SÉRIE NOVA: Gotas de Júpiter - 01X01 - O começo. parte 1

Um conto erótico de Escritor Sincero
Categoria: Homossexual
Data: 18/08/2014 23:35:25
Última revisão: 13/08/2019 23:34:57
Nota 9.80

Thiago: - Estava com tanta saudade de você.

Vitor: - Eu também estava, vamos aproveitar o meu voo parte em 30 minutos.

Thiago: (tirando a blusa): - Manda a ver!!!

Tá... não me julguem. Sou um adolescente homossexual que está descobrindo os prazeres da vida. Estou saindo com Vitor, ele é mais velho do que eu e pilota aviões para uma grande Cia aérea. Nos encontramos algumas vezes no mês, só que as coisas começaram a se complicar, ainda mais agora que mudei para este fim de mundo, ele sempre faz conexões por aqui. A gente se conheceu quando eu tinha 15 anos, mas só rolou corpo a corpo um ano depois. Vitor era casado e tinha uma vida estabilizada, eu era apenas um estudante do ensino médio.

O Vitor é demais, ele tem um corpo espetacular. Queria chegar na idade dele com essa forma física. Eu o beijava no pescoço e subia para as orelhas onde sabia que ficava seu ponto fraco.

Vitor: - Isso amor. Me mata de tesão.

Desci até seus mamilos e suguei o quanto pude. Fui descendo por sua barriga definida e mordi seu pênis através da cueca que já estava toda babada. Com a boca tirei a cueca e o deixei pelado. Coloquei meu nariz bem próximo de seu pênis e cheirei. Adorava aquilo. Era um cheiro forte, mas nada fedorento. Cheiro de homem. Com cuidado passo a língua na cabeça e desço até os ovos. Faço isso três vezes e ele solta vários gemidos.

Pego com uma mão na base do pênis e tenho dificuldade para segurar tudo na mão. Passo minha língua novamente e começo a chupar. Sei de tudo o que o Vitor gosta, sou muito tímido, porém na cama me transformo.

Vitor: - Isso... gostoso vai... nossa só você mesmo... aiiiii.... isso.... deixa eu ver esse cuzinho deixa.

Viro de costa e me posiciono na posição ‘cachorrinho’, abro as minhas bunda o máximo que eu posso e sinto-o encostar a língua. Sinto um arrepio na coluna e ele continua a explorar meu ânus com a língua. A experiência do Vitor é o que mais me impressiona.

Vitor: - Fica na posição que eu gosto para te comer fica vadia... (pegando a camisinha, colocando e passando lubrificante)

Ele posiciona os 20 centímetros na entrada do meu ânus e começa a penetrar lentamente. Fecho os olhos e relaxo, pois, a essa altura já deveria estar acostumado com o pau dele. Demora um pouco para acontecer à penetração, mas ele é paciente. Olha em meus olhos e sinto-me conectado a ele. De repente ouve-se um ‘ploc’ e ele começa a intensificar o vai e vem. Vitor passa a mão em volta do meu pescoço e me beija. Sinto a pressão no seu pênis aumentar e ele goza. Me masturbo e passo a mão em seu tórax suado... morro de tesão nisso. Não demora muito para eu gozar com ele.

Vitor: - Assim você me mata de tesão. (tirando a camisinha e jogando no lixo)

Thiago: - Espero que seja um elogio. Bem... quando você volta? (falo limpando a minha barriga com uma toalha)

Vitor: - Na próxima terça-feira.

Thiago: - Amanhã começam as minhas aulas. É um saco chegar numa escola nova.

Vitor: - Garanto que a faculdade é bem pior. Você é jovem Thiago. Ainda vai viver muita coisa.

Chego de táxi em casa e encontro meu pai dormindo em cima dos livros para variar.

Thiago: - Papai. Papai acorde. (falo pegando levemente em sua costa)

Hélio: - Filhão... nem vi você chegando... estava estudando para um caso e caí no sono.

Thiago: - Tudo bem. O senhor já comeu?

Hélio: - Sim. Vou subir. O teu irmão já chegou?

Thiago: - Acabei de chegar. Vou já verificar.

Hélio: - Boa noite.

Thiago: - Boa noite pai.

Em minha casa moram eu, meu irmão Alexander e meu pai. Há quatro anos perdemos a minha mãe, ela não resistiu a um câncer nos pulmões. O engraçado de tudo é que ela não fumava. Após a morte dela catamos o que restou da nossa vida e seguimos.

Aos 13 anos, meu pai descobriu sobre a minha sexualidade, ele me pegou transando com um amiguinho. A cena foi muito constrangedora. Ele e meu irmão não me tratam mal por causa disso, então agradeço a Deus. Mudamos para Santa Catarina por causa do emprego do meu pai. Fiquei tranquilo por causa do emprego do Vitor. O saco era ter que começar tudo do zero.

Bem vindos ao inferno na terra, mas conhecido como Escola Madre Tereza. Aqui vou passar os próximos longos três anos. O pior de tudo? Ao lado do meu irmão Zé... Mané... Alex. Claro que nem tudo na vida pode ser perfeito. Só espero que o tempo passe rápido... muito... muito rápido.

Thiago: - Lembra o que o papai falou?

Alex: - Nada de briga, incêndio, pegadinhas e reclamações das superiores!

Thiago: - Isso mesmo. Sabe... nem sei porque somos irmãos?

Alex: - Verdade... sou inteligente, forte, alto, bonito,. mais novo que você e hétero!

Thiago: - Como se isso fossem qualidades...

Alex: - Me empresta R$ 20?

Thiago: - O papai não te deu o dinheiro da semana?

Alex: - Sim, mas já acabei. Vai...

Thiago: - Pelo amor de Deus. (enquanto pegava dinheiro na carteira)

Alex: - Deixa eu ir nessa mano. Te vejo na saída!! (correndo igual a um louco)

Thiago: - Alex!! Seu babaca!!! (gritei tentando acertá-lo com minha caneta, porém sem sucesso)

Alto-falante: - Atenção estudantes. Aqui é a diretora Flora Gusmão. Por favor compareçam ao auditório para darmos inicio a solenidade do novo semestre...

Ludmila: - Com uma voz dessas... ela vai é assustar todo mundo.

Thiago: - Oi?

Ludmila: - Você é novo aqui né?

Thiago: - Sou sim. Mudei pra cá recentemente... casa nova... vida nova...

Ludmila: - Prazer. Sou Ludmila. (pegando na minha mão e balançando freneticamente)

Thiago: - Thiago Vasconcelos. Está em qual ano?

Ludmila: - Primeiro. Infelizmente. Bem... vamos logo? A gente não pode chegar atrasado no auditório.

Thiago: - Porque? A diretora Flora vai colocar a gente de castigo?

Ludmila: - Exatamente. (ela disse me puxando para dentro do prédio)

Apesar de ser um adolescente, eu odeio a minha raça. São sempre os mesmos estilos. As patricinhas metidas.

Suzana: - Falei para a minha mãe: “Esse ano nós vamos para Paris”.

Carla: - Você arrasa amiga. Tenho certeza que este ano vocês vão para a Disney... de novo.

Suzana: - Que nada. Cansei de lá. Prefiro Ibiza ou Nova York.

Carla: - Que inveja de você. Um dia você ainda desbanca aquela nojenta da Adriana e vai se tornar a rainha da escola.

Os atletas egocêntricos que assim como as patricinhas precisam de seus súditos para se sentirem os maiorais.

Bruno: - Ontem a Carla me ligou... tá caidinha na minha.

Getulio: - Essa temporada precisamos nos preparar. O time da escola preparatória vai vir detonando. (batendo na cabeça de Bruno com a bola)

Os nerds. Sempre juntos como se fossem um cardume de peixes. São inofensivos e espero que continuem assim.

Kim: - Dei uma olhada na grade curricular e não gostei. Assunto batido. Precisamos de desafios. Professora?

Senhora Narcisa: - Kim... Sim... Digo... sim, Kim.

Kim: - Estudei a nossa grade curricular e preciso conversar com a diretora Flora e....

Senhora Narcisa: - Olha que arranjos lindos. (pegando nas flores e deixando Kim no vácuo)

E no final da cadeia alimentar, ou melhor, escolar estou eu. Até o meu irmão pertence à classe dos descolados. Enfim, espero me adaptar bem ao novo ambiente. A Ludmila parece ser uma menina legal, mas não alguém que andaria comigo.

Ludmila: - Senta comigo.

Thiago: - Tem certeza? Eu posso...

Ludmila: - Claro. Senta logo.

Diretora Flora: - Prezados alunos... quero a atenção de todos. Como vocês sabem a nossa instituição volta após meses tenebrosos. Graças a Deus que conseguimos superar e...

Thiago: - Nossa... o que aconteceu aqui?

Ludmila: - Um amigo nosso chamado Lucio se matou dentro de um dos banheiros. O pior de tudo é que o corpo foi encontrando depois de dois dias. Uma cena grotesca. Eu... eu...

Thiago: - Caramba. (olhando para a esquerda)

Tenho quase certeza que o Alex é adotado. Ele é totalmente diferente de mim e sempre acaba metido em confusão. Quando olho para o lado o vejo subindo uma escada por cima do palco. Me levanto automaticamente e Ludmila vem atrás de mim. Enquanto isso, alguns alunos se preparam para levar as bandeiras e assim iniciar o momento cívico.

Thiago: - Eu vou matar esse peste!!!

Ludmila: - Qual é o problema?

Thiago: - Meu irmão é o problema. Sempre se mete em problemas.

Ludmila: - Espero que seu irmão não seja esse maluco na estrutura de iluminação. (falou olhando pra cima)

Suzana: - O que está acontecendo aqui?

Ludmila: - Ei patricinha como é que subimos na iluminação?

Suzana: - Ludmila?! O que vocês estão fazendo aqui?! Vocês estão malucos? Isso é uma sentença de morte. Quem é o maluco? Vamos ter outra morta? Nem trouxe o champanhe pra assistir. (olhando pra cima e sorrindo).

Ludmila: - Deixa de ser babaca e ajuda a gente. (pegando uma escada)

Suzana: - Ei Bruno... ei Nerd... ajudem a gente aqui.

Bruno e Kim: - O que aconteceu?

Suzana: - Preciso de homens fortes aqui.

Kim: - Eu sou menina.

Suzana: - Querido... em certo momentos todos somos. (batendo nas costas de Kim) – Agora vá ajudar.

Todos me ajudaram a segurar a escada... quer dizer... a tal Suzana ficou olhando. Juntei coragem e subi os degraus. Meu coração palpitava e eu pensava muito no Vitor. Se eu morresse será que ele sentiria a minha falta? Estava quase alcançando o desgraçado do Alex... quando...

Bruno: - A escada vai cair. Corram. (se jogando no chão)

Todos: AAAAAHHHHHHHHHHHHHHH

A escada virou e bateu na cortina que aos poucos foi se despregando e caindo. Por sorte a minha queda suavizou devido aos tapetes emborrachados estendidos no chão. Todos os alunos ficaram assustados e alguns correram para fora do auditório.

A diretora Flora saiu de baixo da cortina gritando algo que não entendi muito bem. Consegui escapar e alguém segurou pela minha blusa.

Segurança: - Diretora foram esses bagunceiros.

Segurança 2: - Encontramos mais esse a aqui. (falou enquanto segurava Ludmila e Bruno)

Professora Narcisa: - Meu Deus! Kim... Suzana?

Suzana: - Diretora Flora... eu não fiz nada... sou inocente...

Segurança: - Temos tudo registrado nas câmeras de segurança.

Alex: - Ei maninho... quem diria?!! Você é o culpado da vez.

Thiago: - Como você desceu tão rápido? Eu... seu... (desviando do guarda e enforcando o Alex)

Bruno: - Me amarro numa briga.

Ludmila: - E olha que eles são irmãos. Ainda bem que sou filha única.

Kim: - Parece aquela briga entre David e Golias. Alguém vai se machucar feio.

Suzana: - Com essa roupa de brechó qualquer pessoa se machuca feio. (apontando pra mim) – Sério querido... comprou essa blusa onde? Na...

Diretora Flora: - Silêncio!!!!!!!!!!! Pra minha sala!!! Jááá!!!!!!!!!!!

É, Thiago. Pra quem queria um inicio de semestre tranquilo você até que conseguiu passar despercebido. Eu juro que quando chegar em casa eu mato o Alex. Ainda meti a Ludmila, Rosana, Bruno e a Kim nessa confusão. Que saco!!!!

Então Gostou? Publicarei a história todas as segundas-feiras, a noite. Qualquer coisa podemos manter contato pelo gmail: [email protected]


Este conto recebeu 0 estrelas
Estamos testando um novo formato de votação. O ranqueamento será feito não mais pela média, mas apenas pela soma das notas oferecidas. As notas também serão apenas de uma, duas ou três estrelas. Isso deve evitar que haja quedas repentinas do ranking por conta de ataques por alguém que queira manipular os resultados. Se tiverem dúvidas, .

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
31/01/2015 16:51:35
Ótimo!
19/08/2014 07:51:24
gostei
19/08/2014 04:33:38
Legal
19/08/2014 01:26:15
se continuar assim vai ser so riso, to dentro, manda mais

Online porn video at mobile phone


Contos erotico pastora ungindo culoirinha de 18 anos com a b***** raspadinha grelo arrepiadoexperimentei rola grossa e viciei..nem me preocupa mais ser chifrudo contoscontos eroticos comeu eu minha filha e sublinhacontos eróticos de i****** avô e avó f****** a b***** da netinha juntoscontos socando ate o talo na cunhadinha novinha super gostosatvbucetanovinhopornô marido broxa uma mulher dá para Oigta mulher anda pelada e fala voce enfia seu pinto na minha bucetaGol contos eróticos Prima com primo gordinha gostosazofila cavalo enche cu da mulher de porra ate escorrer -youtube.comcontos eroticos de como aprendi dar o cux vodios popas e bosrtonaxvideo casadinha fica louquinha com eletrecista dotadowww.xvideos- gaysinho gosta de chupar seu peniz comprido e mole chupa para passar o tempo chupando seu penis igual um bambu gigante.comxvidiosexopornocomo q estourar as bolinhas sexchop sexuais na relacao sexoContos eroticos a neta da vizinhaler conto erotico de padre reaismeu primo tirou minha cueca e cheirou minha rolavideo caseiro crossdresser atende entregador de calcinhaencoxando ombros e mãos das gostosas e gulosas xvideos filmes antigo com mulatas fujonascontos eroticos corno bebado esposa com fogo no rabo amigo roludofoto.de garotas tomando sol de costas de biquinis deitadasde cabelos castanhoscontos meu filho veio morar comigo e no banho vi seu mega rolao eu queriaXvideo porno estrupo dormino abusada boanoitesinderelaquero um filme pornô pai comendo a filha bem gostosa e ela de calcinha fio-dental e mini sainha enfocando dele e gritandocontos eiroticos leilapornXvideos Lesbicas misturando com travesseiro x video com a intiada q lava prato sozinha en casa e o pradasto chega e da en cima delatransando com o cachorro contofùdendo minha irmã gostosaContos recentes eroticos de irmão comendo irmansimhaContos de sexo anal coloquei so a cabecinhaloirinha de shortinho deitada na cama esnobamdo namorado e dando pra outro xvideosfotos de gordas gostosas de cho tinhos amostran do abocetasempre gostei de arretar os homens desde novinha contoscontoerotico namorada e mae putas do tio jorgevai novinhas so grelao shortinho enterrado na bucetasexo deixando mae com bunda doendo contovontade dechuar bucetacd_patryziaai.minha.bocetamusica.fode.a.minha.boceta.fodecontos eroticos meninas de vinte tres anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinhos vermelhonovinho filho contoerotico cnnxividio vo come o cu dela dormindonovinha lindas de chortinho curtinho com cachorro metendo muitocomendo o primo a foçaxvideoshomen tirando cabaço da novinhs fazendo escandalonao aguentou e gozou na mao da doutora xxvideosnora provoca sogro contosvideos de sexo enchendo de porra esperma semem dentro da buceta jovem gozando dentroconto incesto sempre que vejp minha irmã fico de pau duro e ela cheia de tezaoVideo porno com mulheres metendo e sussurado palavrao no ouvido do machocontos eróticos meninas de 26 anos transando com cachorro calcinha femininas com lacinhos Pretomiga ssafaada chupo minha bucetacontos eiroticos leilaporncontos ageplaycontos erotico gay corno participandoskype:bruninha_zinha_zsexo caseiro jardineiro comendo cu da tianegao dotado tirando sangue dem doo cu do amigo sexisvido sobria tia tiuvideo de vanessinha do primeiro de maio batendo siriricaCachorro cumedor video zofilia pageSexo Negao fudeno com 45 cetimetro rola a novinha caga na varashot apertado rola grossa se destacaxvideo novinha foi nacass do tio emeu sogro meu donoFudeno a buceta da filha no mato escodido pro pai pono caseirorapasjovem pao grande groso gozandovergonhapai comendo.as filhastodos pornô gay e heteros tentaçao sacanagens gays pornô entre homem xvideosdoce nanda parte IV contos eroticosXvideos Lesbicas misturando com travesseiro tirado avingendade com negao safadesa sexovídeo porno gay sensualismo mundobicha.comcontos eroticos gordinha foi provocar macho se deu mao ele com baita dum pau socou na buceta dela ela chorava ai minha bucetinhaXvideos zuzukinhanão tive culpa meu marido me deixou sozinha com o marceneiro e ele pegou o meu cuzinho contos exóticosContos e relatos incesto 12anod minha vó me ensinou a gostar de cu e buceta pirocudiconto erótico assim nasce uma travestilipesonhador casa dos contos gayconto erotico pegando fogo de tesao insaceavel queria fuder com quaquer um tesao ejagerado demais pegando