Tito: o cachorrinho da vovó

Um conto erótico de safadolitoral
Categoria: Zoofilia
Data: 10/12/2014 20:13:30
Última revisão: 10/12/2014 20:35:48
Nota 9.25

Olá a todos. Este é o meu primeiro conto. Espero que gostem.

Dos meus 12 aos 21 anos, minha avó decidiu adotar um cachorro para fazer companhia para meu vô, que tinha o costume de estar sempre em casa.

Me chamo Paulo, sou moreno, de olhos e cabelos castanhos, com bundão, coxas grossas e definididas devido a prática de esportes e ritimo de pré adolescente (naquela época ainda brincava muito na rua!), do tipo normal, sem exageros.

1,75m de altura, 78kg...

Tito era um cão de raça mista (pincher com fox paulistinha), com pêlo preto e escuro, corpo baixo e lembrava muito um bassê (salsicha).

Muito carinhoso e atencioso, sempre mimado pela minha avó.

Era bastante agressivo com outros cães e só se dava bem com o cachorro que tinha em casa, o Floco, uma mistura de poodle com vira lata.

Com toda essa mimação, a gente começou a perceber que Tito era meio "estranho", e três fatos ajudaram a gente a perceber a visível homossexualidade do pet:

1) Tito não se dava bem com cadelas. Qualquer cachorra que aparecia no quintal da vó ele botava pra correr e nem se dava ao luxo de cheirar a cachorra.

2) Tito adorava floco. Quando floco voltava da rua, fazia questão de cheirar e lamber o saco e o pinto de Floco. E nem queria cheirar o cu do meu cachorro; e

3) Tito tinha um vício de ficar cheirando o saco do meu avô enquanto recebia carinho do velho. Essa cheiração era tão constante que até incomodava quem via. Meu vô pra disfarçar enxotava o bicho. E nada me tirava da cabeça que meu avô alimentava isso quando estavam na intimidade.

Depois de tempos de tiração com o bichano, cachorro viado pra cá, cachorro gay pra lá, a gente percebeu que Tito não teve a oportunidade de transar com uma cachorra, ou seja, perder a virgindade.

Sabendo disso, no auge da adolescência, com cerca de 15 anos, comecei a provocar o cachorro. Tava sempre sondando ele durante as minhas visitas na casa da vovó. Sempre que podia passava a mão bem de leve na bola e no pinto dele. E isso deixava ele excitado muito rápido. Quando não, passava os dedos do pé pelo saco e cu dele. Ele adorava e não saia de lá, adorando o carinho.

Com a frequência do carinho, tive o desejo de dar o rabo pra aquele cachorro baixinho.

Passei a ir à casa da minha avó de noitinha, quase madrugada pra importunar o cachorro. Ele ficava apreensivo e queria escapar. Eu não deixava. Acalmava e excitava ele.

Devagarzinho conquistava a confiança e ele ia se soltando e deixando eu sarrar ele. Mexia no seu pinto comprido - que tesão - e duro como pedra. Deitava ele lambia a cabeça do pau do Tito. Ele gemia baixinho e dava a entender que gostava. Quando parava até fazia cara de quero mais.

Depois disso descobri que podia ir mais além.

Dia após dia fui tomando coragem de me masturbar com ele. Esfregava o pau na cara dele e ele se fazia de rogado. E nada dele me cheirar igual a como ele fazia com o saco do meu avô.

Tive coragem de um dia deixar ele excitado (não tinha conseguido o fazer gozar ainda, só ficava provocando) e estava com um shortinho bem folgado e estava sem cueca. Com o pau duro, fiquei pelado na frente dele. E tentei fazer ele me comer.

Ficava de quatro e colocava ele pra me comer. Ele tinha percebido e começou a meter. Só metia no ar porque a altura não dava conta pra ele.

Mesmo assim eu tava curtindo e ele esfregava a ponta do pau dele no meu cu. Isso me deixou louco e eu fui me abaixando mais ainda. Até que ele ficou mais a vontade de começou a bombar mais.

Fui cuspindo na mão e melando o meu cu e fui direcionando na porta do meu cu. Até que o safado acertou. Fui sentindo o pau dele entrar e sentir uma dor enorme. Era a parte grossa do pau dele que me penetrou. Consegui não gritar e estava satisfeito. Ele começou a bombar em mim e tava muito gostoso. O atrito da parte grossa do pau dele engatado no meu cu me deixava louco. Meu esfíncter dilatava e contraia deixando ele louco... Ele ficou cansado e ficou parado. Como estava quase gozando, decidi acelerar a gozada dele. Melei minha mão com cuspe e fui esfregando e acariciando as bolas dele bem devagarzinho... Não demorou pra eu gozar sentindo o atrito dos pêlos do pinto e do saco dele no meu saco. Que sensação gostosa! Quando meu cu começou a morder o pinto do Tito eu percebi que ele começou a gozar dentro de mim. Que gostoso sentir o leitinho quente do cachorro viado me invadindo. Ele tremia de tesão e eu estava ficando exausto.

Que tesão da porra!

Quando acabamos de gozar percebi que o pau dele tava grudado em mim. Não saía nem com a porra.

Com a dor nos joelhos e começando a sentir o desconforto do chão duro, Comecei a forçar Tito pra sair de dentro de mim.

Doeu demais arrancar ele de mim. Quando finalmente consegui arrancar o filho da puta começa a latir alto. Um latido de dor. Com medo que isso fosse chamar atenção, ralhei com o cão e enxotei-o. Meu cu ardia demais. Fui com o que sobrou de mim pra casa e corri pro banho.

Ainda deu pra bater mais punheta pensando no cachorro...

A reação dele, dai em diante mudou. Conto o que mais aconteceu no segundo e conto final.

Comentem por favor! As criticas me ajudam a melhorar a escrita! :D


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive vncontoseroticos a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
20/12/2014 18:18:09
Add meu zap delicia
12/12/2014 19:03:47
Legal
10/12/2014 21:54:06
interessante
:T
10/12/2014 20:54:54
Adorei, gostei mesmo

Online porn video at mobile phone


sogra da cu p genro p nao engravida delevidio porno piqueno conhadadiarista porta aberta pau duro contosurfistão transando na praia pornôcontos eiroticos leilapornkomendo kuvirgensxvideos essa mulher fezes 32 homens de trouxamulher dano cuzinho de fildental a toladowww.xvideos.com/negao rasgando a esposa do fornoeu confesso puta quer casa cornocontos eroticos sentei com meu cuzao no pau deletio negro de 40cm de pau no cu da intiadaver vidio padrasto da pica muito loga comendo a itiada virger o pau entrou de veis ela desmaiounada brincando com o pau do cunhado excluída do marido pornôpatrao do pao gigante fode estagiario mundobichaxxvideo porno putaria sem vergonha de incesto madrasta dos 50 com enteado jovem gostoso, metendo fundo até gozar na vaginafilmes pormo irmar prima irmor bracilerodando um chupao na sua amiga a forsa lisbico pornovovo mais de oitenta anos brasileiras cagando i peidandomeu cu é todinho teucomtos comi minha professoracoroa eela aguentou tudo 23ela so goza cagando e gritandoConto crente siririqueiragosto de tomar leite de homemclarinhasafadinhaorra meu quero baixar vídeo de pornô de mulher dormindoporno grats novinha beijando e sendo encochada con permiçao do cornorebentei a buceta da minha sogra gordinha e loira no banhieirogravei escondido dizendo vou gozar aiela conseguiu agasalhar uma rola de 30 cm e grossa na xanacasadoscontosfilhaconto fodi minha professorasazssogra conta em conto erótico como bateu uma punheta no genro de pau grande e grossocontos corno grupalcontoseroticos/comadre rabudamulher tomando banho encabulando a bucetachupando a b***** dela e ela chupando meu pau até nós gozarmos juntosmorena jambo fio dental de brucos na cqmacontos eroticos casadinha inexperiente seduzidaporno abordado da égua rapazxvide garoto cebra a fimose comeno buseta Xvideos pau com veias azuladascontos eroticos ajudei vizinha idosa e ela pagou cim boquetecontobm erótico de incestoConto veridico de tio e sobrinhaver video de porno brasileiro pedrero peludao suado comendo a patroua safadacumeno a safada do bundaoxvideo do cunhado pecado a cunhadinha a fosa e pede pra nao goza dretronovinha branqinha que nem papel do bucetaonao saio de casa e um plugno cuzinhoconto erotico crossdress na academiavedeo de flha de shortinho no talo andando de bicicleta e pai.de pau duroxvideo nigro xxxvvnmtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1minhas calcinhas conto eroticovaretao gg goza dentro novinhoshorts jean adoro usar fio dental afeminado contosPage coletanea de video coroas masturbando gozando escorrendo melzinho galaxvideo gozeiiiiiiii amo que deliciaxx vedeos enpregada dando pro prataosarrano na porta da xoxota xvodioskid bengala com meno abuçeta de brazileriaporno sarando na coroa na frente do corno no oniboscontos eiroticos leilapornvideo porno chamei meu genro para mim ajudar e dei para eleContos eróticos gay brincando de esconde esconde no sítio do tiu e deuvideos reais p baixar coxudas de saia descuidadas realContos sobre beijos e podolatriaXVídeos cara estrupando A Sementinhapornô com a mulher da casa com Buchecha fofinhaxxx minha tia quer transar eu amostrei meu pau e ela disse que nao ia aquentarcontos eroticos. na sezala com as escravasloira puta vaz cachorro gosar cinco vesezpornos filmes dos xpartacuslavandeiro de roupa com short curtinho XVídeoscontos chupando a buceta da janaracontos de sexo depilando a sogra