O ERRO DO MEU MARIDO (an american tale)

Um conto erótico de guido
Categoria: Heterossexual
Data: 31/03/2013 19:06:21
Nota 8.33

O ERRO DO MEU MARIDO (an american tale)

Jim e eu estamos casados a 11 anos, casamos muito jovens, ele tinha 19 anos e eu 18. Ele se alistou no serviço militar ao invés de ir para a faculdade. Foi quando Jim tornou-se interessado em material pornográfico. Ele ficava especialmente interessado em imagens e filmes inter-raciais. Toda semana ele trazia para casa algum material novo para assistirmos. Eu achava aquele material ofensivo, e não me excitava. Jim comentava sobre o tamanho do pênis dos caras e olhava com espanto para a mulher chupando e fodendo com os membros monstros dos negros. Ele perguntava como podia uma mulher encaixá-los dentro dela. Ele se sentia um pouco inferior, com seu pau de 10 centímetros, e pelo fato de que eu ainda não tinha engravidado. Até então, eu não tinha problemas quanto a ser satisfeita por ele, e pensava que o bebê viria na hora certa. Ele me perguntava se eu gostaria de experimentar grandes paus pretos. Ele dizia que eu ia me sentir bem com um deles dentro de mim e que seria excitante para ele, me ver sendo preenchida pelo pau de um homem negro. Tentei explicar-lhe que tudo o que eu precisava era dele, e não estava interessada. Jim alimentaria essa fantasia nos próximos 8 anos, ele era insistente e ficava me dizendo o quão quente que seria. Após 8 anos de constantes pedidos e súplicas, e centenas de filmes e imagens, finalmente eu lhe disse que iria tentar uma vez, apenas para deixá-lo tirar isso da cabeça. Que erro seria para ele, e que bênção para mim. Eu tinha perguntado se ele tinha alguém em mente para tentarmos isso, e ele informou que não, porque ele nunca acreditava que eu iria fazê-lo. Ele sugeriu entrarmos nas salas de chat. Então, eu criei um nickname para fazer a busca. Eu entrei em várias salas de chat com um perfil dizendo que eu era uma “esposa quente”, e as mensagens vieram instantaneamente. Mais rápido do que eu pudesse responder. Junto com as mensagens, vinham imagens desses homens negros mostrando seus paus. Eu enviava minhas fotos também, quando eles pediam, e descobri que eu ser casada não era um problema para esses caras. Em pouco tempo eu estava falando com vários homens negros, todos os dias. Jim me fazia mostrar-lhe todas as fotos que os caras tinham enviado, e ele se interessou por um cara em especial. Seu nome era Randy. Ele tinha um pau que tinha 21 centímetros de comprimento e três e meia polegadas de grossura. Randy era muito, muito escuro. Jim ficou de pau duro só de olhar para o seu longo pau preto e me disse que seria muito bom dentro de mim. Desde que Jim tinha gostado do Randy, eu decidi conhecê-lo. Randy e eu nos encontramos em um bar duas cidades longe da minha casa (eu não queria que ninguém me visse). Quando eu conheci Randy, ele foi um perfeito cavalheiro. Nos sentamos e conversamos por cerca de 2 horas. Expliquei que Jim queria assistir e para Randy não havia problema. De fato, ele disse que já fez isso antes por homens brancos que queriam ver sua esposa ou namorada ser fodida por um negro. Ele riu, quando me disse que seria um erro que ele iria se arrepender. Randy me disse que Jim não sabia no que ele estava se metendo. De alguma forma, eu sabia que Randy estava dizendo a verdade. Decidi ali mesmo, que era o momento de foder com um homem negro e disse isso a Randy. Perguntei-lhe onde deveríamos fazer isso, e Randy sugeriu fazê-lo em minha própria cama. Eu estava um pouco temerosa com essa idéia, mas Randy disse que era a melhor maneira de deixar Jim cumprir sua fantasia, era vendo sua linda esposa fodida por um grande pau preto em sua própria cama. A idéia era tão quente que eu concordei, com o coração disparado. Nós definimos a data para o sábado seguinte, eu dei ao Randy nosso endereço e número de telefone, e um sentimento tomou conta de mim quando eu o fiz. Eu já estava comprometida com este grande homem negro. Quando saímos Randy me acompanhou até meu carro e me beijou, ele enfiou a língua profundamente dentro de minha boca, meus joelhos se dobraram e minha boceta ficou muito molhada. Eu teria ido com ele dali mesmo, mas ele disse “te vejo no sábado”, e foi embora. Eu me senti tão frustrada. Todo o caminho para casa, minha boceta pingava pensando naquele beijo. Quando cheguei em casa Jim perguntou como foram as coisas. Eu lhe disse que foi tudo bem, e que faríamos tudo no sábado. Ele queria saber onde iríamos encontrá-lo, e eu lhe disse que seria uma surpresa. No sábado, escolhi um vestido curto e bem decotado, coloquei minha maquiagem (talvez um pouco demais, porque Jim disse que eu parecia uma puta barata), e fiz meu cabelo. Jim estava animado e ficava perguntando onde estávamos indo se encontrar com Randy, e eu dizia para ele que seria uma surpresa. Eu tinha dito a Jim que estaríamos reunidos às 7. Conforme a hora se aproximava, Jim me perguntava o que estava acontecendo, porque não havíamos saído de casa ainda. A 5 minutos das 7, a campainha tocou. Jim com os olhos arregalados, disse “Kathy você o trouxe aqui?!?” Rindo dele, fui abrir a porta e lá estava aquele belo homem, grande e negro. Quando Randy entrou, dei-lhe um beijo na boca, sentindo sua língua deslizar na minha boca. Depois do beijo, eu apresentei os dois e fiz Randy sentar no sofá, quando Jim me chamou para a cozinha. Jim estava furioso por eu deixar Randy vir para nossa casa. Eu disse a ele que era a sua idéia eu tentar um pau preto e foi a minha escolha tê-lo onde eu queria, na nossa cama. Voltei para Randy e sentei-me ao lado dele e começamos a nos agarrar. Eu disse ao Jim para nos trazer algumas bebidas, e voltei a namorar com Randy. Quando Jim voltou com as bebidas, eu tinha o pau Randy entre meus lábios, chupando aquele grande pau negro. Eu parei o tempo suficiente para dizer ao Jim para colocar as bebidas na mesa e sentar a bunda numa cadeira. Jim olhou com admiração enquanto eu chupava este pau grande e grosso, tentando obter o máximo que eu podia dele dentro da minha boca. Eu olhei para Jim e o vi com o seu pauzinho na mão, massageando-o. Tomei Randy pela mão e disse: "Vamos para o quarto." e olhando para Jim: “não venha até você ser chamado!.”

Quando entramos no quarto tirei a roupa do Randy e chupei o pau dele um pouco mais, com Randy brincando com a minha boceta molhada. Parei apenas o tempo suficiente para tirar minha roupa, e voltei para Randy e seu pau enorme. Eu estava me sentindo uma prostituta, aqui estava eu, nua, com um homem negro, na minha cama. Ele era o primeiro homem, a não ser o Jim, a me ver nua. Nos beijamos e eu disse: "Eu quero sentir seu pau dentro de mim". Randy riu e disse: "Eu sabia que você ia pedir isso, vagabunda" isso só me deixou mais úmida. Randy me disse para sentar no seu pau. Fui até a cômoda para obter os preservativos. Randy olhou para a caixa e começou a rir. Ele disse, "eles são pequenos para mim, cadela" Eu sabia que eram, mas disse, "precisamos tentar usá-los, Jim vai enlouquecer se eu não usar" eu escorreguei um sobre seu pau e ficou muito apertado, tanto que se rompeu antes de descer 2 polegadas sobre seu pau. Eu tentei outra, mas ela se quebrou novamente, então eu rolei ela assim mesmo até a base de seu pênis grande e preto, sorri e disse: "pelo menos vai parecer que ele está ai".

Randy deitou na cama e eu me posicionei sobre seu pau. E deslizei de forma muito lenta sobre seu pau grande e grosso. Minha boceta estava tão molhada que não demorou muito para que eu estivesse sentada em cima dele. Olhei para Randy e disse: "devemos chamá-lo?" Quando Jim entrou, viu a sua esposa branca sendo tomada por um pau preto. Ele baixou suas calças enquanto nos observava foder. Olhando por cima dos ombros, vi seu esperma no chão. O pobre rapaz se veio sem sequer tocar-se. Eu montei Randy como eu nunca tinha sido fodida antes, ele estava me chamando de todos os tipos de nomes, “sua vagabunda branca”, e “boceta amante de negão”. Ele perguntava se eu queria seu esperma dentro de mim. Pedi-lhe para gozar bem no fundo de mim. Jim olhou para a mesa de cabeceira, viu a caixa de preservativos aberta e olhou para o pau dentro de mim. Tudo o que ele viu foi o preservativo em volta do pau. Pobre coitado, não sabia que ele tinha rompido.

Jim então mandou o Randy me foder. Dizendo-lhe quão excitante era para ele, ver-me fodendo em sua cama. Jim dizia para “dar a ela, transe com ela, dê-lhe o que ela quer, goze nela...” O tempo todo pensando que o pênis dentro de mim estava coberto. Randy bateu-me como um touro no cio. Quando gozou, ele arqueou as costas para forçar seu pau dentro de mim, eu podia sentir seu esperma quente enchendo-me enquanto ele me segurou em seu pau. Ficamos assim durante o que pareceram horas.

Depois o pau do Randy ficou um pouco mole e eu o deixei escorregar para fora da minha buceta, e me ajoelhei sobre ele. Minha fenda quente ficou na frente de Jim quando o pau do Randy foi puxado para fora. Tudo o que se seguiu foi a porra do Randy pingando para fora de mim. Jim olhou com os olhos bem abertos, ele não poderia falar nada, então ele começou a chorar. Quando ele finalmente conseguiu falar, através dos soluços, ele perguntou o que aconteceu com a camisinha, Randy olhou para ele e disse: "eu acho que ela se rompeu, na verdade ela se quebrou enquanto sua esposa estava colocando em mim" Olhei para Jim e disse "foi idéia sua, eu não consegui parar uma vez que começamos, e eu queria que você visse a sua esposa desfrutar de seu primeiro pau preto".

Jim apenas parecia assustado, e queria saber se eu estava no meu ciclo fértil. Eu disse a ele que eu estava bem na data para ficar grávida. Jim e eu estávamos tentando ter um bebê, então ele sabia o que poderia acontecer.

Depois de tudo, Randy me disse que estava indo embora por cerca de um mês, mas queria me ver quando voltasse. Eu lhe disse que adoraria vê-lo novamente. Eu mal podia esperar para sentir seu pau dentro de mim novamente.

Quando Randy voltou de viagem, nos encontramos novamente e ele perguntou como as coisas correram com Jim. Eu disse que ele estava certo, Jim não queria que eu fizesse isso de novo. Foi um grande erro. Eu disse ao Randy que eu estaria transando com ele de novo, eu queria sentir seu pau dentro de mim em breve. Ele riu e disse: "Eu sabia que você iria querer."

Ele perguntou o que eu tinha feito com o gozo dele dentro de mim, e tudo que eu podia fazer era sorrir. Randy soube então que ele tinha deixado sua semente dentro de mim e eu estava grávida. Ele perguntou se Jim sabia e eu disse-lhe "não, eu estava esperando para dizer a você em primeiro lugar"

Depois que eu disse a Jim que eu estava grávida, ele só chorava, ele sabia que ia ter uma mulher branca com um lindo bebê negro. Faz 3 anos que o filho do Randy nasceu. Jim é o cuidador do bebê, e ele se alimenta, toma banho, e faz tudo com ele.

Randy e eu ainda estamos fodendo e chupando. Randy também me compartilha com seus amigos e incentiva-me a encontrar mais paus pretos.

Jim fez um grande erro, ele transformou sua linda esposa branca em uma VAGABUNDA DE PAU PRETO.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
07/06/2013 13:22:39
Delicia, o maior dos chifres...
01/04/2013 15:59:41
delicia. fiquei com muito tesao. sou negro e tenho 22 cm de cacete doido pra enterrar em voce. meu imail e msn é me add ai voce e qualquer mulher que queira um negro gostoso e carinhoso
01/04/2013 11:34:28
kkkkkkkkkk, bem feito!

Online porn video at mobile phone


garotos novinho dançante carinhosa com um homemsou marinheira contos eroticoscontos de mulheres sendo fudida com o marido do.lado em transportesirmao pintudo com 35 centimetro comendo irmacontos sobrinha menor tio bolinandofoto de novinba de bucsta arreanha amostrando o cabaçosogra convense a filha virgem perder cabaso .com seu maridomeu sogro e minha mulher sair pra rua e eu fudicom minha sogra gostosaputas piriquetes da favelas chupando um cacete no carroXapeleta grosa nucu da loira xvideoespertinha tentou fugir sem pagar o taxi e teve q fuder - completoPodolatria contos madrasta malvadacachorro gozando na novinhagporno olhei peguei chupeixxx bunda grandeconto em familiax videos sexo gratis marido masturbando passeiraConto erotico de incesto eu minha irma gemea dornimos momesmo quarto desde que nascemo 2xxvideo bucetinha escorrendo seivaDonaflorindametendoRelato erótico feijoada da titia raimundaconto gay contei pra ele que queria dar pra elewww.xvideo enganchei minha mao .comXVídeos as panteras entregador de gás aparentecontos erotico cheirando xoxota minha tia bebadacontos eróticos incestos fudendo a meia irmã filha do meu paimulhervxs sexoporno atedente.da.claro.tocando.siririca.no.zpmetessao pai e filhaMulheres enfiando dildo animalesco na buceta xvideosvirei mulher na cama contos woq e o liquido branco melecado q saio do xibioxvideos gordinha bem feitinhavideos de coroas loiras da bunda grande vendo genro de pau durocontos eroticos transex minha irma e meu cunhado me transformo e bonecacontos de incetos e orgias entre irmaos nudismo piscina em casaCont erot a costureirafazer downloader://xvideos.blog.br/negao-lhe-seduziu-apenas-pra-lhe-arrombar/Homem com pau grosso descabaça a filha dormindo contos eróticosconto erotico um desconhecido tirou o meu cabaco na vespera do meu cassmentoPorno youtubet padrasto descabaca novinhamenininhas fazendobrincadeiras de mostrar a xoxotinhas pras outrasmamilos da minha mae contos eroticosver porno negao dotado emulher com muito tesao egosanoirmalouca pra perdero cabaco pro irmarxxxvideosporno no teto ou na pissinazuando meti a pica na b***** da égua meladinhaxvideo mulher filha dando pro amigo dentro de casa escodida da maefilho medico vai examinar o cu da mae e acaba em sexo insetorelato meu prazer analcontos confiei que era so a cabecinha anala vagina mais.goloza di mundo por pau estranhamente grosso i grandecontofudi minha cunhadacontos eróticos virgindade com o porteiroConto erotico feirantetexto de prima louca querendo pau na bucetinhaMarido faz minete na Esposa até se virporno pai entrega a filhinha virgem para o agiotaPasando com a cobra na cona Zoopornxnnx amor poe na portinha do meu cu e deixa que eu empurrowwwxxvideo novinha arebenta o namoradoxvideofude a velhacontos desvirginando a mulher do cornoquero ver video da a mulher memesia a buceta o cuvidei eu sabia que meu pai me espiava pelada e gostavaxvideos disfarssando bundafragas reais de mulheres centadas de pernas aberta mostrado o bocetaosexo gay contos valentãonegra do.corpo violao e uma bunda gigante de fio dental socada na buceta gostosame punhetaramcontos eroticos sogras na praiacontofudi minha cunhadacontos veridico de incesto nora fode com seu sogro bem dotado pra pagar dividaporno passo lubrificante e meteu no cu da no vinha sem ela deixaContos eróticos gay meninos maldososconto comi a camareira doSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinha