Foda no Serviço

Um conto erótico de El Loco
Categoria: Heterossexual
Data: 23/05/2011 12:11:47
Nota 9.67

Bem pode-se dizer que não sou um cara um tanto quanto especial, tudo meu é normal, não tenho um pau gigantesco, não um corpo atlético, nada disto, tenho hoje 28 anos 1,75 de altura 90kg, um pouco gordinho até, moreno de cabelos pretos e olhos castanhos, por falar nos olhos eis uma coisa especial em mim, meu olhar, algumas mulheres ja confessaram-me que só o jeito como eu as olhos já as deixam loucas, dizem que só de olhar ja se sentem desejadas, exitadas, violadas.

E foi numa desta que me aconteceu uma das minhas loucuras. No lugar onde eu trabalhava, era o segundo no comando, e padrão das funcionárias era uma trizteza, para ser selecionada, a candidata tinha que quebra espelhos com seu reflexo. Era uma forma de se evitar envolvimentos. Enfim, quando não aparecia nenhuma gostosa, eu ficava de pinto murcho o dia todo.

Foi então que na volta de minhas férias, que ela chegou, morena, pequenininha uns 1,60 de altura, cabelo preto até o ombro na chapinha, seios pequenos, cinturinha fina, e um rabo D E L I C I O S O. Como se tudo isso não fosse o bastante, ela tinha uma cara de safada, que só olhar seu primeiro sorriso, já fiquei de pau duro.

Tinha que tirar satisfações, fui direto no chefe:

_O pessoal do rh começou a contratar depois de fumar maconha?

O chefe riu,olhou na minha cara que não negava meus interesses, e soltou:

_É melhor tu ficar na tua heim, você sabe como as coisas são por aqui!!

Fiquei quieto, ele faria de tudo pra me foder com os patrões, e eu sabia que com ele não tinha acordo. Deixei o tempo dar as respostas. E a cada dia tinha mais certeza que ela era mesmo uma safadinha, ela percebeu rápido que nao tirava os olhos daquele cuzinho, que me da água na boca só de lembrar, o que eu mais queria era enfiar minha língua naquele rabo, tanto percebeu que começou a empiná-lo sempre que abaixava, a filha da puta me deixa num tesão fodido, então ela começou com aquelas brincadeirinhas, de passar levantar o rabo e empinar, chegar por de trás e passar com as pontas dos dedos pela minha costas e pela minha bunda, até o dia que fiquei sozinho com ela no refeitório, na empresa tinham mais de 20 funcionários, então era raro isto acontecer, olhei pra ela de cima abaixo e ela sussurrou:

_Adoro quando voce me come com os olhos!!

_Você é doidinha mesmo heim, sabe que pode entrar qualquer um aqui ne!?

Quando virei as costas, ela que estava sentada levantou e delicadamente, mais uma vez, acariciou minha bunda, virei na mesma hora e atolei minha mão na xaninha dela e realmente, senti o tecido escorregando pela sua pele, de tão molhadinha que ela estava:

_Ta vendo seu puto como voce me deixa.

Ela me disse bem baixinho ao pé do ouvido.

_Deixa eu ir trabalhar antes que eu faça uma besteira ainda maior.

Sai andando e ela bem atrás de mim, quando cheguei na porta do refeitório, e fui pra pegar na massaneta, a porta abriu bruscamente, era o chefe!!

Automáticamente joguei os dois braços pra trás e segurei um dos pulsos, numa posição de " descansar ",ela bem atrás de mim.

_Eu queria mesmo falar contigo, ela até pode te ajudar a fazer, o que eu preciso que faça...

Dai pra fente não lembro mais o que ele estava falando, so percebi ela se achegando e aconchegando sua rachinha na minha mão, eu fiquei maluco de tesão, ela ia rebolando nas pontas dos meus dedos e eu sentindo cada vez mais sua calça umidecendo, tava doido para por aqueliquido na minha boca, tive que me conter, mas não perdi a oportunidade de acaricia-la ela gemeu baixinho, encostou a cabeça no meu ombro e a senti tremer mais do eu estava, o chefe notou algo:

_Menina você está bem?

_Não mesmo, minha pressão baixou, só preciso sentar o mais rápido possível.

Disse ela, e o chefe complementou

_Volte então e ele vem comigo, assim que se sentir melhor ajude ele.

Ele me olhou e falou

_Temos que ficar atentos, ela trabalha bem, mas se for fraquinha desse jeito, não vai dar certo não.

Concordei só acenando com a cabeça pois nem eu estava podendo falar direito. Estava explodindo de tesão quando o filho da puta nos interrompeu, era um estraga foda mesmo ele, fui fazer o que ele me pediu, logo ela veio, e ja foi me dizendo com voz de vagabunda.

_Precisava sentar era no seu caralho, seu puto, tô toda encharcada.

_Você quer meter aqui dentro vagabunda?

Ela olhou prara os lados foi descendo para posição de cocoras com as mãos nos joelhos e exibindo sua maestria na posição descendo e subindo só o rabinho.

_Quero sim fazer bem gostoso aqui e agora. Disse ela lambendo os labios.

Isso me deixou mais louco, mas ela se superar mais uma vez, disfarçadamente ela colocou a mão por dentro da calça, foi afundando afundado até sua rachinha sem tirar os olhos de mim, ao se introduzir mordeu os lábios e fechou os olhos, foi se levantando, veio e com toda calma, se colocou por de trás de mim, encostou sua boca na minha orelha, a mão toda melecadaque estava a pouco em sua bucetinha passou no meu nariz e na minha boca, a outra passou por minha cintura e escorregou até meu pau que a essas alturas estava latejando e me falou:

_Vai dizer que você não?

Fiquei cego por um instante, me virei e a agarrei, e adivinha que esta chegando atrás de nós, o chefe acelerou o passo para ver oque estava acontecendo, então falei a ela:

_Querer, quero muito, o que falta é oportunidade, ele ta vindo aí, quero ver agente sair dessa agora sua cachorrinha.

Ela me agarrou, e falou ao meu ouvido: Pode deixar, eu farei a oportunidade!

E foi desfalecendo em meus braços, aproveitou ainda para se esfregar bem no me pinto, daí o chefe começou a correr e por minha a coloquei no colo e ela completamente desmaiada.

_O que esta acontecendo?

_Ela me disse que estava passando mal, virei pois percebi wua estava caindo, à agarrei, etentou me segurar mas falou que não estava mais sentido nada e foi desmaiando mas consegui segura-la a tempo.

Ele pediu para que à levasse a enfermaria e ai foi aquele murmurinho dos peões, não consegui mais ficar sozinho com ela, fim do dia procurei-a fora do serviço e nada, fui pra casa e literalmente fiquei na mao o noite toda, bati várias punhetas por causa daquela cadela só sentindo seu cheirinho, no meu nariz, o que me causou um atraso no dia seguinte, saí correndo e quando estava no meio do caminho, liguei para o chefe para saber se eu ia ter que voltar pra casa e também sinicamente saber se ela teria ligado pra dizer se estaria melhor, ja que ela entra uma hora depois de mim, para minha surpresa ele respondeu:

_Pode vir sim, precisomuito de você aqui hoje, ela esta muito bem, chegou até mais e ta aqui do meu lado qurendo falar com você.

_Obrigada pelo o que você fez por mim ontem, preparei uma surpresa pra você, espero que não demore.

Nem deixou responder, desligou na minha cara e deixou minha mente viajar, cheguei na portaria e o segurança ja foi recepcionando-me:

_Fala herói, deixou a mulherada tudo babando depois de mostrar sua força carregando a menina por toda empresa!!

Cheguei perto dele e falei baixinho

_Esse bando de velha caindo aos pedaços ja estão babando ja faz um tempinho, desde que Cabral descobriu o Brasil.

Ele caiu na risada e me falou que ela estava me esperando no refeitório junto com o chefe, no refeitório tem uns dois bancos tipo coletivos de uns três metros cada e uma mesa de madeira maciça, o local não é muito grande, deve ter uns 5x5 e ainda tem geladeira, microondas e pia, ao chegar o chefe estava do outro se acabando de comer um bolo de chocolate, e ela do lado de quem esta entrando, com um vestidinho preto magnifico, com o cabelo solto e escovado, toda cheirosa, percebi também que estava sem sutiã, usando um salto alto de pernas cruzadas praticamente só me esperando entrar, ela colocou as mãos na banco, se olhou e olhou para mim com um sorrisinho maroto. Ja fui falando:

_Bom dia chefe, bom dia moça, me falaram de uma surpresa e ela parec ser muito gostosa...

ela riu e chefe falou

_Não se preucupa não, só comi um pedaço, tem bastante pra você.

_Gostou do bolo chefinho, obrigado por não mandar ele de volta pra casa, depois que ele fez por mim, ele merecia um agradinho né?

_É mas não vai acostumando não viu! Aproveita ai teu bolo que hoje o dia vai ser puxado!

Ele disse isso lavando as mãos e saindo com pressa. Ela se levantou por educação por ele estar saindo e também para que eu reparasse melhor em teu vestido. Ele contornava bem sua cintura e valorizava ainda mais, com ela sentada não tinha reparado o quão curto ele era e quanto o salto alto deixavam não só seus pés ainda mais apetitosos como deixavam suas pernas bem torneadas e seu bumbum mais empinado, ela as mãos pela cintura, sem tirar os olhos de mim, até aponta do vestido para que percebesse que também estava sem calcinha:

_Você realmente quer que eu faça uma besteira...

_Só estou criando a oportunidade... ,ela se virou pôs os joelhos levemente afastados no banco, se esticou até o outro lado da mesa para pegar o bolo, conforme se esticava, o vestido subia deixando aquela visão maravilhosa a mostra, ... você não vai comer não? Este é especialmente seu!

Disse ela se virando e olhando pra mim , fui ate ela admirando a visão, ela se deitou na mesa e arrebitou ainda mais o rabo deixando tudo bem a mostra, tudo era bem lisinho, devia ter se depilado só para aquela ocasião, fiquei acariciando aquela bunda lisinha, sua rachinha ia se derretendo ainda e se abrindo como uma flor, podia ver o líquido escorrendo levemente pelos lábios vaginais, se cuzinho piscava de tesão também, lambi, cuidadosamente sua virilha, ela ficou toda arrepiada e geme:

_ Filha da puta, voce me matva de tesão só de me olhar daquele jeito, estou a um ponto de gozar e você ainda faz isso? Você quer me enlouquecer?Come essa porra logo, antes que alguém chegue!

_Não consigo, preciso te chupar toda, desde da primeira vez que te vi eu queria isso, quero que todo resto que se foda, voute comer sim, mas vou te dar uma foda pra nunca mais se esquecer!

Passei minha língua em sua vagina até a divisão entre seu cuzinho, ela não aguentou e grito:

_Vai seu cachorro me deixa louca, vai faz o que você quizer!!

Chupei toda aquela bucetinha, sentia seu buraquinho tremer na minha linha, ela gemia feito uma gata no cio, bebi cada gotinha dela, depois novamente a lambi,com a ponta da língua, do seu grelinho até a entrada de seu cuzinho, ela se arrepiou de novo, lambi com toda sede que estva de experimentar aquele rabinho, ela se arrepiava ainda mais, foi quando comecei a siriricar tdu grelinho e vez em quando afundava o dedo medio e anelar na sua vulva, ela saiu do controle d começou a gritar feito uma louca, com a situação sob controle, ja fui tirando meu pau para fora que a essa altura ja esta como rocha e levantei-me para penetra-la, e com uma abilidade magnifica, ela sai da posição, sentou-se no banco e abocanhou meu cacete, ela me chupou com uma vontade montruosa, como se fosse a última rola do mundo, como se a vida dela dependesse daquela chupada, engoliu tudo, num vai e vem alucinante, tirou minha pica de sua boca deixando bem molhada, começou a bater uma punheta enquanto engolia minhas bolas, me lembrei das punhetas que tinha batido na noite anterior, se não fossem elas ja teria gozando só dela ter ficado de quatro pra mim, pude aproveitar bem aquele momento, puxei-a e a sentei na mesa, beijei a boca dela pela primeira vez, enquanto isso fui lhe socando meu caralho em tua grutinha, nem pensei na porra da camisinha naquela hora, enquanto a penetrava, ela dizia sem tirar os lábios dos meus:

_Delícia, me fode, vamos, ja gozei quatro vezes na tua língua, quero gozar nesse pau gostoso, me faça isso e meu cuzinho e teu, vai seu puto, mete.

Beijei a sua boca, escorreguei minha ligua até seu pescoço, acariciei, puxando seu vestido sem tira-lo, a sua barriga e sua cintura, mais uma vez ficou toda arrepiada e gemeu bem gostoso aprovando a caricia, aabaixei a alça do vestido, e escorreguei até seu seio, tudo sem parar de socar-lhe a rola, lambi delicadamente aquele seio pequeno, com movimentos circulares, o lambia, conforme ia chegando oa bico, ela ia cravando as umas nas minhas costas, aquilo estava me deixando mais louco ainda, e aquela mesa era perfeita para se dar uma foda, tudo ajadava perfeitamente, altura, sustentação, metia nela com força, e mesa nem mechia, cheguei até o bico do seio, ela gemeu, começou a tremer, abocanhei todo seio ai ela foi as alturas, com as unhas rasgou minhas costas, gritou feito uma cadela, senti sua grutinha, tremendo em minha pica, não aguentei mais, gozei logo após ela, enchia aquele rachinha de porra, que ia escorregando pelo meu saco e pela mesa, ficamos ali, nos beijando, até finalmente cairmos na realidade, rapidamente nos arrumamos, peguei o bolo, guardei na geladeira e falei:

_Acho que ainda sobrou alguma coisa pra comer, claro né, se eu poder comer ainda!?

_Você deve, e ta gardadinho pra você poder se deliciar!

Limpamos a mesa nos trocamos e fomos trabalhar, 30 minutos depois chamaram agente para ir a gerência, totalmente dispreocupados, caminhamos até lá, o chefe esta sozinho, com um olhar malefico, pediu para agente se sentar, serviu um café pra nós, e ligou o video...

Bem esta e outra estória, desculpem por não colocar mais detalhes sobre nomes, preciso ser o mais discreto possível e também deixo para a mente de vocês viajar um pouco. Quem quizer se comunicar meu e-mail é

[email protected]

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
25/05/2011 19:12:58
Delicioso. fiquei agitada aqui. Muito bem narrado, envolvente e sem ser cansativo. Na medida certa. Como está aberto a críticas, só sugeria a correção de alguns erros. De resto, está ótimo. Parabéns e continue, que quero saber o resto da história.
24/05/2011 11:46:38
hum..... adorei o tema..... foi bem escrito.... aguardo a continuação.
23/05/2011 17:20:18
gostei fiquei louca
23/05/2011 16:34:21
vc é o meu numero adoro homens acima do peso
23/05/2011 14:36:13
Gostei, e espero a continuação.
23/05/2011 13:45:04
NOTA OITO PELO CONTO E DEZ PELO SEI COMENTÀRIO> O AUTOR SEMPRE DEVE ESTAR ABERTO ÀS CRÌTICAS> POR MAIS ABSURDAS E DESAGRADAVEIS QUE SEJAM< PARABENS PELA SIMPLICIDADE E COERENCIA>>>>ABRAÇOS>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
23/05/2011 12:15:19
este é meu primeiro texto, por favor critiquem o quanto quizerem para que os próximos fiquem melhores.

Online porn video at mobile phone


vídeos pornô com novinha gostosinha Sukitatransei com a sobrinha no baile funk contosexofilha no banho conto eróticocontos eroticos a cunhada quietinha e.religiosaWww xvideo.com depiladora ñ resistiu a picanegao com pistolao grande e bem grosso quase nao entra no buctao da coroaSodomizando mae e filha contosconto erotico caseirocontos na despedida de solteira dei pro negao bem dotadochegou em casa filha foi pro pagode e genro ve mae coroa dormindo e vai elamesmo mete a peca filme pornoxisvido sobria dormi copadrastro fudeu afillhado buneca novinho magrelinho"mulher que eu amo" casadoscontos.com.brContosmulherbebadahistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulhercoroa chupando o c****** do Midinhowww.xvideo vostrou a buceta sem o corno vercorno xxx veibidor trasparenteconto erotico pai abysa do fulhaomulhe com ceceta ano fazeno sexocontos eroticos menage femininoporno foi tomar banho no garape e encontrou a prima e fode elanovınha metendo agaxada na rolalevo muitas gosadas xvidiovídeo pornô vídeo pornô novinha mais gostosa que tem um cavaquinho seco e gostosotati vaqeira nua nasiriricaxvideo namorada cuida do namorado com o braco enfachadoMeu sogro me comeu a forcaporno novinha catadora de latinhaparovira xvidoesadvogada enrabada pelo presidiário quero ver história e foto de boiadeiro comendo o cu do outro boiadeiro metendomulher fazendo a sobrinha gosar pela primeira ves tocando uma ciririca e chumpadoMulher.firgem.perdemdo.ocapasoconto cumenndo o cu da sogra afosarairodigomachucou o cu de bruço www putaria brasileira.comnovinho foi bater uma punheta no fundo do quintau. e ficou passandu o dedu no cuzinho e nao sabia que tinho um cara pauzudu venduxvidiomenina sentando em cima da pica mais grandi do mundoXvideo novinha no seu primeiro anal fofitoMicaela sendo arrombada pelo negão dotadoContos eroticos ladroes roubao e fodem mulher na frente do maridoTia de calça leg conto eroticoconfesso que esse moreno é deliciosodoce nanda parte cinco contos eroticosnovinha branqinha que nem papel do bucetaocasada endurecendo o picao da amiga shemale no meio dos peitoes pornoconto erótico fui obrigada a f**** minha irmãzinha novinhabaixinha casada dormino sem roupapaniqueti lavando gosarda pirnidwu sonifero pra comer a netinhamassageando a bunda da mulher no ônibus devviagemgozando na boquinha por doce contosXVídeos XVídeos padrasto do Sedexcontos eroticos gurixvideo menina chupeta colindo parra casadoscontosfilhacontos novinha corno gang putinha forçadaCerto ou errado?meu irmao amado contos gays cap.08http://conto erotico genro meteu na bucetona sograpassou guspe e comeu meu cuvideo esposa chama amante roludo pra acalmalaprica cavalamulher com rabão maior filme pesavam gostosomulher com mulher tomando banho nua mostrando o bichão tabacãoé doido tia Lenax vidio menina de menor batendo punetafilme porno no iotube com mae e filia transando junto gratisenfianp atr o talo no cuContos eroticos de sexo com genrocontos eroticos menino esfolo minha esposa