UM CORNO, UMA FESTA E O PRESENTE

Um conto erótico de Dom Miguel Salamandra
Categoria: Heterossexual
Data: 09/04/2009 15:26:31
Nota 9.33

Vilma, magrinha roliça, 1.63m, 55kg distribuídos perfeitamente naquele corpinho de menina, embora ela estivesse naquele tempo com trinta e dois anos. Alex, moreninho de 1.68m havia se casado com ela quando ambos ainda eram muito jovens, portanto já vivia uma historia de mais de quinze anos de convivência com sua esposa. Um belo dia, recebi um telefonema dele me convidando para ir à sua casa naquela noite, iria comemorar o aniversário dela e gostaria de me recepcionar. Quando cheguei para a festa estranhei muito não haverem mais convidados más, por discrição mantive-me calado, apenas me desculpei por ter chegado muito cedo. Ele, que me recepcionou, disse-me para entrar e logo me serviu uma cerveja bem gelada, Vilma tinha ido levar suas duas crianças na casa de sua mãe ali perto. Enquanto conversava-mos ouvi o barulho dela chegando, logo ela apareceu na sala onde estávamos, estava vestida com um micro shorts de colã preto, uma batinha tipo indiana bem curtinha e uma sandália de couro baixinha nos pezinhos. Nunca tinha visto Vilma naqueles trajes e para mim foi um choque, mantive-me firme más, quase falseei. Ela apresentava uma bunda roliça, redondinha e volumosa a ponto de se destacar das demais partes do seu corpo. Alex correu os olhos nela todinha e comentou sem discrição:

__Uma coisa que eu fiz muito certo foi casar com essa mulher, que maravilha, não acha Miguel?

__Pô Alex, assim você me deixa desconfortável, não vou fazer um comentário destes!

__Ihhh! Vilma, o Miguel não te acha grandes coisas!!rsrsrsrs

__Que isto Alex, não é nada disso Vilma, ele é que está tirando conclusões.

__Então diga Miguel, ela é maravilhosa ou não é?

__É! – respondi curto e grosso.

Vilma a partir daquele momento, a cada vez que ia pegar alguma coisa fazia poses, cada uma mais ousada do que a outra, sua bunda chegava a incomodar de tão gostosa. Alex a observava e sorria, parecia feliz de vê-la tão sensual. Ela, numa das vezes, foi pegar um objeto dentro de um armarinho e quando ficou na pontinha dos pés musculando sua bunda, Alex que estava próximo deu-lhe uma grande encoxada na minha presença, ela sorriu gostoso. Aquilo mexeu com o meu psicológico e instantaneamente fiquei de pau duro. Ela toda faceira rodava para lá e para cá sempre apresentando seu corpinho mignon, sua batinha branca deixava aparecer os biquinhos de seus peitos quando estavam arrepiadinhos. Uma delicia. Pouco depois Alex disse a Vilma:

__Amore, eu comprei aquele presente que você estava querendo tanto!

__Mentira, eu não acredito, você vive me prometendo e não cumpre!

__E se agora for verdade? – perguntou a ela.

__ Eu tiro a roupa e fico peladinha!

Quando ela terminou de falar isto ele tirou uma caixinha do bolso e de lá tirou um lindo anel, os olhos dela vidraram, ele então pegou carinhosamente sua mão e pôs o anel no dedo anular da mão direita, ela deu-lhe um gostoso beijo de língua. Enquanto se beijavam, Alex acariciava seu corpo sensualmente e esfregava seu quadril. Quando se separaram ela me olhou conferindo minha atitude, eu estava assistindo e claro excitado, ela percebeu e sorriu. Alex então disse a ela:

__Pode tirar a roupa!!!

__Olha que estou tão feliz que tiro mesmo!

__Gente acho melhor eu ir embora, assim você podem ficar bem à vontade.

__Que isso, de jeito nenhum, você é o convidado para nossa festa.- disse Alex

__Fica Miguel, se você achar melhor eu não tiro a roupa!!rsrs

__Ahhh, tira sim vai, você apostou comigo!!! – disse Alex.

__Tudo? – ela perguntou ao marido.

__Tudo. – ele respondeu.

Eu estava calado, meu coração estava disparado, ainda mais quando Alex disse que eu era um convidado para a “festa”, na minha cabeça passou-se um monte de coisas e meu pau não tinha como amolecer.

Ela então calmamente tirou a batinha branca, seus peitos tipo perinha portuguesa ficaram expostos e ela não esboçou reações adversas, agia com naturalidade. O marido sentou-se ao meu lado e não se continha nos comentários. Dizia achar Vilma a mulher mais gostosa de todo o bairro, ela sorria e agradecia com gestos teatrais, em seguida ela abaixou o micro-shorts ficando apenas de calcinha preta, daquelas que tem um pequeno triangulo na frente e é sustentada por dois barbantinhos, quase um fio dental. Ela disse então:

__Agora chega né?

__Negativo, você prometeu tirar tudo!

__Só tiro tudo se vocês também tirarem!

__Tá bom! – disse o marido decidido me incentivando a também ficar pelado.

A estas alturas eu já estava alucinado com a presença daquela delicia só de calcinha na minha frente, alem do fato de ter o marido provocado esta situação. Tirei minha roupa ficando só de cuecas enquanto Alex tirou tudo ficando peladinho de pau duro diante de mim e de sua esposa. Ele tinha um pau pequeno se comparado ao meu, minha cueca estava como um circo armado. Ela disse:

__O Miguel tem que tirar tudo também!

__Quando você tirar tudo eu também tiro! – Eu disse pela primeira vez participando.

Ela então fixou os olhos em mim, mais precisamente no meu pau e, tirou eróticamente sua mini calcinha. Seus pelinhos aparados e pretos eram suas únicas proteções, estava nua em pelo. Ela insistiu para que eu tirasse então a cueca e Alex nesse ínterim estava assistindo. Quando tirei a cueca e meu pau ficou exposto tanto ela quanto ele fizeram observações, ele disse que eu era um cavalo e ela disse que achava maravilhoso. O clima era sexual, ela ficava olhando meu pau e lambendo os lábios, Alex então tomou a iniciativa.

__Quer chupar o pau dele meu amor? Eu deixo!

__Deixa mesmo benzão?

__E você deixa Miguel ?

__Deixo!

Ela então se aproximou mais de mim e ajoelhando-se pegou no meu pau e levou para a sua boca, sua língua imediatamente começou a passear pelo caralho, calafrios de tesão percorriam minha espinha. Enquanto isto o Alex foi por trás dela e com jeito colocou o corpinho torneado de Vilma de quatro, ela arrebitou a bunda oferecendo seu trajeiro polpudo para o marido brincar. Alex meteu-lhe a língua, enquanto ele brincava na buceta dela por trás ela arrebitava e rebolava seu trazeiro. Enquanto ela me chupava eu estava admirando suas curvas, cintura fininha e quadril largo, de quatro ficava ainda maior. Quando Alex passou a língua pelo cú de sua esposa ela parou de me chupar e uivou de brincadeira.

__Que delicia meu amor, lambe de novo vai!

Disse isto e voltou a me chupar com vontade, eu pus as mãos no seu rosto e simulava pequenas bombadas na sua boca, ela gostou e apimentou ainda mais suas chupadas, Alex continuava lambendo sua bunda e quando seu cu estava umidecido ele encostou seu pau e foi empurrando-o devagar, ela gemia de tesão e rebolava a medida que ele enfiava mais.

__Que cuzinho mais gostoso, eu amo meter nesta bunda.

__Mete então meu amor, mete no cuzinho da sua esposinha, mete.

Momentos depois ele metia na bunda dela como quem mete numa buceta, o cu de Vilma laceou e ficou propicio para meter. Ele ia metendo e então passou a me contar que sempre tiveram o sonho de meter a três, que Vilma sonhava dar o cu chupando um pau e que como eu tinha um pau grande ela havia me escolhido para chupar enquanto dava o cu para o marido. Questionei sobre a possibilidade de também meter no cu dela mas, Alex disse-me que no cú só ele poderia meter, ela então interveio e disse que no cu não agüentaria meu pau más, que na buceta sim. Quando ela disse isto ele não agüentou de tesão e gemendo e socando com força esporrou abundantemente. Ela parou naquele momento de me chupar e se concentrou em aumentar o gozo do marido rebolando freneticamente. Foi para o chuveiro e lavou-se para tirar aquele liquido viscoso que escorria pela bunda gostosa. Alex sentou-se sorrindo. Quando ela voltou do banho disse ao marido:

__Amore, eu não gozei!!! Como que eu fico agora?

__Você não queria dar a bucetinha para o Miguel?

__Posso?

__Claro! – disse o Alex para a esposa transfigurada de tesão.

Ela então se aproximou de mim e pegando novamente no meu pau que continuava duro me convidou:

__Vem meter em mim vem!

Ela virou-se e caminhou até o sofá, ajoelhou e arrebitou o rabo me chamando. Meu pau estava latejando e quando eu encostei na portinha de sua buceta já pude perceber o quanto ela estava molhada. Meu olhar estava fixo na bunda magnífica dela e pegando firme em sua cintura comecei a bombar meu pau em sua buceta. Ela rebolava e dizia delicias sensuais, elogiava meu pau abertamente, dizia que nunca tinha sentido sensação igual em toda sua vida, sua buceta justinha massageava meu pau a cada estocada que eu dava. Variamos algumas posições e quando eu estava metendo no papai e mamãe ela não agüentou e apertando-me entre suas pernas começou a gozar, neste momento ela procurou minha boca com a sua língua e num beijo profundo gozamos juntos. Alex assistia a tudo e elogiava a performance da esposa. Ficamos um tempo ainda juntos tomando cerveja e programando uma nova festa!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
02/03/2015 23:36:05
Boooom!
12/04/2010 00:55:24
10, gostaria que a mulher não tome a iniciativa e sim os parceiros, para imaginar a minha esposa nessa situação, é o desejo de todos os que queremos ver a nossa mulher nessa, parabens
18/04/2009 21:55:04
Gostei.
17/04/2009 17:49:33
Muito bom
10/04/2009 09:19:30
Adorei o conto, 69 apavora, quer quando e onde, estou aqui,
09/04/2009 19:01:26
muito bom este conto, minha mulher tambem quer experimantar dois machos, mas ainda estoupensando a idéia esta cada vez mais presente na nossa cama, 10 pra vcs
09/04/2009 17:00:56
muito bom nota 8
09/04/2009 16:33:19
Venho seguindo seus contos e a cada dia, estão melhorando mais. Este conto merece uma continuação, afinal, mesmo o marido querendo se manter exclusivo no cuzinho dela, ela pode querer experimentar e convencer o marido a deixar que o amante o deguste. Aguardo, pois, a continuação. E parabéns pelos contos, muito bem elaborados.

Online porn video at mobile phone


pornô em fato real filho estrupa mãe gostosa e arrumadapassei chantili na sogra e chupei a bucetacontoerotico eu namorada mae e tioMulher andando de fildental arredor do homem ai depois o homem aranca no dente e gosa na buceta delaeu e minha irmã e minha mãe moramos sozinhos eu tenho 22 anos de idade minha irmã linda e gostosa ela tem 18 anos de idade eu tirei a virgindade da buceta e a virgindade do cu dela eu tava a noite fundendo minha irmã no meu quarto minha mãe ela entrou dentro do quarto ela me viu eu fundendo minha irmã minha mãe ela tirou sua roupa minha mãe disse pra mim pra eu fuder elas duas juntas conto eróticoabrino buceta ate limitefilme porno "ligados pelo desejo"conto erotico gay viado submisso vira femea do negaogosando na cara da alemao no xisvidioxvideo gay esperneandochantagiu irma e fudeucontos eroticos empregada precisa de granavi um negao tonhao rasgamdo a xota da minha esposaesposa dando o cu pra doisconto eróticosmenina+bem+novinha+nua+dadi+seu+cu+vigi+para+padtastocontos eroticos..minha prima me fez virar viadooooxviido cabelo novilnhamulata com pratinho xvideos.commorena com os pentelhos enroladinhos trepando gostosoconto amante casada puta itujuliana jemeno no pau groso ponodoidocontos eroticos mandei minha mulher dar pro nosso filhorenascendo no incesto parte3XVídeos mulher que fica enfeitada com travesseiro e dá uma estudadattraveco falano vougosa na punhetacoque video paraolha xvideoquadradinho da crente inocente safada em conto eróticosminha esposa me trocou pelo travesti contoPornô doído melhor femendo ia falando o meu deus o meu deus em inglêscontos eroticos sendo abusandosanporno irma louca pra da o cu pro irmao provoca ele ate ele come cu delafacebok de rio das pedras jpa rjrelato lambuzei o corno e a putaxvideos eu emeu amigo deicala comedo mia maewww.sexo tia ver o sobrinho batendo poilheta e da para ele.com.brPomba gira gostosa cavalas MTvanessinha casada e putinha/quadrinhospara dw brincar e come esse cu contosConto erotico mãe transando com pedreiro e filho vendo e depois vai querer tranzar com mãedoce nanda contos eroticosBuceta criando pentelho fudendo brasileira adultacontos eroticos feita de cadela pelo pai a forçaporno pirno buceta saindo gosmaxividio vai de vagafolha da a buceta ao seu pai pra tira o seu cabacoVou contar como consegui transar com minha inquilinae já te mandei tu também vai vídeo pornô adoro sexo de lavadoracontos eroticos gaysogrocontos de esposas com short mostrando a papada da bunda em casaeintiada transano con seu padrasto ei vido caserogustavo de carinha de anjo trepanoconto "duas virgens" enteadaXxvideo pausao negaoX videos uma mulher comeno uma rola grande egrossa do irmaaoassestir vidio porno na festagordinha griluda seno curiada pelo cuiadogaranhao erra a buceta e enfia o pau no cu da egua e ela se rasteja de dorCavala e umcavali xexoas duas bundinha para o macho contomamãe vaideitar com o enteado virgemprincesa baianopornocontos eróticos forçado a virar meninaxxvideo enviando abraço na buceta Xvideo o XVídeos hom mulher transando mais convite homem na cama homem botando o pau na b***** da mulherem botando a b***** da mulhercontos eiroticos leilaporngarrafas decoradas com aniandraminha cumdre esfregando a bucetinha no meu pau no banheirox vidio comtos eroticos flaguei minha irmã avóeu falei o homem que foi quietinho garrou a mulher à força dentro de casa escondida e estuprou ela f**** com ela transou com ela à forçaRihanna novinha tentando dar o c* virgem para o padrasto mas não aguenta de dois chorafudi ela e o namorado delalésbica escorada na escada de perna aberta a outra por baixo chupando a bucetaporno xxvideos meninas sentodo o cu em cima do pau mostando a bucetapunhetamdo no cinema boafodacontos eroticos fui xingada e humilhada e violentada por velhos taradosdois garoto brasilero se cumendo gemendo muinto na primera vezminos putinhos e meninas putinhas x vidios porno