Me vinguei da minha esposa e comi dois cuzinhos. O flagrante parte 1

Um conto erótico de Negin
Categoria: Heterossexual
Data: 16/01/2014 12:21:33
Nota 9.17

Ola leitores e leitoras, da casa dos contos, esse será o meu primeiro relato por aqui, a certo tempo leio e me acabo na punheta com as histórias aqui contada, alguma meio forçadas outras muito boa, mas tudo bem o importante é sentir tesão. Desde já quero dizer a você que se trata de um fato fictício vou usar de alguns fatos ocorrido comigo e que fiquei sabendo através de amigos , pra dar uma certa realidade e não viajar muito... Vamos ao conto:

Me vinguei da minha esposa e comi dois cuzinhos. O flagrante parte 1

Ola me chamo Rodrigo, tenho 38 anos, sou negro, 1,85 de altura, corpo definido pela horas de academia, enfim me considero um vovô boy, rsrsrs. Por ser funcionário publico e está e um cargo de alto nível dinheiro nunca foi um problema pra mim, sempre tive o que desejei, e uma das minhas conquista que mais gosto e cuido é uma vasta coleção de armas, tenho curso de tiro, tenho pote de arma e sempre carrego minha 380. Estou em meu segundo casamento, com uma linda mulher de 28 anos, uma dama perante a todos e quase uma putinha na cama, digo quase pq ela não é adepta à pratica do sexo anal, a mesma alega que é muito grande, que eu vou acabar com ela e coisa tals... Vejam só, apenas 0,25 cm de pica na grossura de uma lata de energético de 260 ml e ela ainda reclama!!! Mas por amar de mais essa baxinha de 1,65 de altura, seios médios com biquinho de agulha e bumbum empinadinho, bucetinha pequena depiladinha e cuzinho rosadinho, eu não à submeto a tal castigo, pois não deve ser fácil ter 0,25cm de pica negra, cheio de veias e com a cabeça roxa e em forma de cogumelo entrando no cú, mas enfim ela compensa com a boquinha de veludo e língua áspera e com aquela bucetinha que me encantou por ser tão gulosa...

Mas de alguns meses pra a minha pequena putinha tem se mostrado muito devagar na cama o seu “desempenho” não tem sido o mesmo, sempre reclamando de dores de cabeça dor no corpo, dor aqui, dor ali... Com tantas dores resolvi leva-la ao médico, pois quem ama cuida, depois de vários exames realizados foi constatado que era apenas desgaste físico, por exagero em atividades físicas, achei estranho pois, ela pratica academia mas nada exagerado, mas comprei todas a vitaminas que o médico receitou.

Em conversa com meu grande amigo e companheiro de noitadas regrada à muito álcool e putas, Jerson sobre o que estava passando em casa, ele me disse:

- Meu amigo, não quero que vc fique zangado comigo mas, vc não esta comendo sua mulher sozinho...

- Então vc esta me chamando de corno, seu fdp?

Jerson: - Com todas as letras não, mas tenho minhas suspeitas...

Fiquei muito nervoso com ele, defendi a minha querida e amada esposa com unhas e dentes... Mas a partir daquela conversa fiquei com a testa coçando, com a pulga atrás da orelha... Comecei à observar mais minha esposa, e notei que logo pela manhã ela era a disposição em pessoa, alegre animada mas quando chegava do trabalho ela estava cansada, só queria apenas deitar e dormir... Pensei comigo mesmo, tem alguma coisa errada nessa porra...

Costumava passar o dia fora de casa devido o trabalho, retornando apenas depois das 18 hrs, de vez em quando ia em casa almoçar, sempre eu avisava antes pra minha esposa se organizar... Certa manhã tive que voltar em casa pra buscar uns arquivos que tinha levado pra casa, de um inquérito que estava tomando o meu tempo... Resolvi fazer então uma surpresa para minha esposa, pensei é hoje que como aquela putinha de jeito, já que pela manhã ela está tão radiante, vou castiga lá, dar uma surra de piroca naquela minha vagabinha... Antes não tivesse ido.

Ao chegar em casa, notei algo estranho estava tudo quieto na parte de baixo, pensei comigo ela deve estar dormindo, subi já tirando a roupa pra chegar pelado e de pau armado, deixei o paletó no sofá a gravata, as minhas armas e a camisa nas escadas, meus sapatos e meias no começo do corredor, quando começo tirar minha calça, ouço duas vozes vindo do quarto, uma eu reconheço que era minha mulher a outra de um homem, mas não dava pra entender ao certo o que dizam, então voltei sem fazer barulho peguei minhas armas, uma coloquei na cintura e a outra destravei e engatilhei, subi novamente, devagar sem fazer barulho, pude notar então que as vozes tinha sido substituídos por gemidos e respiração aceleradas, pensei esse filho da puta esta estuprando minha esposa, consegui chegar na perto da porta com todo cuidado, quando estou pronto pra entrar e imobilizar o meliante ouço um estalar de boca tipo quando esta chupando um pau e sai da boca ainda sendo chupado e em seguida uma voz toda meiga e de putinha da minha esposa dizendo:

- AAiiiii Rogeeerr, adoro chupar a sua piroca deixar ela toda babada e seu saco todo melado...

Com aquela voz de putinha manhosa pedia:

- Fode minha boquinha com essa piroca gostosa, vaaiiiii fodiiiii aiinn...

Não podia acreditar no que meus ouvido acabará de ouvir, me encostei na parede abaixei a arma, senti meu coração acelerar, minhas vistas querer escurecer fiquei atônico sem me mover, apenas um pensamento passava pela minha cabeça: Aquela piranha esta me traindo mesmo. Pensamento que foi quebrado ao ouvir o homem dizer:

- Você quer que eu fodo sua boquinha sua cadelinha, pede piroca, pede sua putinha safada... e escuto um estalar de um tapa no rosto...

E ouço novamente a voz safada de minha esposa dizendo

-Issssooooooooo bate na minha cara, meu cachorão, seu filho da putaaaa, batteeee na sua piranha baaaateeee...

Ouço novamente um estalar de um tapa e em seguida a voz do Roger:

- Eu perguntei se você quer que eu fodo sua boquinha, sua piranha burraaaa, não se você quer apanhar...

Naquele momento penso em acabar com aquela farra, penso em entrar quarto acabar com vida daqueles dois filhos da puta desgraçados, iria dar uma complicada na minha vida, mas como sou delegado da polícia federal e começo muita gente poderosa que me devem favor, não seria difícil me safar de qualquer situação... Mas em meio a todos esses pensamentos pude perceber que minha pica estava pra rasgar a calça social... Aliso minha jeba por cima da calça e me questiono: Será que estou gostando de ser corno??? Isso não é possível... Jamais dividiria minha putinha com ninguém... Decido então observar toda aquela safadeza de perto, procurei um lugar que dava pra minha cama e boa parte do quarto sem ser visto, vejo então minha mulher agachada no chão diante de um homem q deveria ter seus 25 anos meio gordinho, branco, com a pica bem menor que a minha. Vejo e ouço aquela piranha dizer:

- Eu quero sua piro.... Antes que pudesse terminar a frase, vejo o rapaz cravar a pica na boca da minha esposa, sem dó e sem piedade e ficar ali parado com a pica toda atolada na sua boca, com o saco encostando em seu queixo, forçando pra ver se entrava até a bolas puxando o cabelo da minha esposa pela nuca... Pude ver os olhos daquela puta se encher de lágrimas, vi um fio de baba escorrendo da sua boca e de repente sem nenhum aviso, um tapa em seu rosto e uma pergunta:

- É assim que você quer sua puta rampera, é assiiiimmmm??? E outro tapa....

Minha esposa tenta responder, mas como dizer algo com um pedaço de carne atolado na boca, apenas tenta balançar a cabeça em sinal de sim. E ele novamente questiona:

-É assim que você gosta cadelinha???

Ouço então um abafado e roco:

- Uhumm

Ele então retira o pau da boca dela, que tosse e procura o ar, pra recuperar o fôlego e diz:

- É assim que eu quero seu puto...

Ele então bate com toda força a piroca e seu resto e enfiou novamente começando um movimento de vai e vem, como se estivesse fodendo uma buceta, com toda violência, onde dava pra escutar aquele barulho de pau entrando na boca toda babada...

E eu pensando ele esta fudendo aquela boquinha tão pequena que eu adorava beijar....

Continua no próximo... Comente e avaliem criticas e sugestão serão bem vindos...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
16/01/2014 21:42:00
bom espero a continuação
16/01/2014 17:54:00
Será que o outro rabo que você comeu foi o do amante? Hehe; Achei estranho dizer que o membro tem "0,25 cm", não seria apenas "25 cm"?. Eu achei meio rápido também (mas entendo que este é apenas o começo, e que as coisas serão mais detalhadas com a parte do sexo em sí). Ahhh e que tal dar uma outra utilidade pra essa arma além de atirar? Hehe
16/01/2014 14:52:12
Se você não se importa, deixo uma sugestão: corta a parte introdutória, especialmente onde você diz que se trata de uma ficção. Apenas conte a história e deixe que o leitor julgue por ele mesmo a verossimilhança dos fatos. Em geral o leitor quer mesmo é ser enganado e embarcar numa fantasia. Até mesmo as histórias mais fantasiosas se esforçam para parecerem reais. Se você diz logo de entrada que seu relato é pura invenção, aí fodeu, meu amigo! Mas fora isso, o conto é legal, bem criativo, muito melhor do que muitos que já li aqui. Vou dar nota 9 e esperar os próximos!
16/01/2014 13:44:39
O conto é bom, mas já estou vendo que você não vai fazer nada, alias vai comer os dois cuzinhos e pelo visto sem deixar ela ficar sabendo.
16/01/2014 13:15:51
vik22muito bom ehehe nem imagina como fiquei aq

Listas em que este conto está presente

Contos Lidos
Lista para manter o registro dos contos lidos por mim.

Online porn video at mobile phone


xvideo flaga novinha magrinha e pega em varias posucaojovem melissa e aline....assadas na praia conto eroticowww.relato erotico mulher cazada gemeu na pica glande.com.brwww.pornoDoidomamae dormindo com buceta a perta e filho que comelaavo reasa sonho de novinha neta pornomulher casada deixou seu cão chupasua buceta escondidodo seu marido vidio zoofiliacontos verdadeiros:sou uma advogada madura e fui errabada pelo meu caseiroConto comadre dá cu pra ganhaxvide garoto cebra a fimose comeno buseta irma fasexi irmao pau gadeContos eróticos de brasília comendo o cu da minha tiafilme pornô com a Socorro lido RT xxxsinhazinha estrupada por escravos pornoMinha bucetinha e inchadinha papai historia de sexodescobri que meu genro quer me comer contos eroticosxvideos viu mae dormindo de boca aberta e fico doidinhocowboy velho gay contosconto erotico crente casada carente fica deslumbrada com tamanho rola de outrocontos eroticos fode Frouxoxvidio mulher casada para na rua fica vendo medingo do pau muito grande fazendo xiximulheres gostosonas seduzimfonovinha deixando esperma escorer da boceta debrucoborgui falando filho da putaso mininhas top bem novas com vibrado bucetas fotosfodendo a comadre contosVidio porno calsinha suadax video coletania de gozadas de brucussexo conto de cunhado comendo a cunhada a força fodendo estrupando ler contos.casa dos contos de nick malconjapones enchendo cu da japinha dr liquido xvideoBriguei com neu namorado nais depois nos reconciliamos contos erotucoscontos eróticos Esposa e uma proposta indecente Contos eroticos de podolatria com fotos chupando pes de primas dormindo de brucocontos eroticos com cumdre transando com cumpadreirmau bejano racou cabaco da irmaroçadinha gostosinha na menininha japinhaxvideo fudeno as cuiada novinha casada bem gostosa de bhincesto com meu vô contospornô amador conto erótico de mãe divorciadaconto sofrer macho leitecabeção cantando xeretandocontos eróticos meninas de 25 anos transando com cachorro Calcinha Preta com lacinho vermelhosele e meu bad boy e eu sou dele parte 10 casa dos contos dosbaixar xvideos da mãe enfiando os braços dentro do cu e dentro da boceta e a filha também arrombando seus dóis buracos intensamente o filho chegou e comeu todas as duas enchendo seus dóis buracosconto gay cagando reformaquero ver aqueliqui nuaquero pesquisar filmes pornor com negros super dotados arregassando cu e bucetas de mulheres loiras tirando sangue do cursinho delascontos aiíiiii hum aiaiavelha tarada mandando a neta chupa a buceta dela a força e da porradavelho .porno 50 citimetrovidros prno insetos fodendo mae emprensada coroas do sapsapcontos mulher carente e judiadaQERO VER APAOLA OLIVEIRA FUDENDO COM APICA TUDINHO NA BUCETAa mulher e amante apertalas bolas pornosexo porno meu professor foi me visita pra me da reforço,e acabou me chupandoeu e meu esposo somos crentes e ele pediu para eu dar o cu para outro,contosapaixonado por dois brutamontes da faculdade 12contos eroticos minha esposa fodendo com meu sobrinho menor de idadeirman tomando baio e lavando opriquito e o irmao vendoan american tales conto eroticonovos contos eroticos de maes dandos suas calcinhas usadas como premio pros filhoscontos eroticos gay dei a bunda dentro do cemitériocontos erótico provoque meu padrasto mostrando minha bucetinhapaso um gel e finco no cu pornodoidopai coza na buseda da filha presa na janelapai e vo dopando filha safada tpra poder esyrupa laxvidioae cpm filho pronopausudis a tocar a punheta a conduzircontoerotico minha namorada, minha mae e meu tioxvideo quase rubiaebeto tanzadocomedo a tia de xortiu xvideoporno cunhadainesquecivelnegona sendo arrombado por negao tonato video porno grátisminha mulher ficou toda melada o buctao qndo viu pica ennorme do negao pistoludofudeno esposa na tora ela briga mas foda apulso videor real