Flávio e a transformação de um corno parte 1

Um conto erótico de LimaCorno
Categoria: Heterossexual
Data: 08/12/2016 18:56:20
Nota 10.00

Préludio: Todos que leram meus contos já me conhecem, pros que não leram eu me apresento: Sou Lima um homem liberal que fez esta conta pra escrever as venturas que vivo com minha esposa Vanessa. Mas com tanto tempo no meio liberal, acabei ouvindo histórias incríveis e reais que não poderia deixar de dividí-las com vcs meus amigos.

A história que conto agora de Flávio e Mariana é completamente real. E é uma das surpresas que o mundo liberal nos traz. Convivi com Mariana, uma morena séria e excelente profissional por mais de três anos quando minha empresa mantinha contato com a que ela trabalhava e jamais perceberia a putinha que ela é até encontrá-los em uma boate de swing.

A história é muito interessante agradará todos que curtem o tema "corno manso". Flávio é uma dos maiores cornos que já vi. Curtam a história abaixo e comentem, pois eles vão acompanhar tudo.

Iniciação:

Minha noiva Mariana é a mulher que todos os homens sonham em casar. Alta, morena, magra, lindos seios grandes e bundinha empinada. Além de tudo, Mariana é secretaria de empresa e está sempre muito bem vestida com terninhos e roupas sociais. Vulgaridade passa longe dela. É uma mulher linda, porém muito sóbria. A personalidade da Mariana ajuda muito. Ela é uma mulher séria, muito séria, quase nunca sorri e nunca a vi dando uma gargalhada.

Por todas essas qualidades,Mariana é o sonho de todo homem, a mulher q nossas famílias querem ao nosso lado e nós tbém. Comecei a namorar a Mariana e um ano depois ficamos noivos. Só não casamos por eu estar ainda na faculdade de sistemas de informação e ela cursando administração. Então ficava complicado.

Nossa vida sexual era bem ativa, mariana era fogosa na cama, mas como toda mulher tinha algumas restrições, apesar de fazer um oral maravilhoso ela nunca deixava gozar na boca dela. Anal nós fazíamos, mas em ocasiões bem especiais. A gente Tinha um grande relacionamento.

O único problema é que eu sempre gostei de mulheres mais safadas, estilo putona mesmo. Tipo com tatuagens e etc... também achava o máximo aqueles casais liberais onde a mulher fazia sexo com outros. Eu sempre visitava sites e blogs sobre cornos e ménage. No site da casa de contos o tema “corno” sempre foi o meu preferido. Passava horas em frente ao pc lendo e vendo casais assim. Mas nunca nem cogitei em falar isso pra Mariana, até por toda sua seriedade. Eu tinha isso como uma fantasia sexual apenas...

Nós morávamos no interior do RJ, mas Mariana trabalhava na capital. Mas tudo mudou quando consegui um bom emprego em uma grande firma da capital. Tive que me mudar pra cidade maravilhosa e com o dinheiro aluguei um bom apartamento. Os finais de semana nós revezávamos, as vezes eu me deslocava para minha antiga cidade, as vezes ela vinha para o RJ ficar comigo.

Como Mariana já trabalhava na Capital, ficou mais fácil da gente se ver. As vezes ela dormia no meu apartamento. Com esse fato Mariana trouxe algumas coisas pra onde moro. Ela não trouxe muitas coisas, apenas roupas e um velho rack para computador, pois eu tenho um notebook, mas Mariana prefere computadores de mesa. O rack possuía três gavetas, e todas elas vieram cheias de tralhas que Mariana usava. Mas tudo muito tumultuado.

E foi aí que começou a parte que interessa a vcs. Hoje em dia ninguém usa mais câmera digital, pois todo mundo tira fotos com celular. Só que eu precisava de uma fazer um trabalho especifico e precisava de uma. Pensei em comprar quando me lembrei que Mariana possuía uma dessas em algumas daquelas gavetas do rack do computador.

Cheguei em casa, peguei a câmera, deixei carregando e fui ver o que tinha de foto pra liberar espaço pra eu poder trabalhar. Foi quando abri a câmera e vi fotos que me tiraram do chão. Mariana trepava com um rapaz de pau grosso, e nas fotos ele fazia de tudo com ela. A vagabunda além de dar o cu ainda deixou ele gozar na boca e rosto dela, coisa que eu nunca pude fazer. Fiquei muito puto, minha pressão deve ter ido nas alturas. Fiquei furioso aguardando ela chegar, sinceramente pensei até em fazer uma besteira.

Mariana chegou, séria como sempre e eu fui logo mostrando as fotos pra ela e falando que ela não poderia ter feito aquilo comigo que eu merecia mais respeito. Tentei me controlar pra não ofendê-la, ou mesmo enfiar a mão na cara dela. Mas ela ouviu tudo que eu falei com o semblante sério de sempre e no final falou:

-Vc quer falar de respeito? Vamos falar de respeito! Fique sabendo que vc me levou fazer isso.

-Eu?,vc me chifra e a culpa é minha?

-É sim – Disse ela – Vamos falar de todos os sites e blogs de corno manso que vc visita quase sempre. Ou vc pensa que eu nunca olhei o histórico de seu notebook?? OLHE AQUI “CORNO BI E SUBMISSO”, “SONHO DE MANSO”, “CORNO SUBMISSO”, “CORNO FIELL”, “CORNO & MANSO”são alguns dos inúmeros sites que vc visita querido.

-Mas isso aí é fantasia, fantasia é uma coisa, realidade é outra sua piranha!

Não queria levar a discussão pra baixaria, mas depois daquilo a briga ficou feia, com acusações de vagabunda de um lado e ee corno frouxo do outro.

Mariana bateu e porta e foi embora. Não dormi bem a noite, mas pra mim estava tudo acabado entre nós. Achei q ela fosse buscar suas coisas enquanto eu não estive lá, mas não foi o que ocorreu, mariana sumiu por uns 8 dias, eu também não procurei por ela, ate que um dia, saindo do trabalho ela estava me esperando. Ela me disse:

-Acho que precisamos conversar....

-Pela primeira vez vi minha noiva com um semblante triste. A seriedade típica do seu rosto havia sumido. Fomos pra minha casa e ela falou:

-Olha querido, eu sei que errei, não tiro uma parcela de culpa sua, mas a maior errada sou eu, e de cabeça fria eu reconheço isso. Eu saí com este rapaz das fotos que trabalha na firma comigo uma vez e sai com outros por mais três vezes. Estou te contando porque acho que vc merece a verdade. Dito isso vc sabe que eu sou bem prática e nós temos agora duas opções:

Vc me perdoa, eu nunca mais te traio novamente e nem vc fica na net vendo putarias, ou vc não me perdoa e cada um segue seu rumo. Particularmente acho que temos uma relação muito bonita pra acabar assim, mas é vc quem resolve.

Porém, se vc me perdoar, saiba que é realmente pra seguirmos em frente e não vc ficar me jogando isso na cara toda briga que tivermos.

Pensei um pouco e resolvi perdoar. Mariana sempre foi muito sincera em relação a tudo, se ela disse que não me trairia mais eu acreditaria e fim de papo. Claro que as coisas não voltaram ao norma de imediato, mas aos poucos a tensão foi passando e voltamos a nossa rotina. Porém, quando eu ficava sozinho, sempre procurava as fotos dela pra ver e tocar uma punhetinha.

Eu ficava com raiva de mim mesmo por fazer e depois q eu gozava, sempre prometia não fazer mais mas não tinha jeito, volta e meia me pegava olhando aquelas fotos e tocando punheta.

Aquilo foi me consumindo e me angustiando, ao ponto de seis meses depois eu começar e ficar nervoso e agitado com esta situação. Mariana é logico que percebeue começou a me perguntar o que estava acontecendo. Eu mentia dizendo que eramproblemas do trabalho. Certo dia eu fiquei sufocado com tudo e me abri com ela:

-Amor, eu tenho q te contar uma coisa que está me consumindo. Eu sempre fico olhando as fotos suas com aquele cara e me masturbando. Fico com tesão em ver, mas depois fico com raiva de mim. Será que estou querendo ser corno de verdade?

-Olha Flávio, desde aquela nossa briga eu assumi meu erro e nunca mais te desrespeitei. Mas estaria mentindo se dissesse pra vc que também não sinto falta de minhas aventuras. Por isso, mais uma vez eu coloco a decisão em suas mãos: se vc quiser ser meu corninho de novo, eu vou fazer tudo que vc sempre gostou, afinal vi os blogs e sites que vc frequenta e sei dos seus gostos. Mas só faço se vc quiser.

Agora, se vc aceitar vai ter que ser do meu jeito, sem perguntas, apenas obedecendo o que eu disser. O que me diz?

-Pedi um tempo pra pensar, mas no fundo nós dois sabíamos que eu queria ser corno dela novamente. No dia seguinte conversei com Mariana e disse que queria ser seu corninho. Ela deu um leve sorriso e disse apenas “me aguarde”.

Já tinha passado alguns dias que eu tinha concordado em ser manso, mas Mariana não se manifestava de nenhuma maneira a respeito. Todas as vezes que eu tentava perguntar algo sempre tinha a mesma resposta “Vc concordou que vai ser do meu jeito então espere”.

Passado uns 10 dias, era uma sexta feira e Mariana me ligou dizendo que atrasaria pois seria dia de reunião mensal e falou pra eu pedir uma pizza. Realmente as reuniões mensais eram demoradas. Pedi uma pizza pré-assada e fiquei vendo TV esperando minha noiva.

Eram quase 10 horas quando Mariana chegou. Estava vestida com seu visual de secretária mesmo, ou seja: blusa branca de botões, blazer cinza escuro, uma saia cinza escuro até pra baixo dos joelhos combinando com o blaser, meias pretas e sapato preto de salto. Ela entrou, pegou pela minha mão e me levou até o quarto. Levantou a saia até a cintura, sentou na beirada da cama mostrando sua calcinha preta pequena e falou:

-Amor, vem me chupar gostoso!

-Eu imediatamente fui pra cima de minha noiva, me agachei e quando coloquei sua minúscula calcinha pro lado, percebi sua xotinha vermelha com um liquido branco escorrendo e molhando toda sua peça intima. Ali eu entendi que ela tinha transado com alguém. Olhei pra cima e ela só deu um sorriso safado e empurrou minha cabeça de encontro a sua bucetinha. Comecei a chupar aquela buceta gozada com um tesão incrível, Mariana gemia e me dizia:

-Chupa amor, chupa gostoso minha bucetinha usada e toca uma punhetinha que eu quero ver vc gozar no chão só me chupando. Hoje é só assim que vc vai gozar.

-Eu, sem parar de chupar, tirei meu shorts e comecei a tocar uma punheta enquanto fazia a limpeza. Pra mim aquilo tudo era surreal, pois trazia a tona minhas fantasias mais obscuras. Eu nem acreditava que estava passando por aquilo, ainda mais com a minha noiva super séria e de família.

Lambi tudo, deixando ela bem limpinha e acabei gozando no chão. Mariana terminou de tirar a calcinha, jogou no meu rosto e me mandou assar a pizza pra comermos. Eu tentei perguntar como tinha sido mas ela disse que naquela noite não me falaria nada, apenas no dia seguinte.

Por fim, tomamos um gostoso banho aos beijos e fomos dormir abraçadinhos

Continua...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
22/02/2019 18:02:00
Top! Delícia de história!
Lx-
24/05/2018 18:07:54
Muito excitante! Também adoro ser corno manso mas sei que às vezes bate uns ciúmes, que faz parte do prazer também. Relato muito bem escrito. Leia os meus, onde conto as aventuras de minha esposinha asiática.
31/05/2017 21:05:47
Minha esposa descobriu minhas taras vendo meu computador também.....
28/05/2017 04:18:32
Um início envolvente, Lima. Narrativa espetacular, onde retrata bem a situação do Flávio. O dilema de todo corno que consente. Por um lado certo ciúme e de outro, a excitação em vê-la dando para outro. Drama que já vivi e sei bem a sensação. Achei sacanagem a Mariana fazer sem ele assistir. Vou ter que ir correndo ler o próximo para saber como foi. Nota máxima até aqui. Abs.
05/03/2017 08:02:17
Muito bom!
27/02/2017 13:12:19
Perfeito!!!
26/12/2016 19:07:43
amigos quem quiser participar do grupo no whats manda msg
10/12/2016 16:47:22
Show. Super erotico e excitante. Só não acho legal o cara bater punheta qua do tem uma xoxota a mão
09/12/2016 10:48:51
bom relato !!!!!! ser feliz é ok importa !!!! parabems ao casal, tenho 45 anos sou da região da zona sul de sp gostaria de uma oportunidade para uma amisade e se possivel uma brincada me add que passo o zaap nota 10 pelo relato
09/12/2016 10:42:30
Sensacional, parabéns!Aconteceu exatamente comigo, só que a minha esposa não me deu essa felicidade de ser corno!
09/12/2016 06:09:25
Delicia! Adoraria estar no teu lugar.
08/12/2016 23:41:08
Flávio e Mariana, Morador do Rio, Loiro, 46 anos, solteiro, cabelos grisalhos,olhos verdes, 1,79m, 75kg, sem barba ou bigode, quase sem pêlos, bem-dotado (20x7cm,depilado). Saio com casais há uns 15 anos e adoro ser um amigo especial de um casal. Neste tempo, já iniciei muitos casais assim como também já fui fixo de casais. Posso viajar e adoro estar com um casal nos finais de semana. Meu e-mail é Meu Skype é marcodotadospreal (Nickname Marco Single CRS Dotado), Vamos conversar?

Online porn video at mobile phone


contos eroticos viajei com meu genro e fiz boquete a viajem todaTia Selma o sobrinho já com rabo de fora vídeosconto porno cunhada ivoneteconto erótico sequestro em carceremulhe com ceceta ano fazeno sexoPijamar levo a picaxvideosgozada acidental buceta assustada bravaBusetinha lizinhaCerto ou errado?meu irmao amado contos gays cap.07Porca reprodutoras buceta crandeMeninas novinha engatada com cachorro e gosando gostoso em zofilia contos cunhado comendo sua cunhada gostosa de calcinha fio-dental e bigodinho da periquitaboa foda mastubando com coisasdiferenteafilhado fazendo bandeja e gozar de tesãocontos erotico gay com meu afilhadovideo viuva custou a dar a bucetaPrima bucetuda decolamnegao bagaca branquinho xxvideosvideos porno homem brexa vizinha fudendo e depois fode ela pornodoidosinto latejacoes embaixo do sacoxvidesnegao regassano novinha lindavídeo de sexo de Osasco heloisa dando o cu para doisirmã mais velha obriga seu irmão caçula a gosar na boca delatravestis dominadora fez homem casado virar mulherzinhapornodoido cunhadacaidepilaçãofudendominhavo rebolo gistoso xvideoscontos erótico evangélica novinhaConto erotico traçando a tia lucia parte finalXVídeos sobrinho comendo assistir Superboycontoerotico eu namorada mae e tioContos eróticos sobre marido militar e sua esposa na lua de melxoxotas em perigo cabaçomeu dog gigante tirou meu cabaco chorei doeu mas contomeninas que amolece as pernas quando o pau entra na bucetinha delasvídeo pornô zoofilia bundudo comendo a cachorrinha bem pequenininhaConto.erotico sogra tatoadaxvideo.com.entrocadinhamae dano a buceta para o finho sem. trapaiasaolindas nalvinhas 1000fotosmaior sacanagem no loveontopcontos eroticos-obreiro pegando a crente novinhacasa dos contos tema scarshinichi pegando nós seioscontos tonando as menininhasmulenapicapornoirado.com / casada gritou na rola monstroconto enrabei minha neta de novi ano na marravidio de sexo com compadre sedusindo comadre ate foderela gosta q catuca degavar o grelinho delaxvideos gay fui estuprado por que nao paguei as drogascontos feminizacao gay chantagemgostosinha dos quadris largos e grandes nadegas volumosasvideo pic esconde pelados meninas e meninosSobrinhas safadas relatos atuaisas cunhanda dodo pro cunhandovideo amador gozando dentro gratisgoza corno na pungeta que vou gozar nesta rolonacontos eróticos com professorasMulheres casadas e recatadas. Contos eroticos.filha minha femea contoxvidios os dias era asimcontos minha esposa e seu ginecologistacontoerotico eu namorada mae e tiotextos mulheres e meninas. viadinho estrupadas dulpa penetracao gozada boquinhacache:http://zdorovsreda.ru/Vai vai no cu conto incestocontoerotico eu namorada mae e tiofis sexo com a filha da vizinha com dez anos ela ja bem putinha contos eroticosOlhando a menina de causinha xsvidioXVídeos coletânea de mulher sendo agarrada no serviçodeposito de porra molecadaconto erotico entrevistanobinha amarrada e punida sua buceta ate gozar lapada na bucetair:ma virge fudendo com irmao do piru gigamteboafodasanguever videos de travestis dotadas acariciando o penis dentro da roupaxvideos morritoevídeo porno mulher casada motel Velho deixargozar dentroguloza pede pra goza nabucertacontos eroticos de mullheres que aman barbearia