TENTEI SER NORMAL, MAS SOU MESMO É PUTA!

Um conto erótico de dessa16
Categoria: Heterossexual
Data: 22/04/2017 00:23:05
Nota 9.89

Oi pessoal, meu nome é Júlia, tenho 32 anos, 1,65m e um corpo bem bacana, que os homens sempre elogiam... Peitos grandes e uma bunda empinada e durinha, que conquistei com horas de agachamento na academia... Além disso, sou loira natural e tenho a buceta bem rosadinha e depiladinha.

Mas minha história tem inicio alguns anos atrás... Sou nascida no interior do estado e vim para a capital fazer faculdade de arquitetura... Cheguei muito jovem e inexperiente no alto dos meus 18 aninhos... Logo fui introduzida ao mundo de safadezas do pessoal da facul... Eu não era virgem quando vim para cá, mas pouco experiente... Não demorou 1 ano que estava na cidade e morando numa casa de estudantes para eu gamar numa pica... No caso, na pica do Luiz, um cara mais velho de 28 anos que estava prestes a se formar na faculdade de administração... Nos conhecemos numa festa da faculdade e ficamos... Nesse dia ele me levou pra casa dele e me comeu muito gostoso... Continuamos a nos encontrar e ele foi cada vez ficando mais safado comigo, no incio tava uma delicia... Ele me arrombava a pepeca... Depois tirou a virgindade do meu cuzinho... Daí pra diante ele foi ficando mais agressivo e me humilhava... Batia muito na minha bunda durante o sexo... Fazia eu dar pra uns amigos dele numas orgias que ele organizava na casa dele... Sempre eu sendo o prato principal... Eu admito que gostava de ser submissa no sexo, mas as coisas começaram a sair de controle... Eu perdia aulas e estava caindo o rendimento na faculdade... Então depois de um ano assim... Eu tomei coragem e consegui me afastar... Nós nunca chegamos a oficializar o namoro... Mas ele era meu dono. Pra dar um basta tive que trocar o telefone, trancar a faculdade e passar um semestre inteiro no interior... Depois desse tempo voltei pra faculdade e nunca mais ouvi falar dele.

Hoje em dia já com meus 32 anos, sou uma arquiteta de sucesso e sou casada a 4 anos com o Jorge, que é um homem maravilhoso e que amo muito... Ele tem 35 anos é Economista. Nos damos muito bem na cama... Porém como todo casal... Com o passar do tempo já não fazemos sexo tão frequentemente. A alguns meses o Jorge trocou de emprego, pois recebeu uma proposta de trabalho mais vantajosa na financeira que ele agora trabalha... Logo ele adaptou-se e fez amizades, ele realmente estava muito feliz com o novo emprego. No fim do ano a financeira tem a tradição de dar um festão de gala... Seria numa cidade mais afastada da capital em um antigo castelo, ou seja, ia ser muito chique com um salão enorme. Eu como era a primeira festa que íamos não queria fazer feio... Comprei um vestido deslumbrante... Vermelho de veludo a parte de cima era um tomara que caia, que realçava meus belos seios e tinha uma fenda enorme que deixava minhas pernas bem torneadas bem amostra... No dia resolvi ir sem lingerie pra não marcar o vestido e coloquei um salto alto bem brilhante... Quando chegamos a festa todos que estavam presentes me olharam, homens e mulheres, fiquei excitadíssima com meu sucesso. O Jorge me acha linda e adora me ver vestida assim... Fomos entrando e o Jorge ia cumprimentado todos e me apresentado como sua bela esposa... Até que nos aproximamos de um homem que estava de costas e ele foi me falando enquanto nos aproximávamos que aquele era o cara que ele se dava melhor na empresa e estavam muito amigos e não via a hora de me apresentar a ele... Fiquei feliz que ia conhecer o melhor amigo do meu marido... Nos aproximamos e ele disse pro homem “Oi Luiz, queria te apresentar minha bela esposa Júlia”... Quando o homem vira-se era o “meu” Luiz... Aquele que me tratava como uma vadia... Que me humilhava... Que fez gato e sapato de mim... Fiquei paralisada e me tremia por dentro... Mas confesso que passou um filme na minha cabeça de tudo que passei nas mãos dele e fiquei com um pouco de tesão e medo, me deu até um calor na xoxota... O Luiz vendo que eu estava sem reação, tratou de fingir que não me conhecia e me abraçou e cumprimentou “Olá Júlia, é um prazer te conhecer” falou em tom que o Jorge escutasse e ao me abraçar falou baixinho no meu ouvido “Bom te ver, minha cadelinha!”. Eu também tentei disfarçar pro Jorge não perceber nada e respondi que era ótimo conhecê-lo também... Sentamos a mesa para jantar e o Luiz ficou conosco na mesa, já que estava sem acompanhante... A mesa era grande e redonda... Sentamos eu e o Jorge... O safado do Luiz sentou-se ao meu lado e ainda disse pro Jorge “Vc não se importa se eu sentar ao lado da sua bela esposa né?!” e o Jorge respondeu que claro que não e que até ficava feliz, pois gostaria que fizéssemos amizade também... Eu fiquei um pouco nervosa, pois sabia que aquele homem, agora com mais de 40 anos, era um louco que tinha poder sobre minha xoxota... Ele inicialmente conversava comigo e com o Jorge juntos... Me fazia perguntas da minha vida... E assim como estávamos em “público” fui revelando tudo que ele gostaria de saber... Não demorou muito e senti a perna dele roçando na minha... Depois ele levou a mão a minha coxa pela fenda do vestido... E eu disfarçava como se nada estivesse acontecendo... Mas queria xingá-lo e não podia... Ele conversava com O Jorge com a mão na minha coxa, era muita cara de pau... Até que ele resolveu ir até minha bucetinha e percebeu que eu estava sem calcinha... Notei o sorriso que ele abriu de satisfação... Começou a bolinar meu grelinho... Eu não resisti e fiquei excitada, mas mesmo assim levei minha mão ao braço dele e tentei força-lo a tirar ela de lá... Mas ele resistiu e como não podia faser nenhum movimento bruco por causa do meu marido ao lado... Tive que desistir... Minha xota começou a se acender com os dedos dele... E ficou meladinha de tesão, eu estava vermelha... O Jorge até me perguntou se eu estava bem, mas eu disse que estava com um pouco de calor somente... Nisso o Jorge levanta e avisa que vai ao banheiro... Era tudo que o Luiz desejava... Com os dedos massageando meu grelinho, ele veio até meu ouvido e disse “Que delícia reencontrar minha melhor cadelinha... Tô louco pra socar a pica em ti! Quando o Jorge voltar, vamos nós dar um passeio por lá!”... Eu respondi que ele estava louco, que eu não faria isso com meu marido e que eu havia mudado... Ele deu uma risada safada e disse “Não é o que tua xoxota está dizendo... Tá encharcada... E outra, tu acha que eu não tenho mais aqueles videos e fotos tua fudendo gostoso na minha pica e na dos machos que eu levava lá pra casa?”. Nossa, eu nem lembrava desse material, mas era verdade... Essa era uma das formas dele me humilhar, sempre me filmava sendo enrabada e bebendo leitinho de todos... Eu fiquei nervosa, pois ele podia acabar com meu casamento ou com o emprego do Jorge na financeira que ele tanto estava adorando, se o Luiz espalhasse para todos. Ele então disse “Então Júlia, sua vadia... Vai fazer o que mandei ou vou ter que mostrar o material que tenho pro corno do Jorge?”... Eu pesei um pouco, hesitei... Mas respondi “Tá bom Luiz, farei o que vc está mandando” e ele respondeu “Boa cadelinha!” e tirou a mão do meu grelo... Logo o Jorge voltou e depois de uns 2 min eu avisei que eu teria que ir ao banheiro... Me levantei e fui, estava nervosa, mas antes que eu entrasse no banheiro o Luiz que veio atrás, puxou me pelo braço e disse “Vamos ali num quartinho mais reservado!”... Subimos uma escada e entramos numa sala que tinha uma biblioteca e um sofá grande... Ele me jogou no sofá, abriu a calça, baixou a cueca e deixou a mostra aquela pica enorme que ele tem e mandou “Vem aqui cadelinha e dá um trato nessa pica que vc adora!” eu fui e me ajoelhei e comecei a chupar a cabecinha, depois desci e lambi as bolas dele (sei que ele adora isso e no tesão do momento estava agindo como no passado pra agradar ele) e depois a pica toda na minha boquinha... Ele começou a forcar minha cabeça contra o pau dele pra me forcar uma garganta profunda... Eu me babava toda e ele dizia “Viu... Agora vc é casada, uma arquiteta de sucesso... Mas continua sendo uma piranha... A minha cadelinha!”. Daí ele mandou eu me levantar e virar de costas pra ele, abriu o zíper do meu vestido nas costas e tirou ele me deixando peladinha, me agarrou pelos cabelos, me levou até o sofá e me colocou de 4, mandou eu empinar o rabo... Veio por trás e enfiou a pica na minha xoxota rosadinha e meladinha de tesão e foi estocando forte... Enquanto a vara me atolava a xoxota os dedos habilidosos dele iam invadindo meu rabinho... Uma delícia!... Ele então tirou da minha xoxota e enfiou no cuzinho... Bombou por alguns minutos... Me rasgando as pregas. Fazia tempo que eu não fodia assim, estava em êxtase... Aí ele tirou do meu rabo e gozou no chão... Me pegou pelos cabelos e fez eu limpar o chão bebendo e lambendo toda a porra dele. Eu tinha gozado desde que ele enterrou no meu cuzinho, foi demais. Ele foi até uma mesa que tinha na biblioteca, abriu as gavetas procurando algo e achou uma canetas... Mandou eu ficar novamente arreganhada de 4 no sofá e enfiou uma caneta no meu cu e umas 4 na xoxota, tirou o celular do bolso e bateu fotos do meu rabo e xota com as canetas e fez um video onde me perguntou “Quem é minha cadelinha obediente?” e eu respondia “Eu sou sua cadelinha!”. Depois mandou eu me vestir e disse “Gostou de ser comida pelo teu macho?” e eu respondi “Sim, meu senhor!” e ele disse “Agora volte pro salão e não deixa cair as canetas... Se não seu maridinho vai passar vergonha!” eu voltei caminhando com um passo curto, espremendo as coxas para as canetas não caírem e com a boca cheirando a porra do meu macho. Quando voltei o Jorge perguntou porque eu demorei no banheiro e eu respondi que algo que comi não fez bem e eu havia passado mal... Mas que tinha tomado um sal de frutas que uma moça me ofereceu no banheiro... Ele acreditou e me disse “Fiquei sozinho aqui, o Luiz também sumiu!” e eu disse que quando voltava pra mesa tinha visto ele conversando num canto com uns senhores. Depois o Luiz voltou também pra mesa... terminamos o jantar e depois começou um baile no meio do salão... No início eu estava meio travada para dançar mas depois eu fui até o banheiro e tirei as canetas da minha xota e do cu... Voltei e pude aproveitar a festa... Dancei com o Jorge bem feliz... Mal sabia ele que tava toda arregaçada da pica do Luiz... O Luiz em certo momento me tirou pra dançar... Me disse no ouvido enquanto dançávamos “Minha puta, ainda quero te foder muito... Vc vai me obedecer, cadelinha?”. Eu respondi que sim... Ele então me fez dar meu numero do celular pra ele e depois a noite transcorreu tudo normal. Foi uma festa maravilhosa, eu me diverti muito (e ainda fui bem comida! Rsrsrs).

Depois disso ele passou a me mandar mensagens do tipo “Minha cadelinha tá ansiosa pra me ver?”, “Quero te foder até vc não aguentar!”, “Quero minha cadelinha obediente hein?!”... Até que marcamos um encontro e ele me comeu na minha casa, na mesma cama que durmo com o Jorge... Me comeu como quis... Enfiou no meu rabo, na xoxota, fez eu beber o leitinho dele. Depois desse dia nossos encontro eram mais frequentes e eu estava cada vez mais na mão dele... Sempre tirando fotos de eu com a pica dele na boca... Escorrendo porra do meu rabo... Tudo que me humilhasse e mostrasse como eu era conivente e submissa.

Teve um dia no meio da tarde que ele me ligou e disse “Minha cadela te prepara que tenho uma surpresa em 1h!” eu fiquei aflita e disse pra ele “Hoje não posso, tô atendendo uma cliente”, mas ele ficou bravo e disse “Quer ser punida? Como que se diz pro teu dono que não pode...” eu respondi então “Ok meus mestre, vou desmarcar tudo que tenho hj!” e ele satisfeito respondeu “Muito bem cadelinha! Ah e coloca aquele vestido da festa de gala sem nada por baixo como aquele dia que logo eu passo na tua casa pra te buscar... Eu fiz como meu macho mandou... Coloquei o vestido da festa e coloquei um salto alto. Ele veio na hora marcada e eu saí com ele... Perguntei aonde íamos mas ele disse “É surpresa minha cadela... Por enquanto só te preocupa em me fazer gozar!” e abriu a calça e liberou a pica enquanto dirigia... Eu entendi a ordem e comecei a sugar aquela vara gostosa... Chupava ele toda até o talo, lambia a cabecinha e as bolas dele... Até que ele gozou e eu bebi tudo até a última gotinha... Não demorou e chegamos a um motel bem bacana... Na entrada ele disse pro atendente que íamos na suite master que estava reservada e o atendente respondeu que nossa visita já estava nos esperando... Descemos do carro na garagem e ele me vendou... Me guiou até o quarto e antes de entrarmos ele me disse “Não me desobedece nada que se não será punida!” e abriu a porta, mandou eu ficar parada e disse pra pessoa que nos esperava “Está aqui Sr a esposa do Jorge como prometi... Eu lhe disse que ela era minha cadelinha particular” e tirou a venda do meus olhos... Na cama só de roupão estava um velho senhor que era o dono da financeira, no dia da festa ele estava com sua esposa, um casal muito elegante... Seu nome era Phillip Haris, ou só seu Haris como todos chamavam... Eu fiquei assustada. Mas o velho foi logo dizendo “Nossa Júlia, vc é muito bela e sexy... Fiquei louco quando te vi entrar aquele dia no salão... Fiquei louco pra te foder... Quase não acreditei quando o Luiz me contou que sempre te fode e vc é cadelinha dele... Tive que pedir vc emprestada por um dia!”... O Luiz disse pro velho “Viu seu Haris, ainda fiz ela vir com aquele vestido sexy da festa”... O velho ficou feliz e disse “Muito obrigado, parece que estou num sonho até”. O Luiz ordenou que eu fosse até o velho engatinhando de 4 no chão... O velho abriu o roupão e revelou a pica totalmente dura... O Luiz ordenou que eu chupasse o velho... Fui e cai de boca na pica dele... O Luiz falou pro seu Haris “Bom sr... vou deixá los a sós... use-a como quiser, mas trate ela que nem uma cadela que ela adora e saiu do quarto. Eu então não parei de chupar o pau do velho que parecia um senhor bem educado e sensível... Mas eu me enganei, o velho era safado e agressivo... Me puxou pelos cabelos e me jogou na cama de bruços, abriu meu vestido, me deixando nua e disse “Só não tira os salto alto, que puta fica melhor de foder assim!” e mandou eu chupa-lo novamente, ele agora estava de joelhos na cama, então tive q ficar de 4 pra mamar no cacete dele... Ele me pegava pelos cabelos e forcava contra a pica dele... Depois passou a dar tapas na minha bunda enquanto eu chupava... Aí quando cansou mandou eu parar o boquete e ordenou que eu sentasse na pica dele de costas pra ele... Eu me posicionei e fui descendo devagarinho até a pica me atolar toda a xoxota... Ele mandou eu cavalgar... Me dava mais tapas na bunda, que já estava vermelha dos golpes... Depois mandou eu cavalga-lo de frente pra ele... Aí ele apertava meus peitos que nem louco e com força... Depois ordenou “Vamos sua putinha, fica de 4 agora que quero arrombar teu rabinho!” eu respondi “Sim seu Haris” e fiquei de 4 na cama... Ele veio e num golpe só me rasgou o cu... Bombava forte e me estapeava a bundinha... Ele dizia varia obscenidades enquanto me enrabava “Sua puta... Bem que o Luiz disse que vc adora dar o cuzinho... Quando te vi na festa com esse aquele vestido, soube que vc era uma vadia... Se não fosse através do Luiz, eu ia acabar conversando com o corno do Jorge pra te foder” e eu lá só ouvindo e delirando com a pica enterrado no meu rabo... Eu era puta mesmo... Tava adorando ser tratada assim pelo velho safado... Até que ele mandou eu mamar que el ia gozar... Tomei o leitinho quente do seu Haris... Eu gozei junto com ele... Mas o velho não quis descanso... Depois disso me levou pra hidromassagem e depois de uns minutinhos mandou eu mamar ele e me comeu na hidro... Fez eu sentar na pica dele e me puxava os cabelos e depois socou no meu rabo de novo... Mais uma vez fez eu beber o leite dele... O velho fez o que quis comigo, eu gozei varias vezes... Antes de ir embora ele me comeu mais uma vez na cama... Só que desta ultima vez gozou nos meus peitos e fez eu espalhar a porra pelo corpo... Mandou eu ficar ali assim... Se vestiu e foi embora. Depois o Luiz voltou pra me buscar e disse que o seu Haris tinha tomado um viagra, daí eu entendi o pique do velho... Aí mandou eu me vestir e no caminho de volta fez eu mamar o cacete dele e beber a porra... Me deixou em casa... Eu tava toda fodida e fedendo a porra.

Depois disto o Luiz sempre faz eu dar para o seu Haris, então são dois os meus machos... E de quebra o Luiz ganhou até uma promoção na financeira... As custas da minha xoxota e do meu cuzinho... Já o corno do Jorge não desconfia de nada e adora o Luiz, mal sabe ele que o amigo dele é meu dono e que o seu chefe meu segundo macho... E foi assim que percebi que eu gosto de ser puta mesmo... Pois adoro ser humilhada e submissa dos meus machos picudos.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive Dessa16 a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
09/10/2017 14:33:44
Bom, mito bom e tesudo seu conto
26/04/2017 18:09:42
O melhor conto que ja Li...
25/04/2017 01:36:20
És maravilhosa demais, o tipo de fêmea que adoraria ter tido na minha vida. Leia minhas aventuras e me escreva ou adicione no skype: . Beijos.
J67
22/04/2017 10:48:02
Que pena que a narrativa foi curta....
22/04/2017 09:34:09
Que delicia!!!!
22/04/2017 08:15:13
top
22/04/2017 00:51:11
Delicia de relato.. Adoraria conhecê-la. . piroca toda melada ao ler..

Online porn video at mobile phone


porno casada nao agreto oprimo domaridoxvideos.comi o'cuda maecontos erotico,meu genro me enrrabou dormindohttp://zdorovsreda.ru/texto/201610917fazendo sexo com vendedora de Danonefilme pornô de Cibelle encravado em 2017filhagosando muito e tremendo as pernascontos eróticos de i****** irmão f****** a b******** da irmã com sobrinha do ladopassando oleo de alho no pau xvideosTheo eTonnyvovó me fazendo cafune e meu pau endureceumorena gostosa fica nervosa porque queria meter mas so tirou a ropa seu parceiro gozou entao ela tocou uma ciririca e gozo na cara deleso mininhas top bem novas com vibrado bucetas fotosxvideos sobrinha peca tio batedo puetacontos eroticos no rodeiogozadas no xvideo de mulheres que dar tremetreme naspernasconto porno apaixonado pelo meu primo brutamontesbaixa vídeo porno molhes ñ quenta rolar ir choraporno real rio sex com isaque e as novinhas de cabelo cutonegona rindo com uma boconaWww.contoeroticocomcunhada.com.brmorena sapeca capetinha XVídeoscontos gay fe feminizaçao forçadaflagrei minha filha anal contocorno ve a mulher metendo comtrinta machomulhre pelada rezei ponobaixar cintura para trás mexe a cintura brava agora dá uma rodadinha mexe o bumbumvelho roludo come filha familia tdvideo omem fragado botando arola pra levantando as saia das muulhres dentro do onibunsamarando a filha pra chupa buceta e mete a liga no buraco da buceta primeira vez que ela sente uma lingacontos eroticos de lua blanco e arthur aguiarquando a mulher e chantagiada e humilhadaela e nossapara foder contosxvídeos galega mostrando coxas com penugem de ouro por cima das coxasvideos porno amador fiz minha prima dos labios carnudos mim mamarfui encoxada no culto da igrejaminha sogra cagandosou marinheira contos eroticoscontos eroticos gay-tal genro,tal sogroxporno novinhas fugimdo de roludos brutovideos de sexo enchendo de porra esperma semem dentro da buceta jovem gozando dentromeninos jumentoes x vidios gaysfudida por um tio pirocudo contonada brincando com o pau do cunhado excluída do marido pornôirmãtocaiairmãocarol celico fudendo putinhaConto erotico com penis pequenocntos eroticopadastro genrovideo do palaso quemozifofoqueira.mim.da.a.bucetacrentinhas encochadasprima novinha pensou que estava sozinha em casa ficou totalmente nua na cozinha de quatro e o primo pegou desprevenido e fudeucomo virei travesti contovidos pra abaca irmao e irma trazado gozado bactante dento da bucetacontos de esposas com short mostrando a papada da bunda em casatirando vingidade de novinha com o negao do lado da maeizinha gostosa tambemvizinho a aline contos eroticosvelho de pau cabeçudo come novinho virgem com kyo negão bem dotado comendo minha mãe contosmenina nociha demenor pededo asprega anal pornoExcitantes Contos Eroticos Contados Por Noivas pelos Seus Paes Padrinho Padre E TiosMostrar video de rapazes fazendo uma surubs gostosa com a novinha linda rapazes gosando muito e gostoso eles sentindo prazer um com o outro comendo a boyzinha e depois pegando no pau um do outro em xvideover instoria de susane .. casadas dando a buceta pra outros homensconto erorico eu era cadela do meu macho ele me fudia segurando minha coleraporno irado sexo no salã de belezaxvideos contosicestotravesti virgem falando que ele colocou tudocontos eiroticos leilapornnovinha branqinha que nem papel do bucetaoQuilombola comendo gay conto eroticoxvideos essa mulher fezes 32 homens de trouxacontos eiroticos leilapornconto erotico gay com padrasto velho coroa grisalhocontos eróticos minha esposa e seus pequenos delitoscontos eróticos chorei mais aguentei a rola enorme do velho Beneditoquero ver cestinha nua trepando gemendo e chorandoAliviando os funcionarios contos eróticosentregei uma pizza e mepagou com boquetecolc mao buceta obesa pornoComi a garota tolinhaContos eroticos eu e minha mulher nos espantamos com o pau do seu irmaosexo novinha inocente fez contrato mais nao sabia que ia transar com um pirocudo e fica assustadalutinha ecitante com mae"felipe e guilherme - amor em londres"Sou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhao desejo pela amiga da academia contos eróticostarada nuonibuvideos porno meu vizinho é louco por minha bundaporno mimnha filha e tao novimnha que nem petelho naceu aimdaContos pornos-estuprei minha sograCasada apalpando amigo por baixo da .comesa porno 10meu filho pintudo conto