanto o tio dormeporno contosminha mulher deu na massagemeu quero assistirum filme pornografico lesbicas amor lesbico inesperado no pornodoidoloira puta vaz cachorro gosar cinco vesezconto gay o marrento do bairrovídeos pornô brasileiros com mais novinha proibido sussurrando no escurinho comobaixar vidio porno mã colocando. bruza roza en sua filNegrão.estrupando sobrinhavirgem a forca sem.os pai ver atras de casaexecutiva casada puta de negao contosconto erotico velha casada banca negao pirocudover contos eroticos lesbicas de a ginecologista sexo relatoscasadoscontos-escrava dos/marginaisContos titio sou virgem so se for no cuzinhoxvideos peguei a gorda na finaleiranamorada pidino pra se errabadaela tirou roupa na frente do anão achando que era um menino conto eroticopediu outro cacetexvideobomtuda pornoeu gostaria de ver a mulher o cavalo dando chuchadavideos de pivetada fazendo fila pra fuder pretinha safadapornô dois negão chega na porta de uma mulher com cheque de r 1000contos eroticos mulher dopada e fudidahistórias eroticas os flintstones sr pedreiracombinei com amigo comer minha esposa dp contosginicologista arebentano cabaso da novinhacontos eroticos meu enteado me comeupor que quando minha tia mim ver ela passa a mão e coça a buceta delaconto encoxada gostosa que leveiela tamava banho quando foi surpreendia pelo roludo que tirou sua virgindadecontos eroticos gay o amigo do meu paicumendo a sogra da bunda grade de 35 anosconto erótico abuso gangbang gayconto erótico levando injeçãomédico explicado chupar bucetas doença transmiticontos erotico,meu genro me enrrabou dormindoXVIDEOIRMAPUNHETAnovinha que derao boceta e firmarãoConto erotico sou madura e consolo lesbicafranco e belinha zoofiliacoroas gostam de ficar peladas e meladas de margarina no cu e na buseta todafudendo a mae dormndocontos eiroticos leilapornvideos porno gay de jander pauzaocontos vadia humilhada sexo grupalContos gay novinho que foi rasgado por varios homenspica da cabesa grade colocono na buseta pornovadiacalcaContos eroticos de mamae e filhas gulosas mamando nos pauzao grandao grossao dos cinco filhos numa suruba em casavideo porno transando mexendo se esfregando fazendo coceira dentro