O Irmão Ogro XXXIV

Um conto erótico de CrisBR
Categoria: Homossexual
Data: 25/07/2012 23:52:09
Nota 9.72

Galerinha, desculpa por ter me ausentado por esses dias, mas houve um imprevisto já resolvido. Espero que gostem dessa parte e adorei de verdade a opinião de vocês nos comentários. Comentem sempre mais hein. Obrigado e boa leitura...

Arrumei tudo, segurei minhas coisas e me virei.

Lá estava Bruno, me olhando de uma forma que nem consigo decifrar. Até que ele me disse:

- Olha, se você quiser ir eu não vou te segurar mais aqui. Só pensa no que você tá fazendo. Da mesma forma que eu fugi, você tá fazendo isso. Agora é a minha vez de duvidar dessa parada que você diz ser amor. Faça o que você quiser, mas se esqueça que não tem volta!

Ele estava certo! Por mais que eu tivesse chateado e com raiva, a minha decisão iria culminar no fim ou num novo começo do nosso relacionamento. Com Bruno tudo era intenso. Desde o primeiro momento nossa situação era delicada. Era 8 ou 80. Mas convenhamos, éramos irmãos.

Se para um casal gay haviam milhares de problemas, imaginem para um casal gay de irmãos!

Tudo era novo pra mim e desafiador para ele. Mas de uma coisa eu tinha certeza: era amor. Por mais que ele demonstrasse medo e deixasse claro o ogro que ele era, eu não podia duvidar de seus sentimentos. Fazendo isso, eu me chateava mais que a ele.

Mas sem desviar do foco, eu precisava tomar uma decisão. Mais uma vez, tudo estava nas minhas mãos. O olhar de Bruno deixava claro sua decepção com relação à mim. Eu precisava fazer alguma coisa:

- Bruno. Eu te amo muito, muito mesmo.

O abracei. A ficha tinha caído. Eu poderia perde-lo pelo que tinha dito e pelo que planejava fazer. Logo agora que tudo estava caminhando bem, o egoísta era eu. De fato minha primeiro vez foi péssima, mas nem 20% disso era culpa dele. Eu tinha que reconhecer.

Ele me beijou, alternando pedidos de desculpas no meu ouvido.

- Bruno, eu que tenho que pedir desculpas. Eu agi como uma criança. Me perdoa?

- Sempre! Você é meu bebezinho tá?!

Nossa, eu estava nas nuvens. Ele tinha me perdoado. Comecei a retirar minhas coisas da mala novamente, mas fui interrompido:

- Ei, pode deixar a mala do jeito que tá, fechadinha. Você não vai ficar por mais tempo aqui.

Meu coração disparou. Sua voz saiu mais trêmula que o normal.

- Bruno, por favor, não brinca comigo.

- É sério! Você vai sair daqui hoje. Aliás, agora.

Eu estava em choque. Ele tinha me perdoado, mas ao mesmo tempo estava me sacrificando?

Vendo meu rosto de incógnita, ele ponderou:

- Foi mal, expliquei errado. Nós vamos sair daqui hoje. Tenho uma surpresa pra você! Preparado bebê?

- Muito.

- Então vamos.

Só dei um beijo nele e nós fomos descendo as escadas agarradinhos. Era isso que eu queria, que eu sempre quis. A minha surpresa e felicidade só se aumentaram ao perceber para onde estávamos indo: pro apartamento, nosso cantinho.

Realmente eu tinha que assumir que o meu ogro não era mais o mesmo. Eu havia melhorado ele. Melhor, ele havia melhorado por mim. Tinha enfrentado sua mãe, moderado seu jeito bruto. Até suas palavras estavam melhor colocadas. Retornando, paramos em frente ao prédio.

- Bora subir?

- Claro Bruno.

Subimos e ele abriu a porta. Entramos!

- Carlinhos, hoje vai ser diferente. Bem diferente.

- Bruno, você está diferente. Esse é um dos motivos pra eu estar aqui a agora, sabia?

- Claro! Eu mudei por você. Tanto mudei que quero te entregar uma coisa.

Fiquei curioso. Ele ia me dar um presente? Com que propósito. Dúvidas. Nem percebi quando ele me entregou um pequeno embrulho.

- Para de pensar e abre?

Ele deu o sorriso mais lindo do mundo e eu abri o presente.

- Hoje faz 3 meses que eu fui pra sua casa em BH. Três meses que eu tô pirado em você. Claro que no começo eu tava com um medo do caramba né, pelo conjunto da obra. Digamos que num fui uma parada fácil. Mas eu percebi que não conseguia mudar isso e que você merecia alguém diferente do que eu era. Muito diferente! Mas eu decidi lutar por isso. Mesmo fugindo no começo, dizendo que eu tava afim de outro cara ou te ligando só pra ouvir sua voz, eu sabia que precisava de tu.

Meus olhos se encheram de lágrimas e vi que haviam no embrulho duas correntinhas. Ele continuou:

- Esse presente é pra nós dois. Quero partir pra algo mais sério e só depende de você. Carlinhos, bora morar aqui comigo como um casal, juntos. Enfrentando todas as merdas que vierem?

CONTINUA...


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive CrisBR a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
26/11/2015 22:36:37
10
31/08/2013 07:16:29
Ai tu rompe besham, adoreites, vao todas se fuder.
16/09/2012 23:38:12
Ai Brunao!!!
30/07/2012 00:34:24
Uauuuuu, que continuação, adorei, viu? É 10!
29/07/2012 23:12:39
Adorei!
28/07/2012 11:21:59
Olha, concordo com o Cristian Akino, os capítulos parecem, agora, menores que no início - este em especial -, e isso torna sim um pouco cansativo, pois, praticamente não acontece nada no capítulo. Bati meu próprio recorde ao ler um capítulo seu -e a culpa é sua - não gastei nem mesmo um minuto. Quanto ao que disse o RW, faço minhas as suas palavras: só em ficção pra encontrar alguém assim, que mude por nós... hehe! Se bem que, mudar pelos outros é um erro, é criar amarras na personalidade de outrem... O conto fica a cada dia melhor, resta saber qual será o desfecho e para que norte os capítulos nos levarão... abraços!
27/07/2012 21:50:11
*--* O ogro já num é mais tão ogro assim. Amei!!
27/07/2012 12:51:05
Excelente
27/07/2012 02:04:18
Ótimo conto...pena que essas coisas só acontecem em contos mesmo...comigo não...rsrs
26/07/2012 22:48:48
está ótimo chris!!hehehehe...continua logo! nota 10
26/07/2012 22:10:55
que conto maravilhoso, to adorando o conto!!! como entrei esses dias na casa dos contos acabei de ler "PRONTO DE NOVO" E AGORA "O IRMÃO OGRO"..... MUITOO BOM!!!! CRIS LEIA OS MEUS DOIS CONTOS E DIGA O QUE VC ACHA, POR FAVOR, SOU SEU FÃ, E QUERO SABER SUA OPINIÃO!!!
26/07/2012 17:15:09
continua logo esta demais
26/07/2012 14:58:57
O BRUNO é muito fofo mesmo. Ele realmente mudou, pois ele ñ se achava digno de ter o Carlos ao seu lado, sendo o ogro q ele era. Continue pois está muito bom Cris. Bjs me liga.
26/07/2012 13:55:24
Curtindo o conto.
26/07/2012 13:34:27
bom, mas bastante curto, assim teremos "trocentos" capitulos com pouco conteúdo. eh cansativo p qm tentar ler desde o inicio. ao sr sociólogo, desculpas aceitas na condição d desculpar-me também, interpretei errado vossa critica, n qro ser incentivo p q omita sua opiniões, são poucos os q fazem criticas inteligentes.
26/07/2012 11:03:49
agora sim as coisas estão dando certo, parabéns e aguardando a continuação.
26/07/2012 10:22:31
Adorei!!!
26/07/2012 09:58:50
Que bom que o Carlos não cometeu uma besteira,o Bruno errou mais o Carlos tambem,mais agora espero que eles se tornem um LINDO casal.Muito LINDO seu conto.To AMANDOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
26/07/2012 09:56:29
Adorei mto esse cap. mto bom mesmo...CrisBR, eu sou mto curioso...meu Ñ sei oq vc ou os outros comentaristas vao achar, mais to mega curioso pra saber como foi o lado do Bruno, tipo, como e quando foi q ele percebeu q tava apaixonado pelo Carlos...sei q e pedir mto...e so uma bobagem minha...um pensamento bobo, q Ñ me importo se vc ignorar.;-)...bjo...e ó ñ demora eim!kkk...
26/07/2012 09:47:21
isso ae guga, caiu a ficha.. tava na hora neh não.. abraço chris.. nota 11.!!

Online porn video at mobile phone


contos erótico assembleia d20contos eroticos transei com meu filho gostosomenina mãeporno da parra doi caraerick dotadao acordou namoradopra fuderincestocrentewww.casa dos contos erotico adultério emcasa.comgostsona dando o cu pro negao roludo egritandomagrinha chorando numa rola bem grande da cabeçona Vermelha filme VovôHem braco cm xvd pornoconto erotico patrão e empregada e esposacache:O_fz-T5lnJcJ:zdorovsreda.ru/texto/201202304 casa dos contos eroticos com sobrinhos chupador de bucetacoroa traindo o marido dando o cu e o narido ligadocontos eroticos minha namorada virgem e meu amigo pauzudoHistorias erosticas viadinho dano para o visinho dotado e chora d dorcumeo cu abuçeta da irma gostosa bundudazoofilia.gratis/videos/pansexual-com-cavalo-gozando-na-buceta-e-cu-de-mulhernovinho foi bater uma punheta no fundo do quintau. e ficou passandu o dedu no cuzinho e nao sabia que tinho um cara pauzudu vendumeu amante me come todo mespornô doido comadre entre pica grande negãonovinhas esfregando buceta na sela do cavalo videos de porno doidox.vidio anoes dotados vs gaieraszoofilia com animais iniciaçaonegas bomtudasmenina já com a priquitinha na calcinha na picinagarotinho loirinho de treze anos se descobrindo que e gay e tranza com seu irmãozinhoquero ver as frentistas de posto que tem a b***** inchadarapas bunda linda dando cu de brusuConto erotico de incesto eu minha irma gemea dornimos momesmo quarto desde que nascemo 2contos eroticos rapidinha com sobrinhobucetad gtandes de velhcontos eroticos com velhosas navia perdebi cabacomae de vestido com.o fiu dentau da.o cuzim pro filho contos eroticoso pezão do amigo jogador contos eroticoseintiada transano con seu padrasto ei vido caserocontos eróticos em fábricacontos porno com padre gayensinei meus filhos a transaremxvideosmenina dudax videos.com mulher incorporada com pomba gira transandocontos eroticoflagrei esposa com garotos de progamaconto erotico menino manhosoxvideos mulher com manchinha no rosto chupandotransando por fresta da barracafudendo a mae dormndoxvideos desfraçada de irmãscontos eroticos sete anosn resistir e dei o cu pra quele homem di pausao, contopeli buraco da fechadura curtindo uma coroa gostosa tomando banhoconto erotico com velho e garotinhatio trepa ma sobrimhaadvogada bem casada rabuda em viagem de trabalho é seduzida e fode gostosolavano a beceta2 comedor do pintao sacaneia casada do rabaoabaixa vídeo de sexo do escrava comendo a fazendeira no sítioprica cavalaxvdideos en el bañóeu de shortinho jeans atoladinho e calcinha fio dental de minha irma rabuda dei pro negao x videos afeminadopai comeno afilha bricanocorno dopado meio sonolento vendo mulher fudendo com quatro machos e sorrindoentiada nao aquenta rola do paicontos de transa com mylheres da orla da lagoa da pampulhaContos eroticos eu tava internado no hospital e o enfermeiro fodeu minha mulhertravestis negra brasileira dotada no motel ganha punheta tremendo muitopornodoido negao mendigo com branca grátisconto corno confidentexvideos comeu irma da conhadhomens cacetudos de saojosedoscamposeu queria dar minha buceta e meu cu pro amigo solteiro lindo do meu marido eu liguei pro celular dele eu marquei um encontro com ele eu raspei minha buceta eu fui me encontrar com ele eu entrei dentro do seu carro eu dei um beijo na boca dele eu disse pra ele eu quero ir com você pro motel ele me levou pro motel eu e ele dentro do quarto eu dei um abraço nele eu dei um beijo na boca dele eu tirei minha roupa eu deitei na cama ele chupou meu peito ele disse pra mim sua buceta raspadinha e linda eu disse pra ele eu raspei minha buceta pra você ele começou a chupar minha buceta eu gozei na boca dele eu peguei no seu pau eu disse pra ele seu pau e maior e mais grosso que o pau do meu marido eu chupei seu pau ele começou a fuder minha buceta eu gemia no seu pau ele fundendo minha buceta eu gozei eu disse pra ele fode meu cu conto eróticojege tarado arromba tua dona apaixonado vidio pornoContos eróticos confissôes de umà crente safada