Os pés da minha vizinha

Um conto erótico de videofeet
Categoria: Heterossexual
Data: 28/03/2015 00:06:08
Nota -

Olá o que vou vos contar, aconteceu-me hoje de tarde e eu ainda nem acredito bem o que se passou...

Para proteção de identidade, os nomes que vou usar serão falsos, de resto tudo é verdadeiro (e ainda bem ehehehe)

Ah sou português, mas espero que todos entendam as minhas expressôes :)

Eu tenho 24 anos e me chamo Bernardo e ainda vivo com os meus pais, o meu pai é o administrador do prédio e é ele, que resolve a maior parte do problemas, as pessoas até customam dizer na brincadeira que ele é o dono do prédio ehehe.

A nossa vizinha de cima chama-se Lina (relembrar nome falso) e tem 32/33 anos (não sei ao certo) é mãe solteira dum míudo de 13 (soube hoje, sempre pensei que o míudo só tivesse 8 ou 9 anos) ela tem uma cara bonita, mas de corpo não é bonita não, tem 1.70m +- e deve pesar uns 90kg ela é bem gordinha, ela é mestiça, um bocadinho mais clara que a Rihanna para vocês terem a noçao da cor de pele dela. Então essa minha vizinha sempre que tem algum problema, vem falar com o meu pai, logo eu falo com ela, mas nada de muito intimo, só se tá tudo bem, como vai trabalho e isso.

Hoje de tarde, tava com minha avó em casa e o filho dela bate-me á porta de casa.

"olá, podes ir lá a casa a minha mãe tá com um problema no computador e precisa da tua ajuda" - perguntou-me ele

"ok bora lá, AVÓ VOU ALI AO ANDAR DE CIMA FALAR COM A LINA TÁ?" - gritei eu para a minha avó não se preocupar

Cheguei lá acima tava a minha vizinha sentada no sofá da sala com mais o filho de outro vizinho meu, assim que lá chego ela diz.

"Meninos vão para a casa do João para eu e o Bernardo resolvermos isto rapidamente" - diz ela com um ar sério

Os míudos foram embora e eu perguntei.

"Então qual é o problema do computador?"

"Ai Bernardo, o computador não tem problema nenhum, mas eu preciso de falar com alguém sobre uma coisa e tu como és assim mais novo, acho que me podes ajudar, mas por favor isto não sai daqui tá bem?" - diz me ela séria

"Claro Lina, tás á vontade eu não conto nada" - respondo eu sem muita noção do que se passa, porque eu nunca fui muito intimo com ela e pensei, pronto ela viu-me a fumar maconha vai dizer aos meus pais --'

"Nem sei como dizer isto.."

"Fala Lina eu não conto a ninguém."

"Vi o Jonas (nome do filho dela) a fazer uma coisa á bocado, que ainda tou em choque"

"Tão o míudo fez o quê? Tava a fumar, ou assim?"

"Não Bernardo, tu não vais acreditar, mas eu fui á mercearia e deixei o Jonas sozinho em casa, quando chego, ele tava no meu quarto a cheirar os meus ténis enquanto se tocava... Eu não lhe disse nada, mas fiquei em choque, porque não percebi, os meus ténis? Porquê?" diz me ela chocada

Obviamente eu fiquei meio sem reação, só pensei Ih temos podolatra em crescimento ehehe

Ela vê que eu fiquei calado e volta a falar.

"Bernardo sabes porque é que ele cheira os meus ténis?"

"É assim Lina, o teu filho parece-me que tem um fetiche por pés, não estranhes é muito comum e ele ainda é novo, logo ainda tá a descobrir a sua sexualidade..." - falei lhe antes de ser interrompido

"Fetiche por pés? Credo nunca niguém olhou pós meus pés, nem sabia que isso havia" - diz-me surpreendida

"Mas é comum acredita, ele simplesmente tá a começar a descobrir as coisas de que gosta"

Entretanto ela começou a tirar seus ténis e suas meias e me mostra uns pés até bonitinhos, bem mais bonitos do que pensei, tamanho 36 dedos pequenos todos em em escadinha bem bonitinhos, com isto eu comecei ficando com tesão, porque também já tava ficando com vontade de cheirar aqueles pezinhos ehehehe

"Olha os meus pés, não são nada de mais não como pode alguém gostar de pé?" - diz-me surpresa

"Ah teus pés até são girinhos" - digo-lhe eu, não querendo ser muito óbvio

"Olha lá tu tambem tens isso do fetiche de pé ou não?"

Eu fiquei vermelho na hora e entreguei-me logo --'

"Tens sim! Esse vermelho na cara já te entregou. Mas que você gosta de fazer com o pé? Porque é que meu filho gosta de pés?"

"Por favor não conta a ninguém tá? Eu gosto de pé desde pequeno, tal como o Jonas, e eu gosto de fazer massagem nos pés e dar uns beijinhos" - disse enquanto olhava para os pés dela atentamente

"Se quiser pode fazer massagem, bem que preciso passei a manhã toda passando a ferro, mas tem de me explicar porque é que meu filho estava cheirado meus ténis enquanto se tocava"

Assim que toquei naqueles pés macios, meu pau ficou a mil logo ehehe, comecei fazendo massagem e tentando sentir o cheiro dos pés, mas o que sentia era muito ao de leve, nada de mais.

"É assim, o teu filho tá a descobrir que gosta de pés e pensa que ele tá a cheirar teus sapatos e tá a ter uma reação que não percebe porque fica com tesão cheirando os sapatos da mãe, ele tá se sentido esquesito sabes, mesmo gostando do que tá fazendo."

"Tu cheiravas os sapatos da tua mãe?"

"Cheirei sim, muitas vezes e não te minto, bati umas punhetas quando tinha a idade do teu filho, cheirando os sapatos da minha mãe"

"Mas era o cheiro dos pés da tua mãe e no caso do Jonas é o cheiro dos meus pés que sou mãe dele."

"Mas Lina tens de perceber, que nós não tamos pensado que são os sapatos da nossa mãe, aliás eu cada vez que fazia isto, depois me dava uma sensação de revolta, porque não me conseguia controlar e acredita o Jonas deve tar a sentir o mesmo. Porque pensa, ele tá tendo tesão e se masturbando com sapatos da sua mãe, para um miudo de 13 anos isso é muito confuso."

"Então mas e que devo fazer, agora que sei isto? olha devo dizer a massagem tá boa mmm"

"Olha não faças nada de diferente e nunca lhe digas nada, porque ele se iria sentir envergonhado, se algum dia o vires a fazer outra vez ele a cheirar os teus sapatos e a masturbar-se, mais vale não lhe dizeres nada, porque pensa só o que é um miudo de 13 anos ser apanhado pela mãe a masturbar-se nos ténis dela?"

"Tou percebendo e achas que ele vai só cheirar meus sapatos ou vai tentar algo mais, como fazer massagem nos pés ou assim?"

"Olha te vou ser sincero, massagem não sei se vai tentar fazer, porque é assim, eu tenho 24 anos e não te vou mentir não, tou aqui com uma tesão louca por te estar a fazer massagem, agora imagina um míudo fazendo massagem nos pés da mãe, mais certo é vir-se nas cuecas e ele ia ficar muito envergonhado né? Mas ele pode fazer outras coisas, pode aproveitar quando você tiver dormindo e tentar cheirar seus pés."

"Como assim, você fazia isso?"

"Fiz uma vez ehehe tinha 15 anos, meu pai não dormiu em casa por causa de trabalho er verão e minha mãe quando isso acontecia dormia de porta aberta e luz acesa, esperei umas 2h de ela tar a dormir, fui lá ao quarto dela, tava ela a dormir destapada, baixei logo para cheirar os pés dela, comecei a cheirar e a tocar-me com a adrenalina e o cheiro dos pés da minha mãe nem 20 segundos me aguentei eheheh"

"AH e se o Jonas tentar cheirar os meus pés, quando eu tiver a dormir e eu acordar, que devo fazer?"

"Eu te sou sincero, ou continuas fingindo que tás a dormir e deixas o míudo fazer o que tá a fazer e não dizes nada, até porque acredita com a adrenalina de tar ali a cheirar os pés da própria mãe ele vem se rápido acredita, ou então continuas a fingir mas simplesmente mudas de posição e mudas os teus pés de posição, ele com o susto vai fugir, mas acredita se ele gostar de arriscar 5 min depois volta"

"Ai não sei o que fazer, é muita informação, é que eu nem nunca dei atenção para os meus pés, mas sou sincera Bernardo tou adorando a massagem."

"Se quiser te posso dar uns beijos nos pés, é só voce querer"

"Agora quero experimentar sim."

Levei os pés dela á minha cara e comecei dando uns beijos na sola e dps desci para o calcanhar, sempre dando beijinhos, ela ia dando alguns gemidos timidos, mostrando que tava gostando.

Depois tomei coragem e meti o dedão dela na minha boca e comecei chupando, sou honesto por pouco não me vim nas cuecas, logo ali. Ela abriu os olhos, mas logo de seguida os fechou e gemeu de prazer "MMM isso é muito gostoso mesmo mmm"

Nisto ela me pergunta.

"Bernardo seu pau, tá ali duro faz tempo e daqui a pouco seus pais tão chegando, tenho de tratar disso, como faço, uso as mãos, ou prefere a boca?"

"Lina calma, vou te ensinar outra coisa, se chama footjob"

"Que é isso me perguntou ela?"

Eu sem dizer nada puxei minhas calças para baixo e meu pai disparou que nem flecha cá para fora, eu não tenho um pau muito grande, mas ele tava bem rijo.

"Tudo isso por causa dos meus pés? Nunca pensei" diz me ela com vontade de atacar meu pau

Peguei novamente nos pés dela e meti meu pau no meio daqueles pezinhos 36 macios, eu no momento tremi por todo o lado.

"MMM tou percebendo o que é footjob acho, isto é muito bom, Bernardo hmmm"

Eu tava em loucura, ela começou movimentando seus pés pa cima e pa baixo e eu não vou mentir não, depois de umas 4/5 vezes avisei logo "Lina calma que eu vou gozar...."

Ela meteu um sorriso safado na cara e disse "então goza nos meus pés que eu quero ver seu tarado por pé"

Eu ouvi isso e não aguentei larguei uns 5 jatos de esperma nos pés dela, tava por todo o lado, dedos, peito do pé, tornozelo, solas por todo o lado.

"OHHH Lina, que loucura mmmm ainda tou zonzo, você me secou mmmm"

"Bernardo nunca pensei mmm isto é delicioso, gostei muito"

Ainda com as pernas a tremer fui buscar papel para lhe limpar os pés, que fiz assim que cheguei na sala onde ela estava.

"Bernardo nunca pensei, que te ia falar do Jonas cheirar meus sapatos e ia acabar te fazendo um footjob, isto foi muito bom, sempre que quiseres me fazer massagem podes vir cá a casa, meu querido."

Eu sou honesto meu pau deu logo sinal outra vez ehehehe.

Bem isso foi o que se passou hoje comigo e com minha vizinha se tiver mais alguma atualização, eu meto aqui.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
28/03/2015 19:35:34
sinistro parceiro rsrs,

Online porn video at mobile phone


so um pouquínho pornoruıva se mastu e goża muitocontos eroticos eu aprendi beijar com minha irmaxividio vo xorAvelhopintudocontosmulher novinha fode GeraldinhoSodomizando mãe e filha contosconto gay em cima de uma arvorewwwputarianazonaeu e minha mãe e minha irmã moramos sozinhos eu conversando com a minha mãe eu disse pra ela que eu ia tirar a virgindade da buceta da minha irmã minha mãe disse pra mim filho se você tirar a virgindade da buceta da sua irmã ninguém pode saber disso a noite eu entrei no quarto da minha irmã eu deitei na sua cama do seu lado eu dei um beijo na boca dela eu disse pra ela eu vou tirar sua virgindade da sua buceta eu disse pra ela que minha mãe já sabia que eu ia tirar sua virgindade da sua buceta minha irmã tirou seu babydool eu chupei seu peito eu disse pra ela sua buceta virgem raspadinha e linda eu comecei a chupar sua buceta virgem ela gozo na minha boca eu disse pra ela chupar meu pau ela chupou meu pau eu fui metendo meu pau na sua buceta virgem que sangro eu comecei a fuder sua buceta ela gozo conto eróticowww.xvideos trepando e asistindotv.comsites historias e contos eroticos de incesto mae amante do filho marido ausentecontos pornôs mulheres lindas super gostosas que seus maridos liberaram para dar para seus amigos que tem paus bem grandes maior do que os deles elas adorammarido pega mulher.trazando com oltrosexo esposa setorcendo sentada num pauzao www.xvideo gratis marido a seitou dinheiro ficou olhando esposar transameninas novinhas fazendo sexo xom coroas de 50 anos que são bem dotadosconto erotico escrava canil nuaCuidando das amiguinhas da minha irma contoscontos domestica me viu to cando pueta em familiacurra anal contosgozei na bucetinha da minha cunhadinha que ficou muito brabamau encostei a penis no cuzin dela ela ja se gozou todavidio porno filha da abuceta pro pae com mais 70anoscomo e a sensaçao de fazersexso pela primeira vezcontos meu genro tesudoyuri palzudocontei como foi minha noite com meu amigo para meu marido pornoChico não posta foto dela desce em pornô com As Panteras filme pornô com As Panteras 10contos eiroticos leilapornblogger comedorcasada gozando veja fotocavalonascontosvídeos pornô de mulheres se masturbando com a embreagem do carroconto erotico sexo bruto com 2homemcontos eroticos fiz chantage a minha mae e comi seu cusinho sem ela queterboyzinha comer na casa do vizinho rola rolaSexo com aprima no casamento da minha maexvideoMenina pede vigidade com cachorro conto eroticocontos eiroticos leilaporncomendo espósa .e entiada contos com fotosdei o cuzinho meladinho contosnovimhas sem pentelho.ma.bucetimha damdo pra un mendimgo o rabimhocontos eróticos gay ESCRAVO DO MACONHEIROporno vai fechar a janela fica prezarcontos eroticos gratis transformei minha esposa em uma putacontos eróticos comi a mulher do cracudocontos eiroticos leilapornlolitos lindos gay manhososxvideo as novnhia da buceta carnuda porno casa xeio de passarinhospastor roludo conto sexocontos eroticos meninas de doze anos transando com pai com calcinha preta com lacinhos rosaum homem totlmente nucontos prima novinha dando cuzinho de surpresahetero passivo conto realmeu sogro queria dupla penetracao com minha sogro veridicoconto gay o marrento do bairroQuando chego na loja meu patrão enfiou o plug no meu cuContos eroticos de mamae e filhas gulosas mamando nos pauzao grandao grossao dos cinco filhos numa suruba em casaxvideos.gutao dando obrabocontos vi meu sogro espiano minha filha lavano roupavideo gay negro dotado coneu rssgou cu viafo que contratou programa com negraogordinleitornegao pingou tesao de vaca na bebida das meninas e comeu as quatro irmans juntastirei sangue do c* da noiadaContos eroticos de sexo com genromegao pega mulheres casda a forsa econe abusetacontos gays de incesto cnn-maduro comendo menino afeminadoporque.menina.uza.shortinho.agarado.na.bumdamulher de corno evando gosada no cu pornodoidopornocontoincestosnovinha mostrando a buceta gozada com 10 picadinhos rabada bucetavídeos de pornô os tios do p********* e grosso tirando a virgindade das Sobrinhas quando mete o pau ela se caga todinha e se mijacontos eróticos cuzinho da mendiga