Minha sogra coletou meu esperma

Um conto erótico de Marco Antonio
Categoria: Heterossexual
Data: 29/12/2008 03:03:39
Nota 9.33

Olá me chamo Marco Antonio, sou um cara normal. Tenho 28 anos, sou casado e vou dividir uma história com vocês.

Certa vez, minha sogra, Dona Cida esteve em minha casa nos visitando e enquanto ela estava na sala conversando com minha esposa fiquei no computador trabalhando em alguns projetos. Quando ela veio se despedir de mim eu continuei sentado na minha cadeira e ela se curvou para me dar três beijinhos. Eu fui colocar a mão em suas costas, como normalmente se faz quando se vai cumprimentar alguém desta maneira.

Acontece que sem querer acabei passando a mão na sua bunda, e desde então criei um tesão louco pela minha sogra, e a partir deste dia passei a olhar a Dona Cida com outros olhos.

Minha sogra não é nenhuma beldade dessas descritas nos demais contos, é na verdade uma loirinha, baixinha e gordinha de quarenta e poucos anos.

Várias coisas me excitavam nessa história, o fato de ela ser mais experiente, a putaria de comer a mãe e a filha e ainda o fato de ela ser uma mulher sexy e bonita, apesar de estar um pouco acima do peso.

Eu morria de vontade de comê-la, chupar muito a sua bucetinha, beijar a sua boca esfregando o meu pau no seu grelinho e depois deixar deslizar o meu pau inteiro dentro dela e começar a meter bem forte e fazê-la gozar bem gostoso no meu pau, e quando me desse vontade de gozar ia botar ela de joelhos na minha frente e mandá-la abrir boca para receber toda a minha porra. Iria mandar ela engolir tudo e depois ainda ela limpar o meu pau com a língua.

Mas isso tudo era imaginação da minha cabeça, eu achava nunca iria acontecer nada entre a gente, até que uma sucessão de fatos acabou mudando o rumo das coisas.

Essa minha sogra, há muito tempo fazia uma pressão danada para nós déssemos um neto para ela. Era tudo o que ela mais queria no mundo. Eu a minha esposa depois de resistirmos muito ao seu assédio e curtirmos um pouco a vida de casados decidimos há cerca de seis meses atrás que já era hora de atendermos aos pedidos da minha sogra e dar-lhe um netinho.

Por mais que transássemos praticamente todos dias, mais de uma vez no mesmo dia em algumas oportunidades, não havia jeito da minha mulher engravidar. Após exames médicos descobrimos que por problemas de saúde as chances de sucesso de uma gravidez seriam maiores se fosse feita uma inseminação artificial.

A minha sogra procurou o maior especialista em inseminação artificial e pagou todo o tratamento. A minha esposa fez a coleta do óvulo num determinado dia e ficou agendado que a coleta do esperma ocorreria na semana seguinte.

Acontece de cinco dias antes da coleta eu me acidentei de moto e me machuquei todo, cortei a perna, esfolei as costas e quebrei os dois braços. Tivemos que remarcar a coleta para dali vinte dias, mas fomos avisados que se não fizesse a coleta naquele dia, a inseminação ficaria adiada por dez meses, tempo em que o médico faria um curso na Alemanha.

Recobrado do acidente, mas com os dois braços engessados, no dia da coleta minha sogra me apanhou em casa para me dar uma carona e apanhar a minha esposa no trabalho para me ajudar na coleta.

No caminho toca o celular da minha sogra e ela atende. Era a minha esposa. Não ouvia o que ela falava, somente o que a minha sogra respondia e, associando as respostas e reações deduzi que ela tinha sido chamada para assumir a diretoria de uma multinacional, emprego irrecusável que ela estava almejando a muito tempo. Logo em seguida, muito empolgada a minha sogra confirma tal informação.

Nesta hora a minha sorte mudou e eu nem sabia, minha sogra seguia conversando com minha esposa e a ouvi respondendo o seguinte:

- Qual problema minha filha?

- Mas e o exame?

- O QUÊ?

Aquele o “O QUÊ?” denunciou tudo. Minha esposa não poderia sair da reunião na multinacional e pedira para a minha sogra dar um jeito na coleta. Meu pau começou a endurecer na hora imaginando mil e um bobagens.

Eu me fiz de rogado e perguntei a minha sogra o que havia acontecido e ela visivelmente transtornada disse que a Carla não poderia ir a clínica pois teria uma reunião com a diretoria da empresa que a estava contratando e que teríamos que arrumar uma forma alternativa para fazer a coleta.

Chegando na clínica minha sogra explicou a situação para a senhora responsável por receber o material. Ela queria que alguém da clínica me masturbasse e fizesse a coleta do meu esperma. Obviamente ninguém da clínica se prontificou.

Ela então virou-se para mim e perguntou se eu não conseguia fazer sozinho. Eu fiz cara de coitadinho e só mostrei os braços engessados para ela. Ela então deu um suspiro e disse:

- Marco Antonio vamos lá que eu vou te ajudar então.

Naquela eu delirei. A minha sogra iria bater um punheta para mim. Eu ia botar o pau para fora e ela ia ter que agarrá-lo e me punhetear até eu gozar. Era a realização de um sonho que eu achava que nunca iria se concretizar.

Ao chegarmos na sala da coleta, Dona Cida sentou-se na única cadeira que tinha e pediu para eu ficar de frente para ela. Eu fingi certo constrangimento mas estava morrendo de tesão com toda aquela situação.

Me coloquei na frente dela e ela abriu o zíper da minha calça, meteu a mão dentro da minha cueca e agarrou o meu pau tirando-o para fora das calças. Ela então começou aquela punheta gostosa e meu pau que já estava meio mole, meio duro quando ela agarrou, logo ficou mais duro que uma rocha, chegando ao auge dos seus 19 cm.

Nesse instante Dona Cida olhou para mim e falou:

- Nossa Marco Antonio que coisa mais grande.

Eu apenas olhei para ela e ri. Mas notei que ela começou a ficar nervosa, respiração descompassada, quase ofegante... Ela estava ficando excitada.

A gostosa da minha sogra já estava batendo aquela punheta com gosto, agarrava bem no meio do meu pau e puxava o couro da pica até a base e subia até cobrir a cabeça. Quando chegava lá em cima dava uma leve apertadinha na cabeça do meu pau e uma giradinha para cobrir toda a extensão da cabeça do meu pau.

Que delicia aquela punheta. Acho que pelo nervosismo ou excitação ela ficou com a boca seca, pois seguidamente lambia os lábios. Aquela cena me leva ao delírio, eu passei a olhá-la fixamente nos olhos enquanto ela me masturbava e não agüentando mais passei a dar alguns gemidos de prazer.

Nesse momento o olhar de minha sogra denunciou que esta também se entregara ao tesão.

Eu que já estava quase gozando, para quebrar um pouco o clima e segurar ainda mais a ejaculação dei um passo para trás e fiz uma cena fingindo que estava constrangido que não sabia se iria conseguir.

Minha sogra então esticou o braço e segurou novamente o meu pau e começou me punhetear lentamente e argumentar dizendo que eu iria sim, que eu deveria me concentrar que logo, logo acabaria gozando.

Só de vê-la falando aquilo para mim com o meu pau na mão eu já quase gozei, mas foi então que eu apostei todas as minhas fichas, dizendo que eu e a Carla havíamos combinado que ela me chuparia até eu sentir vontade de gozar, disse que desde moleque não batia mais punheta, que não achava mais graça e que daquela forma nunca gozaria, que iria embora para casa e que retomaria o tratamento quando o médico voltasse da Alemanha.

Dona Cida que não é nada boba sentiu que eu estava blefando mas entrou no jogo e disse que se era assim faria o que fosse preciso fazer. Logo em seguida foi se inclinando cada vez mais até que encostou a boca no meu pau. Primeiro dei um beijo na cabecinha, depois passou a língua da base até o freio, até que por fim colocou toda a cabeça do meu pau na sua boca. Sentir aquela boca quente e úmida engolindo o meu pau foi algo alucinante.

Ela então passou a chupar e bater punheta ao mesmo tempo. Chupava forte ao mesmo tempo que corria a língua por dentro esfregando por toda a cabeça. A mão quase encostada em seus lábios acompanhava o movimento de sua cabeça que subia e descia magistralmente me levando ao delírio.

A sua respiração estava ofegante e ela já esfregava a buceta, tocando uma bela siririca com a mão enviada dentro da calça, que era de um tecido leve parecido até com um abrigo desses de praticar caminhada ou algo parecido.

Quando eu vi aquela cena não agüentei e passei a gozar como um louco na boca da minha sogra. Urrava feito um bicho naquele momento, não sei nem como não vieram nos chamar a atenção lá na clínica.

Eu literalmente enchi a boca da minha sogra de porra. Normalmente quando eu gozo já sai muita porra. Mas em função do acidente e da realização da coleta eu havia ficado uns trinta dias sem transar com a minha mulher, de forma que acabei gozando como um cavalo na boquinha da minha sogra que não derramou uma gotinha sequer.

Eu notei, quando estava no finalzinho da minha gozada que alguma parte ela havia engolia, pois do contrário ia acabar engasgando ou derramando.

Quando eu terminei de gozar, tirei o meu da boca da minha sogra e ainda meio grogue pela gozada, a vi caindo para trás na cadeira.

Alguns segundos depois perguntei como ela estava e para minha surpresa ouvi ela respondendo claramente que estava ótima, que tinha gozado junto comigo e com uma cara muito safada disse que a minha porra era muito gostosa.

A safada tinha engolido tudo!!! Assustado eu falei:

- Mas Dona Cida a senhora engoliu tudo... e a coleta para o exame?

Ela com uma cara de tarada e já agarrando o meu pau novamente me olhou nos olhos e disse:

- Com a quantidade de porra que tu tens aí vai dar para inseminar toda a cidade. Me dá só mais um minutinho para eu recuperar o fôlego e que eu vou te ordenhar com a boca novamente, só que dessa vez vou guardar o teu leitinho bem direitinho aqui neste pote.

Bom... nem preciso dizer que ela mamou muito gostoso no meu pau me fazendo gozar novamente. Botou tudo no potinho. Mas fez questão de lamber o que colou nos dedos e de limpar o meu pau com a língua depois da minha gozada.

Depois desse dia minha sogra virou minha amante, ou melhor minha putinha submissa, mamando no meu pau quase todos os dias, mas isso é uma outra história para uma outra ocasião.

Espero que tenham gostado...


Este conto recebeu 3 estrelas.
Incentive Marco Antonio a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
23/05/2016 13:52:36
q disceussão sem graça. Esperma é mt gostoso, principalmente vindo do homem bonito e gostoso. Eu gosto de cheirar e engolir. me dá tesão.
27/01/2016 13:17:39
Uma mamada bem dada tem seu valor. Depois disso, ter essa boqueteira a sua disposição, melhor ainda.
18/12/2014 09:08:48
qual homem nunca imaginou comendo a sogra namorei uma gata que um dia fui dancar com sua mae e fiquei de pau duro ela esfregava tanto a buceta que quase gosei na calças nunca mas foi a mesma coisas acabamos desmanchado o namoro mas nunca mas esqueci a quele dia ?se tiver alguma tarada entre em contato para tenho 49 anos e uma rola de 19 cm moro em sao paulo capital proximidade de santana ou tucuruvi bjs para todas as taradas
30/11/2012 00:06:57
eta sogrona arretada
08/10/2009 10:30:45
muito bom seu conto,diferente e muito prazeroso,so falta vc comer mãe e filha juntas,parabéns
13/05/2009 22:30:11
Dez , camarada, dez... Como eu sempre falo, conto bom é que me deixa de pau duro, esse deixou.
11/01/2009 17:56:26
Zorth Cavaleiro, neste conto, no dia , tu recomendaste um produto "medicinal" e o seu fabricante. Acontece que o site é produzido por uma gang internacional de SPAMS conforme pode ser verificado no site de guarda http://spacequad.com/staticpages/index.php/Nature_Meds que no primeiro paragrafo diz :"This is a list of the website and products that this spam gang is responsible for. Feel free to browse thru it and get mad about how much spam is floating into your inbox on a daily basis. Until we can get ICANN and the Registrars to start verifying the spammers names, address's and phone numbers, it is up to each and everyone of us to start putting pressure on them to start doing the legal thing by requiring verifications. Spammer don't want this so they will do whatever it takes to keep you from knowing who they are. So lets all start participating and put these spammers out of business. The list is as follows: IP's then domain names, then finally the whois records." Um abraço.
08/01/2009 22:12:43
Pessoal o conto esta ótimo, mas a aula de medicina grátis, sobre esperma e líquido fecundado envolvendo até a progenitora de uns e outros é "dose". Sempre é bom lembrar que muitas vezes os comentários são melhores que o próprio conto, não sendo este o caso. Adoraria ter uma sobra assim!
05/01/2009 10:04:18
ESTE VAI PARA EDHY.......OLHA PROMETO QUE ESCREVO ,MAS QUANDO EU VOLTAR DE VIAGEM....AOU MELHOR TE ESCREVO DE LA,POR QUE TENHO QUE IR ATRAS DE MUITA COISA E SÓ ME FALTA 5 DIA PRA SAIR...OK?
05/01/2009 09:28:18
kurioso viadinhooooooo... kd voçê????????..Já conversou com sua mulher ????..quem sabe voçê me ensina a escrever o português correto????..enquanto eu como sua mulher.....kurioso viandimhooooo??????????...falta somente 5 dias para a viagem......descide......hummm..já sei voçê é daques viadinhos que prescisa criar corragem primeiro....né?????..esta pensando né viadinho ????..kkkkk...esta pensando.... e se minha mulher descobrir que fico aqui no computador atrás de homem...ou pensando....e se minha mulher ir e resolver não voltar mais...ai além de viadinho vou ser corno..para kurioso viadinho !!!!!!!!..ao menos voçê ficara livre para continuar com suas teorias sobre liquidos fecundantes e plasma seminal,ou haplóide,ou micro-gameta....Viadinho não se preocupe eu vou só de férias e volto pois tenho que concluir meu curso por aqui ainda....eu prometo a voçê que devolvo ela,mas não te prometo que ela vai querer voçê de volta....coisas da vida né???..ai não fica triste voçê podera ficar com as roupas intimas dela....e ensinando inglêses a escrever melhor o português...kurioso viadinho.
05/01/2009 09:23:19
Muito obrigado Zorth por favor escreva para: preciso de algumas orientações sobre medicina. Até mais.
04/01/2009 21:56:14
Holy shit THE KURIOSO VIADINHO Apex.
04/01/2009 21:51:41
KURIOSO....NÃO PRESCISA PREOCUPAR COM DINHEIRO QUE EU PAGO AS CONTAS TODAS.....ACEITA VIADINHO...ACEITA...SEI QUE VOÇE QUER VER TUA MULHER DANDO O CÚ PRA OUTRO...ACEITA...
04/01/2009 21:47:57
AI VOÇE ESCUTA ELA CONTAR E ESCREVE UM CONTO LEGAL PRA POSTAR AQUI NO SITE......VAI CONTAR COMO EMPRESTOU SUA MULHER PRA UM INGLES COMER ELA NA TERRA DA RAINHA......VEJA !!!!!!!!!!!ELA VAI SER RAINHA POR 20 DIAS....FAZ ISSO POR ELA SEU VIADINHO
04/01/2009 21:45:30
PARA DE CONVERSA E DIZ LOGO SUA BICHA.......VOÇE QUER IR OU NÃO???????SE NÃO QUER É SÓ DEIXAR TUA MULHER IR COMIGO QUE ELA CONTA PRA VOÇE COMO FOI.....
04/01/2009 21:43:25
ASSIM TA MELHOR VIADINHO ?????AI VOÇE NÃO PRESTA ATENÇÃO EM VIRGULA OU PONTO....
04/01/2009 21:42:19
KURIOSO.... I I don't know WRITE RIGHT THE PORTUGUESE MAIS SHE SWEATS WOMAN CAN YOU ME SCHOOL EM SSIMA OF MY PENIS.
04/01/2009 21:40:56
hummmmmmmmmm, ele quer ir pra cama comigo, kkkkkkkkkk KURIOSO.....FALANDO SÉIO AGORA....OK????.. NA EUROPA O CASAMENTO A TRES A LIBERADO..ENTÃO AGENTE VAI PASSAR DESPERCEBIDO POR LA..PENSA AI VC NUMA PONTA EU NA OUTRA E TUA MULHER NO MEIO....DEPOIS QUEM SABE VC PODE IR ATÉ SEGURANDO A PORTA DO BANHEIRO DO AVIÃO,ENQUANTO EU DOU LEITINHO PRA ELA...
04/01/2009 21:39:36
hummmmmmmmmm, ele quer ir pra cama comigo, kkkkkkkkkk KURIOSO.....FALANDO SÉIO AGORA....OK????.. NA EUROPA O CASAMENTO A TRES A LIBERADO..ENTÃO AGENTE VAI PASSAR DESPERCEBIDO POR LA..PENSA AI VC NUMA PONTA EU NA OUTRA E TUA MULHER NO MEIO....DEPOIS QUEM SABE VC PODE IR ATÉ SEGURANDO A PORTA DO BANHEIRO DO AVIÃO,ENQUANTO EU DOU LEITINHO PRA ELA...
04/01/2009 21:38:51
DERREPENTE UM PASEIO VAI DEIXAR ELA CONTENTE (è mesmo, enquanto vc mama no meu pau)....QUEM SABE AGENTE CONSEGUE FAZER ELA FELIZ...MUITO FELIZZ....PENSA AI KURIOSO VIADINHO (Essa sua assinatura é legal)..

Online porn video at mobile phone


vidiodisexonovinhaxnxx porno gey contos eroticos novinho pegando priminho no riachorabudas de calca legue agaxadasContos.shortinho.curto.enlouquece.filhowwwxvideo brasileira na tora xingandoconto erótico evangélica bunduda virgem e o mecânicoler conto erotico de depiladora lesbica chupando bucetata grande egreluda chupando os peitoes da cliente Zoofilia caes encangados em mulheressexo novos banho conhadas nuascontos erotico cheirando as calcinha da crentehomem fodendo rinoceronte homem fodendo financeiraefiou a pica todinha no geysinho sem camisinha ele gostoucomo você gosta de dar o cú ao trasex devagazinho bem gostoso ou no arranca tudo vidiocontos eroticos gay a cria e domesticação de Novinhos para ser escravo de coroas submissorelatoeroticomorenatirando toda a roupa e causinha fiu dentau vidiosconto de mulher e filha que foros estrupades efrete do maridocontos eroticos de corno manso no pagode com negroshttp://conto me vinguei com pauzudoquadrinhos hq casada carente cuidando dos mendigos negoesporno: lésbicas loucas ralando no chão enfiado a mão no raboContos erticos-sapatilhas chulezentasgta faz sexed putaria sessaoo cunhado cunhado esfregando a rola na na no rabo da cunhada de sainha de seda pretaContos eróticos de gozada na boquinha da madamewww.clip16..com fragas novinhas fazendo sexo em favelas.comMulher novinha do clitóris gigante fundida pelo padrasto hora do café e brasileira Encanto erótico Eu e minha filha com pedreiro negãocontos eróticos a aposta da esposavidio di hme k toroco disexoContos eroticos virei corno contra a minha vontadecontos metendo com mulher da igreja casadanovinha 18 ano que foje pra cama dos.pais pra trepa com elesmúsica de Tierry E aí parceiro que como você é o meu desejo te chatear o seu prazer escravo dos seus beijos Ai como eu quero te agarrarBAIXAR.40.FILEZINHAS.DE CALCINHA.LINDAS.contos erotico,meu genro me enrrabou dormindovídeo pornô a vovó Nininha arrancando a boquinha dela para chupar o pinto do menininhoxvideomamae sozinha em casacontos eróticos brincando cavalinho com a irmãXvideos cunhadinha de tualhasogras com genrosbucetasMeu gostozo tio mario.Conto erticocontos picantes de amor gaysxvidio das coroas tezudo gordasgozadas no xvideo de mulheres que dar tremetreme naspernaspornor doido batendo poleta na varanda homemtopei minha prima dirmindo .com xxxvideocavalo penetra na buceta fotosxvideo. Agarrõesfotos novinhas de collant rasgado e buceta aparecerHomen lenbendo a boceta, da mulher gobitirei a camisinha e enchi a buceta da mulher.do meu amigoxvideos nao resisti ao padrasto dotado q fode sem do ela gemendo muitoxxxvideos sempre tive uma recaida por minha cunhadaespeando o primo tomar banho e se da mal e estruprada pornodoidopornô grátis sobrinha Fala tio sua pica não vai caber na minha b********contoerotico.com/ tirei as pregas da novinha de inze anosxxvidio casada do jorrovampiro cumedor de bucetaum velhinho do pau enorme e muito grosso cumeu meu cusinho na marracumendo a irma emganadaxvideoporno primas bonbadinhas de casa transando bem gostosonegao esplodino um cusimhoesposa vadia de shortinho curtinho batendo punheta p outro ba frente do cornoMinha vida de chifradeiraxoxa poletamulher pedi marido. um negao.para cumela junta com marido porno.doidoXVídeos pornô brasileiro sogra ameaçando genro para transar com ele filha escuta todos os diasouvir contos eróticos Aminacontos virgem amassoscontos eroticos minha madastrA kesbicixvideos rolas chapuletadas gozandoconto gay alvinho e o velho amigo da famíliahomem safado alucando irma ate fudecontossexo de empregada eo filho da patroa notíciasmulata safada gosto da vara do roludo e traiusexofilha esta com medo vai ao guarto dos paisvídeo pornô com boneca de silicone de 80 kilos pela XVídeo pornôconto erotico gay com padrasto velho coroa grisalhocorno que gosta de ouvir da sua esposa como ela aguenta uma rola de25 cm no cuquero ver filme pornô com mulher morena de 20 anos dando o cu de bruço fechaMeu cão ralf me comeu contocontos eroticos casada timida no cinemaContos vi que a bucetinha da minha nora tava inchada. Nao resisti meti meu pau na buceta dela ela gritava muitofilmes de sexo so conegao do pal grande egrosso gosano dentro da buceta incha da negonafilme de sexo amador na Claudinha dei o c* virgem e gritou de dor