Minha cunhadinha...putinha sem vergonha

Um conto erótico de amigo do casal
Categoria: Heterossexual
Data: 01/12/2010 17:18:01
Nota 9.00

Meu nome é Alexandre, tinha 29 anos e sou casado com Andréia, uma bela loira de 23 anos a época, auxiliar de enfermagem, corpo malhado e em forma corado pelo bronzeado de nossas viagens a praia de fim de semana.temos um casal de filhas de 2 e 3 anos que que em razão de minha ocupação, representante comercial, e minha esposa, não podem ficar num berçário em razão da rigidez de horário. Sendo assim optamos por revezarmos nos cuidados das crianças e quando não possível, chamamos minha cunhada a meia irmã de minha esposa por parte de pai para cuidar das crianças.Estava de viagem por três dias e ao chegar numa tarde em casa, resolvi tomar um banho e umas cervejas..no meio da primeira latinha já tinha colocado uma doze de doze anos com bastante gelo. Como tinha dirigido metade da manha e tomei um banho aparei o saco pois Andréia gosta de um pau depilado, e comecei a beber em pouco tempo já estava tonto e resolvi tirar um cochilo. Não devia ser mais que quatro da tarde quando cai no sono.Acordei com alguém se deitando em nossa cama e , como de costume sempre que chego de viagem dou uma bela foda com minha esposa. Ainda sonolento comecei a acariciar aquela bundinha virada para mim e em pouco tempo cheguei a bocetinha que já estava molhada.Como estava meio bêbado enfiei a rola na boceta e dei umas três bombadas e ouvi um gemido...ai Alexandre não faça isso comigo, minha irmã pode chegar...abri os olhos e vi era minha cunhadinha Fabiana, uma moreninha de 21 anos, uma delicia de morena, seu pai se casara de novo com uma negrona e ela herdou um rabinho lindo da mãe, que juro, se a mãe me desse enrabaria ela também.Do jeito que boceta estava melada ela estava com muito tesão então não dei importância aos seus lamentos e continuei a fodê-la , agora já declarando que sempre quis tê-la como mulher mas sempre respeitei sua irmã, e que embora soubesse ser errado o que estava fazendo, pouco me importava pois foi ela que deitou na minha cama praticamente se oferecendo para mim. Ela disse que não que não era nada daquilo que Andréia havia deixado as crianças na hora do almoço na casa de seu pai e que esqueceu de trazer a mala de roupa das crianças, que pensava que eu estava viajando ainda e que resolveu vir pra casa com as crianças para que elas durmam mais sossegados. Somos pessoas muito humildes e moramos num quarto sala e cozinha, e embora haja apenas uma cama na casa e os berços das crianças se de fato quisesse poderia dormir no sofá da sala. Disse que percebeu que estava no sono profundo e que imaginou que eu não acordaria e que por ser a cama bem grande poderia se acomodar sem me acordar.Disse que não que agora já era tarde, que sempre que viajava na volta acabava com a irmã dela na cama, mas já que Andréia estava de plantão, iria me aliviar com ela mesma.Fabiana embora fosse solteira e mais nova já era uma mulher e tinha lá suas experiências e percebendo que estava mesmo encurralada se entregou a situação. Percebendo Fabiana entregue passei a fodê-la sem culpa, e esta por sua vez já que não poderia escapar resolveu tirar proveito da situação. Disse que estava muito afoito que desse jeito iria gozar sem dar prazer a ela, desencaixou a rola da boceta e ficou de cara com minha vara exclamando que era linda, a mais bela que já tinha visto,e montou por cima de boca me oferecendo a boceta em minha cara para um 69.Chorei de rir, ao ver minha cunhadinha me mamando com gula, e resolvi que iria me acabar na cunhada naquela noite, sempre reclamei dos plantões noturnos de Andréia mas aquele ali tinha me colocado numa situação memorável. Comecei a trabalhar com a língua na xaninha de Fabiana e não pude deixar de perceber aquele cuzinho lindo a um palmo de meu nariz. Embora Fabiana fosse uma morena quase mulata, suas carnes eram rosadinhas, um cuzinho rosadinho assim como sua boceta.Dei uma linguada em seu cuzinho e ela deu um pulinhoAquilo me aumentou o tesão e num rápido movimento estava no 69 desta vez eu por cima. Passei a foder a boca de Fabiana como que fode uma boceta, e Fabiana dava uma engasgadas e protestava beliscando minha bunda , sem conseguir falar com meu falo enterrado em sua garganta.Embora gostando do 69, estava incomodada com o caralho entalado na sua garganta, tamanha a quantidade de saliva que soltava, quando eu puxava o pau pra fora ela dava uma cuspidassa no lençol . Percebi que iria gozar então resolvi acelerar o negócio para Fabiana. Dei uma dedada com o dedo médio em sua boceta extremamente molhada, retirei, e de uma só vez enfiei todo o dedo em seu cú e pus-me a morder seu grelo.Fabiana ali presa, por meus 100Kgs nada podia fazer com um dedo no cu, um caralho na boca e minha boca invadindo sua chaninha e mordendo seu clitóris estremeceu e começou a gozar. Vendo aquela sena não me contive e soltei o peso de meu corpo em cima de Fabiana e gozei no maior estilo garganta profunda ordenando sob protestos que puta engolisse toda a porra e não me sujasse o lençol. Saí de cima dela e Fabiana disse que tinha me aproveitado dela que iria contar tudo para Andréia que eu era um canalha de fazer aquilo com ela. Nesse momento dei dois tapinhas na xana de Fabiana e mostrei para ela como tinha sido ruim para ela que estava com a boceta toda melada e havia gostado muito. Fabiana admitiu que estava com muito tesão e que não se agüentou quando enfiei o dedo em seu cu. Confessou que era muito curiosa a respeito de minha performance pois Andréia dizia que eu era de tirar o fôlego, e ao me ver na cama de pernas de fora com pijama curto e o saco vazando não se conteve , que se não a tivesse procurado que ela me acordaria.Disse a ela que era muito vagabunda em fazer aquilo com a irmã , me ameaçar e confessar depois que queria foder comigo. Disse a ela que não tinha visto nada que havia feito apenas um sexo oral e já estava toda gozadinha.Comecei a acariciá-la novamente e logo já estava de pau duro.Coloquei Fabiana na posição de frango assado e passe a fodê-la lentamente enfiando meu caralho até seu útero, quando chegava no fundo Fabiana exclamava algo que não conseguia entender...Fabiana gozou novamente e se dar tempo para se recompor, a coloque de quatro e de pé iniciei uma montaria, era delicioso ver a jeba entrando e saindo de Fabiana, sua boceta era apertadinha e o caralho na saída puxava seus pequenos grandes lábios para fora...Comecei então a tirar o pau inteiro e empurrar de uma só vez pra dentro. Fabiana soltava suspiros de tesão...num dado momento intrigado com aquele cuzinho que piscava na minha cara, resolvi fingir errar de buraco...Fabiana protestou...disse ser virgem do cuzinho que não colocaria nada além do dedo que já havia enfiado....como um homem experiente que sou pedi me desculpei e voltei a foder a boceta , dessa vez enfiando um dedo em seu rabo....Fabiana começou a rebolar como uma cachorra no cio e enfiei então mais um dedo dando uma bela laciada em seu cuzinho, ela estava adorando e eu também tanto que estava prestes a gozar....Percebendo o êxtase se aproximando para Fabiana comecei a tirar o pau inteiro e enterrar novamente, até que num dado momento tirei e enfiei tudo em seu cu numa só estocada. Fabiana deu um grito de dor e eu feito um cavalo bombando em seu rabo descabaçado sem lhe dar atenção...relutou muito para sair dali sem sucesso e num dado momento findaram se os protestos e percebi que ela se masturbava...passado o momento de dor e com a chegada do prazer Fabiana novamente anunciava seu gozo....antes que ela gozasse aumentei o ritmo das estocadas e no exato momento em que começou a gozar enchi seu cu de porra quente e ela gritava filho da puta esta me matando de prazer esta acabando comigo...enche esse cuzinho de porra da sua cunhadinha sem vergonha....Caí na real com sua gritaria e mandei se calar para não acordar as crianças....tirei o pau melado de porra e sangue do cuzinho deflorado de minha cunhada....ela veio então e me beijou na boca em um longo e molhado beijo. Meu relacionamento com meu sogro que não era tão bom melhorou e muito...tanto que o considero o meu amigo mais importante....apesar de casado há cinco anos, a pouco mais de três anos me entregou as mulheres de minha vida....

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
09/12/2010 12:02:18
muito bom seu conto,nada como uma cunhada folgoza

Online porn video at mobile phone


contos erotico amamentei dois garotosTia gostosa de vestido curto decostas sobrinho agara ela pra comerxvideomoreninhaseu, minha namorada, mae e tio contoeroticopai fas.fihinha goza primeira ves putariabrasileiraestripulia caseira na cama com a chanaminha nascendo os peitinho com ponta roliça e mostrando XVídeosmulheres que não aguentaram dar para negão em cirurgiaotário ao extremo contos eróticosdois negao dt realisa fantasia de uma mulher casada boa fodacumendo a mulher do cunhado no carro xvideosapateira e chupando a rola do outro comendo o c*conto meu marido me chupou cheia de porra do meu amanteSwuingxvideosmulher nao consegue dezengatar do no do cachorro sexocasa dos contos claudia irm xxxpastora que manda marido chupa rola e da cu pornomulher cagando enquanto dava a bucetahomen dano o cu e relachanoenfiou a mao na cueca do marido e chupou o pirucasais na piscina contosó a cabecinha conto eróticohomoprazer.blogspot.com.brencostei meu pau na bunda da minha irma ela ficou brava xvideoconto erotico lesbica favelada fode patricinha a forcaContos sempre fui o viadinho de todos os homens da familiacontos erotico amamentei dois garotosrelatos eroticos travesti arebentou cabacinho das novinhasXVídeos mulher enfiando a b***** e mandando Fernandinhoconto 25cm.de pica no cu da mamaecontos eróticos esposa chega em casa com papel higiênico na calcinhahomem casado Rio de Janeiro Baixada Fluminense quer um amante para meter na sua mulher bem gostoso do p*********fotos da coleguinhas com muita Pegação de um tempinho antes de transareu e minha cunhada solteira coroa no motel ela disse pra mim que sua buceta era virgem eu so acreditei que sua buceta era virgem mesmo quando eu fui metendo meu pau na sua buceta que sangro conto eróticoa empregada sai do banheiro nua para encabular ou encabular o dono da casaxvidios outros puraipornodoido mae gostosa no hotel e aquela fudidinhaporno rabuda pulando naraDanielzinho e se mordendo toda de tesão XVídeoNnnBucetaContos eróticos procurando aventura no clube de campocontos sobrinha menor tio bolinandosexo taboo com toda a família contos ineditos mães e filhos online contos de incesto quero ver os de gravações de atrizes pornô que param de transar com dorxvideo gay transa estrupocu peludoCriola virgem da o cu com medo pro tioxxvideo caseiro espiano a buceta cabeluda da subrinha lavano o cachorroposo enchuga o meu priquitoxvideos.com madrasta tarda a sedia entiadohttp://porno contos eroticos meteu e gozou dentronovinha safada se mastobado tirado chotemagrela ficou encavalada na pica do negsopai tira. virgindade da filha la gorra esguichAcaminhoneiro peludo loiro no banheiroeu tava no meu carro com a minha cunhada casada crente eu perguntei pra ela você já foi com seu marido pro motel ela disse pra mim eu nunca eu fui pra um motel com meu marido eu entrei com meu carro dentro do motel ela disse pra mim eu não vou entrar no quarto com você eu disse pra ela você não quer conhecer o quanto ela entrou comigo no quarto conto eróticover uma tatuadora safada atendendo um cliente ai ela vai toma banho e quando volta comeca a chupa a rola do caraporno mulheres levam choques na buceta e se tremem todas com as pulsaçõesvidio tio trepamo ma sobrimhasexo no onibus com filha contos pornocontos minha esposa me falou amor eu quero o pauzao grossodo seu amigoconto pornpai comendo filha e a sobrinhamulher e emcoxada no bus e adora e roca a bunda no cacete duromtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1Contos de coroa chatagiada pelo sobrinho e gostandomulhe.bundao.lavado.cu.com.sabao.pornoContos eroticos picantes peguei minha irmã safada dando negão pisudo filha se ezibindo pro paiporno gey contos eroticos priminho inosentearebentei com minha cunhada sexo anal srm quere fuder porno proibidofotodemorenacavalacontos eiroticos leilapornconto gratis branquelo chupou a buceta da mulataxvideo gratis nao nao para to com dor de barria esse pau muito grande no meu cycuiada provoca cuiado d xortiu de dormicontos eiroticos leilapornespozinha fica bricando com amigo do marido e leva no buceta pica peta gigante e gene de dorconto gay ele se revoltou e tomou todasconto erotico flagrei meu irmao comendo mamaerelato erotico uma madame na reformachupando buseta labefo pasda mso bocshttp://conto me pagou pra me fuderlekes cantando juntos no pornodoido