Leite na boca...na bucetinha...e no cúzinho

Um conto erótico de Sheila
Categoria: Heterossexual
Data: 07/11/2010 17:10:24
Nota 9.83

Oi!!! Meu nome é Sheila, o que relatarei a seguir ocorreu a muitos anos, decada de 80, quando trair não era uma coisa tão banal quanto nos tempos de agora.

Estou atualmente com meu segundo marido, mas a sucessão dos fatos ocorreu em meu primeiro e "trágico" casamento.

Já fiz algumas traquinagens em meus relacionamentos (pois nimguém é santo né), mas o mais pitoresco foi o ocorrido com o filho da nossa doméstica.

Estava casada faziam 2 anos, nasci e me criei no interior do Paraná (Londrina), mas após me casar fixei residência na cidade de meu marido (Curitiba), Carlos (meu marido e corninho em questão) tinha 35 anos na época e eu 25, recentemente seu pai falecera e deixara para seu irmão uma propriedade rural em Goiás e para ele um Haras no interior de São Paulo, desse ponto começou o inferno em nossas vidas, saia Segunda feira e retornava na sexta, tinhamos apenas alguns fins de semana durante o mês e muitas das vezes não me dava atenção que necessitava, as vezes denotava que seus cavalos puro - sangue eram mais importantes que sua mulher.

Contudo, uma guinada em minha vida estava por acontecer, contratei uma nova doméstica para nossa casa, Dna. Sebastiana, uma negra forte e trabalhadora, com ela todos os dias vinha seu filho caçula, pois não tinha nimguém com quem deixa-lo, ele não era nenhuma criança, mas o bairro onde moravam a criminalidade era intensa, enfim concordei com os fatos.

Marcos (Marquinhos como sua mãe o chamava) era um rapaz mulato, magro, braços fortes, lábios grossos, olhos bem negros, timido que ele só, para tirar uma palavra de sua boca era coisa de outro mundo, espinhas no rosto delatava o estágio de sua puberdade, quase sempre auxiliava sua mãe nos afazeres e vez ou outra ficava bisbilhotando as escondidas eu na área da piscina, de soslaio percebia seus olhares vorazes em meus seios, bunda, coxas, deixei quieto, afinal é normal um rapaz com essa idade se descobrir como homem e estar sendo cobiçada satisfazia meu ego que a muito estava em baixa.

As coisas começaram a esquentar quando ao terminar de tomar meu sol e ao passar pela área de serviço, ouvi algum ruido, uns gemidos para ser mais exata, pela porta entreaberta, vejo Marquinhos entre a lavadora e o cesto de roupas que sua mãe iria lavar, em sua mão direita "punhetava" freneticamente seu cacete de dimensóes até consideráveis com uma glande grossa para sua idade, cheirava uma calcinha minha que usara de manhã, os fluidos de minha buceta encrostados no pano o enlouquecia, num ato repentino desceu até a altura de seu cacete e melou de porra minha lingerie, sai dali e subi até meu quarto,meu coração pulsava em dois lugares, em meu torax e no meio de minhas coxas, me enfiei em baixo da ducha para apagar minha ansiedade, em vão, me escorei na parede e primeiro alisei minha buceta, depois enfiei o dedo fazendo movimento circulares, gozei instantaneamente, voltei para o quarto e deitei na cama , comecei a fazer um balanço do que estava acontecendo, o que poderia ser pró e contra, aquele rapaz tão quieto e de certa forma ingênuo sentindo atração por mim e nesse momento de minha vida em que estou carente e sedenta por sexo.

Chegou o fim de semana e com ele meu marido, passava mais tempo no celular que me dando atenção, sexo fizemos apenas na madrugada de Domingo, e lá se foi ele na segunda feira, meu cérebro raciocinava com a razão, mas meu corpo com o tesão.

Aos poucos fui me afeiçoando com Marquinhos e ele a mim, as cartas estavam na mesa, agora era só jogar, estava maluca para sentir aquela pica preta brincar com minha buceta branquinha, mas apareceu um pequeno problema, estava a algum tempo sem tomar contraceptivos pois queria engravidar e não poderia correr riscos com Marquinhos.

Aguardei alguns dias e voltei a tomar pilulas, seria agora ou nunca, ficava em posições provocantes na cadeira de sol sendo observada por ele, me levantei e fui até ele que tentou se esconder, disse-lhe que a algun tempo sabia que ele me olhava de maneira diferente e também do fato ocorrido na área de serviço, ele de cabeça baixa me pediu desculpa e disse que não faria mais, peguei em sua mão e o levei até um quartinho ao lado da piscina onde ficavam equipamentos de manutenção para a piscina, abaixei sua bermuda e saltou já duro aquele poçante cacete negro, escorei meu corpo sobre uma mesa e empinei a bunda, afastei o pano de meu biquini para o lado e mostrei minha buceta pulsante e toda babada de tesão, ele entendeu o que eu queria e mais que depressa se posicionou, peguei em seu cacete duro como rocha e encaixei em minha vulva, com certeza era a primeira buceta que ele iria possuir, sabe como cheguei a essa conclusão lógica, simples...ele enterrou tudo de uma vez, sem dó, foi arreganhando minha vagina atoxando até a base de seu pau, mas o pior veio a seguir, foram duas ou três estocadas e estufou-a de porra, não ficou nem 30 segundos dentro de mim, me deixando literalmente a ver navios.

Envergonhado, saiu rapidamente dali e adentrou minha casa, ajeitei meu biquini e entrei na piscina, com o tesão a flor da pele, novamente tive que me virar sozinha em minhas solitárias masturbações.

Estava ficando aficcionada com aquilo, queria gozar naquele pica dura e teria que ser logo.

Marquinhos depois do ocorrido começou a se descontrair e dia após dia me cobiçava sem mêdo, com certeza havia gostado e queria outra vez, mandei sua mãe até o super fazer algumas compras, era a deixa que precisava, levei-o até meu quarto e tomando cuidado para não ser desastroso como da primeira vez, tirei toda sua roupa e depois a minha, dessa vez o faria gozar de segunda para ficar mais tempo dentro de mim, beijei e acariciei seu pau e o engoli, foram alguns segundos e jatos de porra melaram minha lingua, continuei até sair a última gota, engoli e voltei a chupar até ficar bem duro, abri bem minhas pernas e senti seu corpo cair sobre mim, aquela tôra dura foi até o fundo, com violência ele começou a bombar cada vez mais forte, me senti mulher novamente, realizada, dessa vez deu tempo, foi chegando devagar, aumentando a intensidade, ao climax, fazia um bom tempo que não sabia o que era aquela palavra

O.R.G.A.S.M.O!!! minha buceta se saciava daquela jibóia negra, se contraia gozando e apertava seu membro esvaziando de vez seus testiculos e encharcando-a de liquido seminal.

Depois desse dia, Marquinhos se tornou meu amante, um garanhão a saciar meus desejos, pelo menos uma vez por semana faziamos sexo, mas com muita discrição, pois se sua mãe descobre poderia dar B.O., sem contar meu marido.

Fazia 2 meses que estávamos nos relacionando, primeiro ele gozava em minha boca, depois em minha buceta, mas o safado queria mesmo meu cu, por duas vezes tentou, mas não deixei, ali estava intacto ainda, sair saia, mas nada nunca entrou, se podem me entender, mas como que para tudo existe a primeira vez, naquela tarde eu estava absolutamente no "cio", engoli sua porra, meteu em minha buceta e antes de gozar retirei-o todo lambuzado e encostei no olhinho de meu cú e antes que eu pudesse lhe pedir para ir devagar e com calma....tarde demais...quando sentiu que meu esfincter abocanhou a cabeça de seu pau, meteu tudo com convicção alargando meu reto encostando suas bolas em minha buceta, que dôr horrivel, só quem passa por isso pode saber do que estou falando, lágrimas brotaram em meus olhos...bem feito...a culpa foi minha, sorte que começou com um tira e soca louco arregaçando de vez minhas preguinhas e encheu minhas tripas de esperma.

Pronto agora eu era toda dele, levava ferro em meus três buracos fodedores estava viciada nele e ele em mim, aprendeu a ter calma e ir devagar e dai comecei a gozar também pelo cú, mas como tudo que é bom dura pouco, sua mãe teve que retornar para a Bahia para cuidar de sua mãe que estava adoentada, ficaram apenas a saudade daquele jovem e grande homem, depois disso perdi o pudôr e até me separar de meu marido três anos após, jamais perdi a oportunidade de gozar e ser feliz, pois , marido que não dá atenção tem que levar chifre!!!


Este conto recebeu 0 estrelas
Estamos testando um novo formato de votação. O ranqueamento será feito não mais pela média, mas apenas pela soma das notas oferecidas. As notas também serão apenas de uma, duas ou três estrelas. Isso deve evitar que haja quedas repentinas do ranking por conta de ataques por alguém que queira manipular os resultados. Se tiverem dúvidas, .

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
05/02/2014 15:41:07
Nossa! Muito legal o seu conto. Sou de MG, envie-me um contato para e-mail:
31/01/2014 07:58:12
Com certesa foi m bom conto mas faltou falar d datas , ok bjus
08/11/2010 22:36:00
Não gosto de traição, porem sou obrigado a concordar com o ditado, "se o marido não quer tem quem queira".Conto 10.
08/11/2010 14:22:07
Muito legal seu conto minha adorada amiga. É isso ai continue dando essa buceta eo seu rabo delicioso gozando tudo que é de direito.
08/11/2010 13:33:57
Adorei o relato! Adoro mulher decidida, safada e guslos, assim como você! Se puder me adiciona no msn: , ou mande um email. Leia meus contos!
08/11/2010 00:21:32
adorei o conto e o ditado ja diz tudo né:marido que não da assistência abre concorrência,beijocas e continue escrevendo muito bom o relato()
07/11/2010 22:51:23
A felina rugiu, lambeu suas patas e limpou suas presas. Suas unhas retrateis afiadas cravaram-se nos lençois e seu rabo moveu-se ao sabor de suas palavras. Lindo conto. Parabéns.
07/11/2010 20:11:58
Adorei o seu relato, rico de detalhes. Adoraria muito receber o seu contado. Bjs. e-mail:
07/11/2010 17:30:35
amei seu relato.. e fikei ardendo de tesão e toda molhadinha... concordo com vc marido que naum da assitencia tem que levar um chifrão mesmo... to morrendo de vontade de fazer isso com meu marido tb...
07/11/2010 17:21:47
Minha japinha deu o cuzinho para 03 MACHOS Minha esposa, é japa, 40 anos,pequenininha, safadinha, seios bem pequenos, e bundinha gostosa,, seu bucetinha está sempre apertadissimo, mas seu cuzinho nem tanto,linda e muito tesuda, no ultimo aniver. dela, ela me fez um pedido durante nossa transa, QUERO DAR O CUZINHO PARA UNS 3 MACHOS, '' vc me ´da corno esse presente? eu no maior tesao prometi e virei ela de 4 e meti fundo no cuzinho dela e gozei dentro. depois de 15 dias eu ja havia me contactado com varios machos, e como gosto d e mamar uma pica tambem fiz uns textes drives. antes dela, no dia do niver dela, a tarde marquei com os tres, em nossa casa de campo em Sorocaba, as 16 horas, chegaram eles, um por um, pedi para ela ficar no quarto se aprontando e fui recebendo nossos amigos, primeiro chegou o MARCOS( nomes ficticios)ele pois o carro no quintal e peguntrou logo por ela, mandei sentar na sala e beber cerveja, ele era alto berm magro e bonito, nao demorou muito buzinaram fui ver , era o ANDRE, baixo, forte, bem forte e pauzudo, pois eu ja tinha visto antes, mandei fazer o mesmo, depois de uns 20 minutos chegou o SILVIO, mulato, forte e nao muito bonito, mas seu pau era lindo, vi nas fotos que ele me mandou. Ficamos na sala e combinei com elas as regras do jogo. entao depois de tudo combinado levei eles apra o quarto, ela estava deitada na cama com o espartilho preto, linda com batãom vermelho e muito bem produzida, quando entramos ela deu um sorriso par aos trez e disse: vai ser um prazer dar para vs meninos ! ! ! entao como bombinado com eles, mandei os tres ficarem de pé, tirei a roupa do andre, e me puz a mamar ele, depois que tirtei a roupa todinha dele, fiquei de joelhos e mamei, depois fui ao silvio e fiz o mesmo, ela ficou na cama, deitada com os dois dedos na buceta se masturbando e vendo, e me chamdno de viadinho e de corno bonzinhofui ao outro e fiz o mesmo, deixei os tres peladinhos e duros para ela, e entao ela que gemia e delirava esperando, as picas, dizia '' amor, vem logo, quero esses machos par amim , vi corno, traz logo os meus machos para mim tras. eu entao virei para ela e perguntei vou te dar primeiro o menor, tá pequei o pau do Andre e levei até ela, ele deu o pau para ela chupar enquanto isso eu tirei a calcinha dela e peparei o cuzinho dela, passando creme, lubrificante , aquele que os medicos usam apra ultrasom, lambuzei ela bastente, chupei o cuzinho dela, e meti os dois dedos abrindo ao maximo , deixo o cuzinho dela pronto apra o andre entao depois dela chuapr bem a pica dele, ela ficou na posição favotrita dela, que é o FRANGO ASSADO, ELE SE POSICIONOU E METU DE VAGARINHO, ela gemeu profundo e deu um gritinho gostoso, olhou para mim, e disse? ai corno de pau gostoso !!! ele meteu uns dez minutos, e entao fui cuidar do pau dos outros que stvama li do aldo assistitnhdo, e chupei o pau do silvio e mandei o andre sair dela, e mandei o silvio entrar ela, entoa ele pediu apra ela ficar de 4 para ele, na beira da cama, e depois que eu pous mais creme, e a camisinha nele, ele meteu no cuzinho dela, e eu perguntei para ela depois do aiiiiiiiiiiiiiiiii 'tá doendo amor, , ? é muito grande para vc? que que ele tire? ela rspondeu! fica quieto, deixa ele meter corno"!!!!! entao eu me tranquilizei e fiquei lambendo a s bolas dele, enquanto o andre dava a pica para ela memar. depois que ele meteu todinho e ela rebolou bastante, eu pérguntei só falta um para vc provar, quer agora, ela respondeu: QUERO ?!!!!! entao maandei o MARCOS antrar na brincadeira, coloqueo a camisinha nele, e ela se desvencilhou do andre, e voltou na posicação favorita dela, e assim ela aceita melhro a pica mairo que ficou por ultimo, entao, mostrei a pica do marcos ela chupou e ficou em duvida se recebiria tudinho aquilo. ela mandou ele comer a buceta dela primeiro e depois criou coragem e disse? vem agora come meu cuzinho quero tudo isso dentro d emim, ja que veio comer, coma!! abriu bem o cu e mandou meter, o cuzinho dela, ja estava arregaçado o marcos apontou aquela pica anorme, e meteu a cabeça, e fui enfiando, ela virou o s olhos, e gemeu, , expresou dor, mas eu nao fiz nada, para nao levr broca dela de novo. entao ela, recebeu toda a pica do marcos, e gemendo segurou a minha mao, e me disse olhando nos meus olhos: 'AMOR, BRIGADO PELA PRESNTE, QUE PICAS DELICOSAS, , VC É O MELHOR CORNO DO MUNDO '' E ME BEIJOU ' entao enquanto o marcos metia os outros dois revesavam a boca dela, beijando, metendo a picas nas boca, dela, e na minha nisso todos estava se relacionando entre si. e depois d eum bom tempo, ela disse para eles: AGORA QUERO TODO MUNDO GOZANDO NA MINHA E NA BOC DO MEU CORNO ' entao fiquei com ela e eles os tres batendo punehta em cima de nos depois de um certo tmpo começou a chover porra em cima de nós foi uma chuva maravilhosa de porra quetne nos nossos rostos. nos beijamos, e comi ela comia a buceta de gozei dentro dela depois comio o cuzinho dela arrombdaoa e ouvia dela, '' come o meu cu arrombado corno, come viu como seus amgo me arrombaram eu ouvidindo isos gozei gostoso depois fomos para a churrasqueria fizemos churrasco e lá pels 22 horas votlamso para a cama, novamnete e reptemimos a sessao de sexo de novo contato comigo no msn marcelo e mika - sorocaba

Online porn video at mobile phone


video olhei peludo no banho deu vontade de chuparfotos reais de mulheres evangelicas com calca enfiadana bundamarido corno e esposa endemoniada pornodoidopornodoido tecnico esfola novinhafilmes com policial corrupto traçando As Neguinha na favelaContos eroticos dopou a sogra e estuprou elaContos eroticos minha esposa na praia de nudismobubda arregasada na pausadatia fica ecxitada com o tamanho do pau do seu sobrinhoXvideo entiada traído a mãe com o amante e gozando muitominha esposa queria rola grande eu arumei ela quiz fugi eu segurei e mandei soca todoconto erotico sendo chupada enquanto ler livro pornoos melhores contos de encochadas em evangélicas nos transportes publicosvídeo de mulher vídeo de mulher grande e bonito botou no abrigo da calça do homem botando o pênis pequeno dentro para fora e masturbando até gozarcontos eroticos dei para um vizinho de iptingatexto amor quando você for me fuder,eu quero que você me trate como uma puta, como aquelas atrises de pornocumendo o cuzinho da sua enteada noivinha em xvidios caseirocontos eiroticos leilapornpeli buraco da fechadura curtindo uma coroa gostosa tomando banhovideo de estrupo brutal pau grande muita dor novo 2016videos porno a namorada trail ele e ele estrupou ela com forcaconto gay o meu sonho de consumoxvidio menina vigem perdi avigidadi gosano nasiririca escondidavai tomar remédio para dormir fica com A Pecadora e o pai e a filha como ele XVídeosXvideos cunhada deita com cunhado dormino fica sarrano neletia dando uma licao no subrinho por ir mau na escola xvideos videoscontos eroticos sete anoscontos erotico de puta querendo rolagatas sex tirando calcinha bem devagar e exitandogostosa se masturbando com pinto de borracha solta p**** falsadois hetero trazas tiro pica pra gozarquanto a mãe tava cantando a repressão a novinha tá f****** com padrasto quero ver no vídeof****** com minha vizinha contosconto erótico Já passava das quatro da manhã quando voltei pra casa usando aquele baby doll, cheirando a sexo,suor e porra. Somente meu marido dormia naquela casa. Meu filho, Daniel, com dezoito anos me esperava na porta de casa com o celular na mão e as três fotos que Marcelo havia mandando para ele. Antes que meu filho abrisse a boca eu sorri para ele, olhei no fundo dos seus olhos e falei calmamente:Contos eróticos transando com o genro e a diaristamarido goza batendo uma vendo mulher agarrada por outro machosikis iremmemulher bebada foi tamar banho e acordou ebgatada pelo cumas o porquê que não me permitam baixar videos da zoofilia?vidio porno de mulhe de 70a75 quilovideos porno com nojo e volmito xvideos l.comcontos eiroticos leilapornfasse%20x%20pornocontos eróticos paifinge dormundo fudendo filho e filha. virgemCrossdress de vestidinho tubinhocontos cracudopornodoidocoroa deitad na cama so de calcihaMenina adora a porra do irmozinho contoseroticosminha esposa embuchada contosxxvide pono gratis gemo e gritanovarioscontoeroticozayn prostituta casa dos contos eroticoscontos encoxadaspai chupa a buceta da filha e éla bufa de tezâoconto erotico velha casada banca negao pirocudoquero ver novinha de calcinha transparente tristinha tirando a saiabunduda na piscina e Juquinhaela ficou amarrada por dois dias com uma bola no cuxvideo professora gostøencoxada as escurascontos sou um rainha do analmorena dos lábios carnudos e do rabetão xvideo.commulher muito gostosa deixado ocavalo mete tudo nabuceta delapornochamei minha amiga pra fazer sexo xvidiover XVídeos delegada dando para traficante dando batomcontos erotico coroa comeu ru e minha mulherpornodoido sou peguena mas sei fuuderpegada qui faz a novinha fica com tezao lingada penetrasao e socadaoContos de sexo anal coloquei so a cabecinhaAliviando os funcionarios contos eróticostodos tipos de contos erotico com velho carroceirovc acharam que quando eu terminasse eu.nao labia/uma chochota nao comia u cuzinhoEu dei aminha buceta para o conpadrepadrasto cavaloquero ver homem lascando a b***** da mulher e a mulher gemendo de prazer arrotoxxxvideos bafo psi comendo sua filha escondidoconto erotico sou travesti e vendi meu cufavelenta xvideocontos eiroticos leilapornconto erotico trai meu noivo a noite toda na vespera do casanentocontos eroticos.sou crente e putinha da buceta inchada.contos eroticos pastor faz irmãzinha chorar com pau grande no praboconto erótico esposa de fériascontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgecontos montadores cuzinhoporno foi tomar banho no garape e encontrou a prima e fode elacontos eróticos da esposa anda na casa de quatro como cadelaeu confesso puta quer casa cornocontos erotucos escritos casa de contos um menino me cgupou.contos eroticos de freiraContos eróticos- bem novinha é desvirginada e grita de dorcadela com a vargina enchada e zoofilia comefamilia incestuosa 3 da bronhama.comnbucetao preto babando muito líquidofudeno uma ninfeta muito gostosa porbodoidodepiladora pega cliente com pau enormeconto erotico virei amante do negao por chantagemcontos eiroticos leilaporn