Katlin: uma escrava sexual

Um conto erótico de Henrique
Categoria: Grupal
Data: 29/08/2014 07:19:57
Nota 8.00

Olá, me chamo Henrique, é a primeira vez que relato uma história sexual minha. Conheci esse site através de Katlin, a menina/mulher com quem tenho encontros há tempos. Este relato é verdadeiro, e vou tentar ser o mais preciso possível nos detalhes.

Bem, moro em Curitiba, num bairro de periferia. Trabalho numa marcenaria há mais de dois anos, e a quase um ano conheço Katlin. A marcenaria que trabalho é proximo a casa de Katlin, onde ela mora com seu namorado, pois quando conheci ela ela havia acabado de sair de casa para morar com o Lucas, seu namorado. Katlin é uma menina muito gostosa, com seus 22 aninhos ela tem um corpo de menina, um rostinho de ninfeta, sempre com um olhar e sorriso malicioso. Ela tem mais ou menos 1,60 ou 1,65 de altura, corpo perfeito, branquinha, magrinha, peitos médios para pequenos, cinturinha, uma falsa magra com uma bunda muito grande pra ela, bem empinadinha e durinha, pois malha na academia diariamente.

Eu já trabalhava na marcenaria quando vi Katlin passando na rua, com um vestido longo porem de tecido leve, deixando sua linda bunda bem desenhada, o tecido entrava entre as nadegas dela de uma forma deliciosa, parecia até que estava sem calcinha, mas reparando bem dava pra perceber que na verdade ela usava um micro fio-dental, pois dava pra ver a marquinha sobre a bunda dela, do lado perto da cintura. Eu e os outros funcionários ficamos babando. Desde então vi ela varias vezes: no mercado, na rua, no ponto de ônibus. Minha história com ela começou quando o marido dela fez amizade com meus amigos de trabalho, pois ambos torciam para o mesmo time (Parana Clube). Ele pediu pra fazermos um orçamento na cozinha dele. Eu fui com um amigo da empresa, lá nos deparamos com Katlin, que até então não sabia ser namorada do Lucas. Ela estava nitidamente envergonhada, pois nós mechiamos com ela na rua e ela sempre gostou, de vez em quando até ria. Fizemos o orçamento e fomos embora, mas antes notei que ela não tirou os olhos de mim, o que até fiquei constrangido, pois meu amigo reparou, então o namorado dela também deve ter reparado. Na outra semana já havíamos feito o movél, e ligamos para ela dizendo que íamos montar, o que ela concordou. Chegando lá percebi que ela tinha acabado de sair do banho, e estava usando um shortinho branco e uma regatinha vermelha. Estava muito gostosinha. Aquela bunda empinada era simplesmente perfeita. Ela disse ao nos ver no portão: “ entrem, meu namorado ainda esta trabalhando mais já esta chegando para almoçar.” Foi a primeira vez que escutei sua voz. Linda, com um modo bem manhosinho de falar. Fiquei excitado já no portão. Entramos e começamos a montar, e ela sempre conosco na cozinha. As vezes, devido sua cozinha ser pequena, esbarrávamos nela, ou ficávamos bem em frente sua pepeka, pois ela estava de pé e nós nos abaixávamos com frequência. Ela parecia gostar, pois a cada momento ficava de costas, fingindo olhar a TV, deixando seu lindo rabão bem a vista. Nesse dia conversamos um pouco, o que levou ela a passar seu telefone, mas disse para falar com ela apenas pelo whatsap. Adorei a ideia. Senti que ela estava afim de mim.

Para resumir, após umas duas semanas de conversa, onde ela já havia me mandado algumas fotos peladinha, de fio dental, no banho... ela me chamou pra ir na casa dela a tarde, quando o namorado dela estivesse trabalhando,,, faltei trabalho e fui. Lá encontrei ela de vestidinho e tomada banho, quando entrei ela me atacou, me beijou com um tesão que logo fiquei de pau duro, ela percebeu e já foi passando a mão. De repente ela para de be beijar e me empurra no sofá, então ela se ajoelha e devagar abaixa meu calção. Quando ela viu minha pica dura ela até se assustou, pois realmente além de grossa minha pica é bem grande...ela disse: “ nossa, seu pau é muito grande, que delicia, acho que nunca vi um maior...posso provar?” eu não respondi, apenas puxei sua cabeça com força para minha rola, fazendo ela quase engolir toda minha pica. Ela era simplesmente muito putinha, pois chupava minha pica como nunca tinha experimentado, nem mesmo com prostitutas profissionais. Ela batia meu pau na sua cara, lambia minhas bolas, chupava a cabecinha me olhando nos olhos. Chupava com maestria, com uma técnica de alguém que já chupou muitos paus, com uma vontade de chegava a doer minha rola. Ver ela de joelhos, na casa dela, toda babada, chupando minha rola enquanto seu namorado estava trabalhando me deu mais tesão. Levantei ela e a deixei de quatro no sofá, depois fui subindo seu vestidinho. Quando vi aquela bundona com um micro-fio dental cravado naquele cuzinho não resisti. Cai de boca naquela bunda, chupei e lambi por um tempão sua bucetinha e seu lindo cuzinho, apenas deixei seu fio dental de lado. Ela estava louca pra gozar, pois praticamente implorou pra mim comer sua bucetinha, ela dizia: “ Me come de quatro, vem...quero sentir seu pau na minha bucetinha...” Eu não perdi tempo e enfiei minha rola com força, sentindo sua bucetinha apertada esmagar meu pau...que delicia. Ela gemia com uma voizinha que me deixava louco, dizia: “isso fode, fode, fode essa putinha, bate nessa safada, me faz gozar, faz...” Eu metia com toda minha força,sem dó... sentia minhas bolas batendo na sua bunda. Pedi pra ela sentar em mim mas ela disse para continur que estava quae gozando. Isso me deixou com mais tesão, comecei a dar tapas leves em sua bunda, mas quando percebi já estava puxando seu cabelo com força e metendo uns tapoes de estralar na sua bunda gostosa. Isso fez ela delirar, ela começou a tremer e a gemer de uma forma que percebi que ela ia gozar, então acelerei as estocadas. Quando anunciei a ela que tmb ia gozar, ela me pediu pra continuar metendo que ela estava gozando na minha pica. Eu não aguentei quando senti sua bucetinha latejar com o orgasmo. Gozei. Eu gozei metendo na sua bucetinha, pudia sentir minha porra escorrendo misturada com a gozada dela nas minhas bolas. Foi miuto gostoso foder aquela putinha no sofá em que umas duas semanas antes seu namorado e ela estavam conversando comigo. Depois da foda ela pediu para eu ir embora, pois o Lucas poderia sair mais cedo do trabalho. Antes de sair fiz ela prometer que teria outras vezes o que ela me respondeu : “Quando puder com certeza vou te chamar, mas quero q vc não conte o que aconteceu hj pra ninguém, só assim vc vai poder me comer com as tardes”. Eu respondi q ela não precisava se preocupar.

Alguns meses depois, um amigo meu do trabalho, o Maik, me mostrou umas fotos no whatsap, e para minha surpresa tinha algumas da Katlin, peladinha, de quatro, e até chupando meu amigo. Na hora fiquei surpreso, pois pensava ser o único a come-la ele disse que seu irmão, o Maicon, tmb já havia comido uma vez. Minha casa caiu. Eu pensava que ela gostasse de mim, por isso traia seu namorado.

Resolvendo acabar com aquela historia entre eu e ela, disse que sabia de tudo a ela. Ela negou, disse que era mentira. Mas quando mandei as fotos dela chupando o pau do Maik ela confessou. Disse que aconteceu, que rolou só algumas vezes. Aquilo foi ruim de escutar, pois ela tem um jeitinho de menina inocente, ninguém imaginava que me encontrava com ela algumas tardes. Foi então que chinguei ela, ofendi, chamei de puta, e outras coisas do tipo. Ela nem ligou, disse que não era mais pra procura-la. Eu, não querendo perde-la, disse pra ela que iria contar pro Lucas sobre ela e o Maik, a não ser que ela escolhesse um de nós três. Foi então que ela disse que não tinha como escolher, que queria os três. Foi então que uma ideia passou pela minha cabeça, disse a ela que iria no outro dia a tarde na casa dela, ela concordou. Conversei com os dois irmãos, o Maik e o Maicon, disse a eles que ela queria dar pra nós três de uma vez. Eles toparao na hora.

No outro dia, ela deixou o portão aberto, para facilitar minha entrada. Quando ela viu nós três, ela levou um susto. Ela não sabia o que falar. Eu disse pra ela que estávamos ali pra come-la, e que se não satisfazesse nós três nós iriamos contar pro lucas ainda hj. Ela se fez de difícil no começo, mas depois aceitou. Eu disse ainda que se ela não fizesse tudo que nós mandássemos ela podia dar adeus a seu futuro esposo. Ela concordou. Então eu mandei ela se ajoelhar na nossa frente. Ela se ajoelhou. Mandei ela tirar a blusa e começar a nos chupar. Ela obedeceu. Nossa, a sensação de ver Katlin chupndo a três picas foi incrível. Confesso que nunca havia experimentado algo tão excitante, era delicioso ver como ela manejava aqueles paus duros, com as mãos e com a boca. Ora chupava um, ora outro. Tudo isso sem parar de masturbar-nos, a rola de Maicon enchendo sua boquinha e ela tocando punheta pra duas picas grossas, tudo ao mesmo tempo. Deitei ela no chão e chupei sua bucetinha com muita vontade, enquanto enfiava dois dedos com jeitinho. Depois foi a vez de Maicon e do Maik chupar aquela buceta gostosa. Ela gozava em nossas bocas, enquanto um chupava seu peitinho e outro enfiava a pica na boca dela. Ficamos uns vinte minutos nessa posição. Mandei ela fcar de quatro no mesmo sofá que comi ela pela primeira vez, mas dessa vez fiquei sentado no encosto do sofá, assim ela podia me chupar enquanto o Maik fodia sua bucetinha apertada. Ela estava gemendo muito, depois troquei com o Maicon. Era lindo ver katlin de quatro no sofá levando pica e chupando o pauzão de Maicon, pois o pau dele era o maior dos três. Ela chupava e gemia, chupava e gemia, obrigando o Maicon a dar tapas na cara dela pra continuar chupando, ele pegava na raiz do cabelo dela e afogava com força ela, enterrava sua pica na garganta dela, fazendo-a engasgar e babar muito. Depois disso ordenei que ela sentasse na minha rola, enquanto chupava o Maicon. O Maik, de repente, foi montando nela, tentando comer seu cuzinho...ela protestou, disse que não gostava de dar o rabinho dela, mas Maik já estava lambendo seu cuzinho, passando bastante saliva e botando seu dedo...ela nã resistiu. Deu seu cuzinho pro Maik, sentando na minha rola ao mesmo tempo em que o pau grosso de Maicon batia em sua cara. Se o Lucas, seu namorado, chegasse naquele momento não acreditaria no que via: sua namorada sendo fodida brutalmente por três “peões” da marcenaria em que ele contratou serviço...um emrabando sua namorada, outro comendo sua bucetinha e chupando aqueles peitinho pequenos e durinhos, e outro literalmente fodendo a boca da sua namorada, a boca que ele beijava todos os dias. Revezavamos as posições. Ela estav adorando, dizia: “ Isso, fode essa puta, ai, tesão, três picas duras pra mim, que delicia, nunca experimentei nada mais gostoso do que dar pra três ao mesmo tempo, como é bom sentir um pau na socando minha bucetinha e outro no meu cuzinho...e sentindo o cheiro gostoso dessa pica grossa dura na minha cara...ai, fode sua putinha..fode.. arromba meu cuzinho cachorro” Metemos assim por quase uma hora, quando disse que ia gozar ...ela gritando de tesão me pediu pra gozar nela, disse: “Vem da leitinho pra mim, da..goza na minha boquinha que eu quero beijar a boca do corno com o gosto do seu leite na boca, quero que vcs lambuzem meu rostinho de porra, vem , goza na cara dessa vagabunda...enche essa puta de leite..”. Não deu tempo nem dela terminar de falar e já pareide comela para gozar. Ela batia uma deliciosa punheta pra nos, que acabamos gozando quase ao mesmo tempo na sua cara. Foram varias esginchadas na boca e rosto, deixando Katlin com o rosto braço de porra quente. Ela lambia os beiços, olhandopra nós com a cara toda melada de porra dos funcionários de um ama simples marcenaria. Katlin gozou umas três vezes seguidas quando estávamos devorando e comendo ela no sofá. Antes de ela se limpar eu tirei uma foto dela com o rosto cheio de porra, chupando nosso cacetes ainda duros. Ela confessou que nunca sentiu tanto tesão na vida dela, disse que gozar entre três machos é uma sensação única, ela adorou ser uma verdadeira puta. Eu Disse que apartir daquele dia ela seria nossa escrava sexual, ou divulgaria suas fotos, e que ela daria pra nos três e pra quem mais nos quiséssemos, pois ela seria nossa puta nas tardes, enquanto o seu namorado trabalhava pra pagar o aluguel, enquanto sua namorada, Katlin, era fodida de todas as maneiras por três machos diferentes a tarde toda.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
29/08/2014 07:31:35
Faltou conteudo

Listas em que este conto está presente

Contos Lidos
Lista para manter o registro dos contos lidos por mim.

Online porn video at mobile phone


https://www.pornodoido.com/video/esposa-traira-e-fodida/na hora da tranza sinto um liquido querendo sair da minha vagina,entao gozeiconto morador de rua roludo comei gpstos minha esposacontos eróticos minha esposa me traiu e gosteicontos eroticos de virei subimissa do meu cunhado"jussara"capitulo18contos sobre chantagiei minha tia e q comiMarilene magrinha d********* para rolo um pau grosso e negão comendo Mato casadacontos eiroticos leilapornBusetinha lizinhacasada chantageada contos eroticosconto de casada putafazendo buceta sofrer com pau extraordinariamente grosso pornomoto epinado vogino da viaturaxv novinha brinca com cachorro e fica agarrda na picafilme de sexo homem transando com a irmã formatando computadorsogra porno Eça a dormirXVídeos mulher tomando banho dentro do banheiro e o b****** pego tomando desgraçadaconto erotico curradabem novinha gozou nos seios dela lavou de porra contos eroticosContos crossdress a apostaminha sogra so espera meu sogro sair pra fuder comigo xvideotirano cabaço da menina no mato gritano de dorlesbicas xvideo.com brigonaspapai e maninho me fuderao com seus pauzaos contosvideos Pornodoido.com Pai pega filho gay aforca e regaça ele grita e gemecalça legui caladinha na casada xvideomulheres casada sendo encoxada egozaver mulher preta encurta uma chupando a buceta da outra cima do dente queirofilmei prima rabuda d xorti curtopornozinho.irmao.da.pica.gigante.mente.na.irmaporno com homem com baita tigãodei a buceta no rio contos eroticosQuero assistir filme pornô brasileiro das Panteras a mãe com shortinho bem curtinho e para o banheiro mijar e o filme vai ficar beijando a testa da porta de homem com calcinha fio dentalmãe sejipana deichando o filho gosar dentro da bucetaassistir filme prever padrasto comendo enteadasexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaocontos erticos novinhos roludos comendo coroasvideo porno botei meu pau ate as bolas na boca da tiacontos eróticos Minha esposa era uma mulher morena cor de jambo de cabelos lisos, tinha peitos grandes naturais, coxas grossas, quadril largo e cintura fina. Ate o primo do corno ja me fudeuNovinha vijen tentando en fiar o dedo na bussetaseleçao enfiadas cuzinhos novinhos apertadoseuconfessosograxvideo fudir uma gatinhar manhosasexo ruiva nu riubundas maciinhasSimpson bucetas inchadas das mamãe gostosas levando pau grande e grossoxvideos comeu a mae de calcinha no jantarbaxa vidilho di orasao fosdi paraselolachantagiu irma e fudeucontos eróticos mulher dividindo o marido com gaycontos de sexo depilando a sograWww.mulheresemaridoscornos/porno conto eurotico eu novinha soltei um pumm meu tio escutouxvideol gay novinho favoritovideo porno com muito beijo na boca de tirar o folego muita chupada na buceta fazendo gozar na lingua de tanto prazer puchao de cabelo sexo com pegada forte e brutacomendo a pretinha entroncadapornô irado mulher no supermercado se masturbando enquanto os outros passamas boyzinha brasileira no chat se masturbando XVídeos completovideos de garotas vendo bucetas em telao bem grande se masturbachantagiei a colega de trabalho e comi ela contoscontos gay me apaixonei pelo meu cunhado novinho hetero que me humilhavaver lésbicas lésbicas se esfregando até gozar em perigosos de músicascolica o pinto na buceta com saiaconto erotico filha novinha de chortinho curto postado no dia 22 02 2018video leabicas uma chupandi a outra de baixo da meaaaragador um cu com mao redtubercavalga ai ui mete primo caralho contoafricano comeu meu cuLipesonhador-CASA DOS CONTOS |zdorovsreda.runegão metendo a pica no alô Ninhacontos eroticoscuzinho sem pregaswww.xvideos mulheres fodendo festejando a vitoria do Brasil teste de fedelidade que mue darao bucetaXvideo realisei minha vondade de der dois paus sopramim um infiado no e outro na buceta trai meu marido vou contar como foiXvidio entiada finge que está dormindo e deixa o pai acariciar su bucetacomendo a buçetona da minha irma enquanto a mae passaenteada dorme de conchinha com padrasto e e penetrada.porno incesto com muita seducaoContos eroticos elacareca peladaabaxa vidio porno de tio fudeno supria só nucu da safadaquero ver o ganhador do homem chupando a b***** peladowww.encanador negao mundobicha.com