Meu pai adorava encher meu cuzinho com seu leite

Um conto erótico de Leandro
Categoria: Homossexual
Data: 13/08/2011 20:42:42
Nota 9.29

Olá! Sou Leandro, moro em Belém, tenho 33 anos, sou moreno cor de jambo, malhadinho e não aparento ter a idade que tenho, muitas pessoas dizem que eu aparento ter no máximo 20 anos, e levam um susto quando falo a minha idade, pra mim é excelente, acho que o tempo só me favorece.

Desde criança sempre tive atração pelo meu pai, na verdade eu não sabia explicar o que acontecia pelo meu corpo, nem sabia que na verdade o que eu sentia era tesão. Meu pai é mecânico, dono de uma rede de oficinas em Belém. Adorava ver meu pai chegando da rua e jogando suas roupas pela sala, ficava somente de sunga com aquele corpo definido, barba por fazer, e sempre meio bêbado com aquele jeito de macho, ele sempre me tratou muito bem, não me lembro de ter apanhado dele por qualquer besteira que eu aprontasse e eu era uma verdadeira peste. Acho que esse meu desejo surgiu quando eu tinha uns nove anos de idade, mas somente quando completei 15 anos que a coisa pegou fogo. Nessa idade eu já sabia o que queria. Também nessa época eu já tinha tido relações sexuais com meu primo da mesma idade que tinha mudado recentemente do Rio de Janeiro para Belém e com outros garotos mais velhos e experiêntes.

Como falei antes, meu pai bebia muito, chegava em casa quase todos os dias bêbado, dormia no sofá e num certo domingo quando cheguei o vi deitado na sala de sunga e com pau duro, naquele momento fiquei pirado me deu um tesão alucinante, fiquei maquinando o que eu poderia fazer pois eu não poderia perder aquela oportunidade única, foi então que tive coragem e comecei a passar a mão naquele pau delicioso que estava quase igual a uma pedra, eu tremia de tesão, coloquei o pau dele para fora da sunga e vi que era um cacete lindo e delicioso, ele era vermelho meio torto com a cabeça rosada devia ter uns 19cm, então comecei a passar a língua naquele pau, mas eu estava com medo que ele acordasse, escutei um movimento estranho em casa e fui verificar, era meu irmão pentelho, corri e joguei um lençol em cima do pau do papai, naquele dia deixei a oportunidade escapar de minhas mãos, a partir dai todas as vezes que papai chegava bêbado em casa eu me aproveitava dele, eu já estava mais do que acostumado com aquela situação, já me sentia seguro todas as vezes chupando o pau dele. Tiveram muitas vezes que eu sentava e rebolava muito no pau dele e ele felizmente ele nunca acordava, até que um dia ele chegou muito bêbado e foi deitar. Isso era por volta das 19h e lá por umas 21h e fui acariciar o pau dele, estava como sempre muito duro, até que ele me pegou acariciando o seu cacete, acordou e ficou me olhando, fiquei desesperado e mais do que depressa comecei a disfarçar dizendo que eu estava lhe cobrindo, pois já estava tarde e eu fui para meu quarto, ele não falou nada e fique muito nervoso, vi quando ele levantou e foi tomar banho, retornou e ficou vendo tv. No outro dia as coisas correram normalmente como se nada tivesse acontecido, mas eu estava com muita vergonha e quase não olhava para ele, mas ele me olhava muito, eu queria saber o que ele estava pensando naquele momento, dai as semanas foram passando, nunca mais tinha mexido com ele, pois eu tinha receio que ele acordasse novamente, mas eu tinha percebido que ela raramente chegava em casa bêbado.

Eu tinha um sono muito pesado, e comecei a estranhar que por algumas vezes eu acordava pelas manhãs sempre com meu cuzinho melado de vaselina, até que um dia eu acordei melado de vaselina e meu short estava rasgado entre as pernas, eu imaginei que estava ficando sonambulo novamente, até que um dia eu acabei com o mistério. Acordei pela madrugada sentindo meu pai metendo o dedo no meu cuzinho todo melado de vaselina, quando abri os olhos vi aquele cacetão sendo passado nos meus lábios, não pensei duas vezes e abocanhei aquela vara, eu não sei explicar o tesão que senti na hora, minha respiração ficou mais intensa e meus batimentos cardíacos aumentaram. Papai fodia minha boca com aquele cacete, me colocou de quatro no sofá, melou meu cuzinho e meteu alguns dedos para alargar o meu cuzinho e depois enfiou o seu cacete, fiquei louco. Ele fodeu tanto o meu cuzinho, ele controlava o momento que iria gozar dando uma parada nas estocadas e eu sentia o seu pau pulsando dentro do meu cuzinho, prolongando o tempo e depois começávamos tudo novamente, nessa noite gozamos umas três vezes.

No dia seguinte lá estava eu com o cuzinho todo ardido, mas, dei novamente pra ele. Assim ocorreram as transas por uns três anos, ele sempre me fodia todos os dias e às vezes fazíamos umas cinco vezes ao dia, eu era tarado por ele e ele por mim. Meu pai se tornou meu amante, chegávamos a transar dentro do mato quando viajávamos, transei muitas vezes nas oficinas com ele todo sujo de graxa e cheirando a macho. Minha mãe já estava desconfiada, pois nós nunca fomos tão chegados um com outro, e de repente ele vivia mais comigo do que com meu outro irmão e minha mãe, foi ai que ela ficou juntando as peças e nos deu um flagra, felizmente no momento não estávamos transando mais estávamos começando a nos acariciamos, ela fez um mega escândalo, colocando afirmações. Mas ficou por isso mesmo, ele fez aquele teatro dizendo que era coisa da cabeça DOENTE dela. Então mamãe ficou sempre de olho na gente, já não deixava que eu ficasse sozinho com ele e ficou meio difícil de ficarmos transando, mas sempre dávamos um jeito.

Meu pai chupava e comia meu cuzinho deliciosamente bem, eu adorava quando sentia o seu leite quente pulsando dentro do meu cuzinho. Transei com papai durante uns três anos, ele mamava meu peito e deixava marcas, eu só vivia de camiseta, eu era todo marcado, ele adorava meter no meu cuzinho de frango assado e mamava meu peito ao mesmo tempo, eu adorava ficar de frango assado na ponta da cama com ele, essa era minha posição favorita, adorava sentir o seu leite quente no meu cuzinho.

Mas todo aquele tesão que sentia por ele foi acabando, tinha vezes que eu não queria mais transar com ele, eu sempre fugia das oportunidades, ele começou a me forçar e até mesmo me violentar sexualmente quando estava bêbado. Teve um dia que ele chegou bêbado e eu estava na rede da varanda, ele me abraçou e me deu um beijo de língua muito intenso e começou a chorar dizendo que me amava, era louco por mim, sentia ciúmes pois sabia que estávamos fazendo era errado, mas ele não conseguia se controlar, não conseguia deixar de pensar em mim, pois ele nunca tinha vivido uma experiência com outro homem e pior de tudo com o próprio filho que foi muito esperado o seu nascimento. Foi então que percebi que meu pai era apaixonado por mim, ele falou que eu estava me afastando dele e com certeza estaria me envolvendo com outros garotos, confessou que estava sofrendo muito com minha indiferença. Ele me propôs que fugíssemos e queria pedir o divorcio de minha mãe para morar somente comigo, nesse dia transamos muito, fiquei com maior tesão quando bati uma punheta e ele jorrou leite na minha boca e tomei todinho sem deixar escapar uma gota se quer, ele estava muito excitado e foi nossa última transa com ele.

Meu pai foi um dos melhores amantes que tive, foi com ele que tive as melhores transas e gozadas, foi ele que deu as melhores chupadas no meu cuzinho, os melhores beijos de língua.

Completei meus 18 anos e sai de casa fui morar em outro Estado com meus tios, fiquei um bom tempo sem ver meu pai, só nos falávamos por telefone, mas nunca tocamos no assunto sexo, ele sempre pedia para eu voltar pra casa porque ela não era mais a mesma sem minha presença, meu quarto estava do mesmo jeito que deixei. Nunca mais morei com papai, fui adquirindo minha independência e fui mudando de cidades, depois de um bom tempo acabei voltando para Belém, mas não moramos na mesma casa e nunca mais tivemos nenhum contato sexual. Um dia meu irmão pediu que eu fosse com seu motoboy até a casa do papai para apanhar uns documentos. Chegando lá falei com mamãe e papai nos pegou dentro do quarto do meu irmão, ele ficou com ciúmes, ele pediu que eu o acompanhasse até a cozinha e lá fez mil perguntas sobre o motoboy e afirmei que era apenas o motoboy que trabalhava na loja do meu irmão e estávamos ali somente para retirar umas coisas.

Hoje tenho 33 anos, meu pai é mais velho que eu 17 anos, ele continua gostoso e eu vou vivendo minha vida. Sou muito desejado por muitos homens, mas também não consigo ter um namorado fixo, sou muito acomodado, não me sinto bem fazendo aquelas obrigações de namorados como: ligando, marcando encontros, indo ao cinema ou viajando, eu adoro muito sexo e já fui até garoto de programa, mas quando eu vejo que meus paqueras estão ficando melosos comigo eu cuido de fugir e parto pra outro.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
27/05/2013 16:54:32
6
28/01/2013 16:03:34
bom
28/06/2012 20:30:23
Ótimo conto. Um dos melhores que li. Adorei a expressão da culpa e da consciência do erro cometido. Da mais realidade ao conto. Parabéns.
17/08/2011 01:01:38
MUITO BOM!!!!!!!!
14/08/2011 10:59:22
oi, adorei seu conto muito bom, mesmo ei tambem sou do pará mais moro ai perto d belem, vc tem msn o meu e vamos nos conhcer. escreva mais contos são bons

Online porn video at mobile phone


xvideos com . sexy porno ju safada adora provoncar sobrinha incentosogra quero seu cu e gosando na sua boca videos primo.fode.prima dormindo egoza detro dabiceta dela ceela vegozanu gostozo na bucita da irma dominu xvidescumendo a sogra da bunda grade de 35 anoscontos eróticos pique escondemulherez gosando xvideovídeo Baby Alive se arrumando para ir para a festa da neguinhacontos de incestos e surubas esposa com minha cunhada e minha irma nudistasputaria brasileira posicao frango assado pra salvar no celularcontos eróticos filhinha novinha gostosa delirando no colo do papaimeninas caipirinhas lindas com a buceta encharcada de tesao metendo muito paus grandescontos eroticos homem com roupa femininacontos eiroticos leilapornentiada fogos com padrasto. comcontos eróticos comi a quarentona virgem evangelicavelha tarada mandando a neta chupa a buceta dela a força e da porradacontos louco por cunhada rabuda casada "evangelica"Xvideobibaconto erotico viado foi no pagode na favela e deu o cu pro travestivideo porno amador novinha menstruada usando absorvente externo com lubrificanteconto erotico curiosasEroticoscontos.com /casadas 25cm duplcontos eiroticos leilapornVamp19-Contos O Doce Nas Suas Veias Capitulo 02gostoza rabuda sendo encoxada por picudo ater gozsrmeu dentista me abusou contoscontos eiroticos leilapornver mulhe chutando bocetareginamaduras no meu cu nao porraaa paraaa aiiiiiAliviando os funcionarios contos eróticosvidioporno de meninas que noa guento pau no cu e nerroxvideos novinha cabaço estrangulada pelo pai ainda dormindoquando seu.comamigo nao te.comrespondocasa dos contos eroticos eu minha mulher e uberpornô brasileiro mulheres comendo outra com pipador falando putariapadrasto comendo a enteada de perna grossa e bunda grande com os pelinhos DouradosNego en acao fudeno virje xvporno doido so chupança de buceta. com muita fomepornodoidao caralho mostrocontos eróticos de dupla invasãocontos erotico coroacasado comendo onovinhoNando Mota-Casa Dos Contos Eroticos| zdorovsreda.rucontos fantasias anal pinto monstroprima gosta da minha pica ele pega e burta na bucerta dela chinesa rabuda de cuecaapica tatoda no cu da brasileira e ela pedi mais.madames trepanfoXVídeos das mulher ganha em cache foto no meio do vídeo XVídeos com as mulher grávida f****** esses foto no meio dos vídeosmulher de corno trepando com peaozada no alojamentonovinha perdendo a virgindade para soltinhofinha cendo bulinada por pai enquanto dorme no sono profundo xtubporno xoxota loucas surpresaeu sou viuvo eu tava sozinho em casa com meu genro eu chupei seu pau eu disse pra ele fuder meu cu virgem conto eróticosexoevangelicaCerto ou errado?meu irmao amado contos gays cap.07porno mae tepa com namorada filha com a filha pezetepeladacamisinhaxxvideosabusando da virgem novinhaConto erotico sou madura e consolo lesbicachoupana cuzinho virgem gay xvideosbonecadoprazepornodoidográtis coroasgemendoCarnavalnazoofiliaas novinhas de corretivos e g****** muito no ânusvídeo pornô que a gostosafala ai para,seu pau e muito grandegostoza madano goza nabucertaconto de filha bando de biquine e acabou dando a bucetaCasa dos Contos Eróticos Winnercontos eroticos papai abusava de mimcontos sobre chantagiei minha tia e q comiContos eróticos sensua club Padrasto pega a entiada a forçaXvideo chupou o eletricista e tomou choquenovınha sendo comıda por um negao jumentosogra convense a filha virgem perder cabaso .com seu maridoeu, minha namorada, minha namorada e meu tioconto narceja porrabiba boqueteras pornoHomem com pau grosso descabaça a filha dormindo contos eróticoscontos eroticos meninas de vinte e seis anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinhos vermelhosessentona gostosa tirou a tarde pra foder intensamentenegao rascando roupa de mulheres brancas page 1 xxxxxincesto:mae amamentando filha adulta contosreaiscavalo tirando virjidade da potrinhaXvidio tigrinhawww xvidios brasileiro mães filhas e tias e comadres com afilhados comfilme pornô com a Socorro lido RT xxxcontos eroticos embreaguei minha mulher e comi outradata zarad xxxvedioconto erótico Dulce safadaNovinhas.dando.pra.rinoseronte.com.rola.grande.xvideos.comconto erotico gay o policial e o garoto marrento #14xvideos.com negro caralhudo boto na posição na buceta ela gritou .pornocontoincestotia perucas carinha de anjo nua peladamulheres gostosa com binco no peito encoisto nuonibumeu tio roludo arregaçou minha jovem esposa rabuda