Fui caçar e virei a caça

Um conto erótico de Roberto
Categoria: Homossexual
Data: 29/04/2017 17:50:53
Nota 8.00
Assuntos: Gay, Homossexual

Olá, me chamo Roberto e tenho 25 anos. Vou contar uma história verídica que aconteceu comigo quando eu ainda tinha 10 anos de idade, uma(as) experiência (as) homossexual que não mudou meu gosto por mulher, mas que ainda mexe com as minhas fantasias. Bem tudo aconteceu quando eu morava numa cidadizinha do interior do Piauí, muito tranquila e pacata. Eu morava com a minha avó que sempre me deixava brincar com a mulecada da vizinhança, principalmente o Diego que era nosso vizinho e um pouco mais velho que eu, acho que ele tinha uns 14 anos, e o Daniel que tinha uns 16. Como eu estudava de manhã tinha a tarde toda livre, numa dessas tardes o Diego foi até a minha casa me chamar para caçar passarinhos, como não tinha nada para fazer eu topei, peguei meu estilingue e fui a caça com o Diego. Quando entramos na mata, em um local um pouco mais distante das casas, o Diego parou, achei que ele tinha avistado algo, eis que ele puxa algo de dentro das suas causas e me mostra uma revestinha pornô. Nunca tinha visto uma antes, senti algo mexer dentro da minha cueca, e para o meu azar, ou sorte,kkkk, algo mexeu também no short do Diego. Ficamos ali olhando a revestinha quando de repente o Diego Diz.

-Ei Roberto, olha o tamanho do meu pau.

Eu olhei por reflexo e me deparei com um pinto bem maior que o meu. Fiquei um pouco sem graça, mas curioso, pois nunca tinha visto o pau de outro homem. Não sei se era por causa da revistinha, mas aquilo estava me causando uma confusão na minha cabecinha, fiquei com os olhos vidrados e me senti atraído pelo pau do meu amiguinho. Nesse tempo o Diego vem até mim e diz:

- Quer pegar?

- Não, eu não. Disse, sem tirar os olhos do pau dele. Mas o Diego sabia que eu havia caído na telha dele e que me comer era só questão de tempo.

- Vem, pega. Eu já fiz isso com os outros meninos, vc vai gostar. Disse ele com um jeito bem safado. Fui aos pouco pegando, ora impulsionado pela curiosidade ora pela tesão que sentia pela primeira vez. Peguei naquele pau e senti ele pulsando na minha mão, eu estava totalmente dominado.

- Chupa ele, disse o Diego

- Eu não sei fazer isso.

-Põe na boca e finge que está chupando o dedo, mas não morde. Diego parecia ser experiente no assunto, eu era o grande inocente e presa fácil. Me abaixei, pus aquele pau na boca e comecei a chupar. Era estranho, sentia um gosto de xixi misturado com resto de esperma ressecado, mas fui chupando, resiliente e submisso. Comecei tímido, mas aos poucos fui engolindo aquela rola e já estava gostando da situação, senti a respiração do Diego ofegante e o seu pau agora pulsava na minha boca. Eu parecia uma putinha submissa, chupei por alguns minutos, até o Diego me mandar abaixar as causas.

- Tira a roupa e deita aí, vou deitar por cima de vc.

-Mas eu vou me sujar.

-Tu deita na minha camisa.

E assim eu fiz, me deitei de bundinha pra cima sem imaginar o que viria depois. Sentir o Diego lambendo a minhas nádegas e depois o meu cuzinho...nossa, foi umas das sensações mais gostosas que senti em minha vida, meu cuzinho piscava com aquela língua quente... eu estava totalmente entregue aquele garoto pardo, magro e de rola bem grossinha e grande o suficiente para me esfolar. Depois de lubrificar bem a minha grutinha o Diego deitou-se por cima de mim e aos pouco foi tentando me penetrar. Senti um desconforto, algo me invadindo e me causando dor, quis sair, mas o Diego com seu peso me mantinha preso. Acho que não era só o corpo dele que me mantinha preso, no fundo eu queria aquilo, sentir aquela experiencia nova, aquelas sensações desconhecidas... Senti uma dor mais forte, gritei abafado, o pau do Diego já estava todinho dentro de mim. Ele ficou ali parado em cima de mim por alguns instantes, esperando meu cuzinho se acostumar com a sua rola, gradativamente ele ia fazendo o movimento de vai e vem, a dor ia sumindo dando cedendo lugar ao prazer. Eu já sentia aquela rola indo e vindo nas minhas entranhas, abrindo espaço para ir cada vez mais fundo. O Diego me pôs de pé, segurado na árvore e com a minha bundinha apontando para os seu pau, senti sua pica sair e entrar com mais facilidade. Meu cuzinho piscava gosotoso, eu gemia baixinho, com o Diego entrando e saindo de dentro de mim. Passando alguns minutos o Diego me pede para eu chupá-lo novamente, ele sentou com o cassete apontado para cima e eu, mais uma vez fui dar aquela mamada... eu já estava lambendo a cabeça da rola do Diego, sentindo o seu pré gozo na minha boca, a respiração do Diego ficou mais forte, continuei chupando quando ele gozou na minha boca. Engoli o que eu pude e o restante saia pelo canto da minha boca, melando aquele pau que no fim deixei bem limpinho. Quando terminamos, vestimos, o Diego só dizia...

- Porra cara, isso foi gostoso, foi melhor que brincar com os outros.

- E quando vou fazer isso também ? Eu indaguei.

- Isso o quê ?

- Isso que vc fez comigo?

- Ora cara, quando vc tiver a minha idade.

Eu bobo, acreditei naquela balela, mas também tinha curtido o que acontecera ali. Essas "caçadas" se repetiram mais algumas vezes, já me sentia a putinha do Diego, na rua ninguém sabia de nada, só eu e ele e o nosso segredo. Tudo isso acabou quando a minha vó morreu, tive que mudar de estado e ir morar com a minha mãe e o meu padrasto. Nunca mais vi o Diego, nem nos dias de hoje... Nunca mais tive outra relação dessas, perdi minha virgindade, a da frente aos doze anos com a minha prima, uma experiência tão gostosa quanto aquela. Não sinto atração por homem nenhum, mas as vezes eu faço masturbação anal sozinho, pensando naqueles tempos que jamais voltarão.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
30/04/2017 00:48:15
RSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

Online porn video at mobile phone


mulher passa margarina no cu da amigaconto erotico gay velho pirocudo maltratou o cu do viado choraoeu encontro meu genro me pegou à forçalėsica porno fondenoVou contar o primeiro chifre com caseiro do sitiomulher estava fazendo hidrataçao de pele na cara nao percebeu o homem sexo pornovídeo pornô caseiro sabor chupança buchocntos eroticopadastro genrolesbicas xvideo.com brigonasfodi minha cadelagordinha metelinameu tio aproveitouse de mim contos eroticos cabaninhacontos eróticos escritos de lactofiliaxexoc calcinhas brancas mulheres bucetudasincesto com meu vô contosxvideogostosaspeladasUm fotgrafo tirou da mulher negra nua depois que ele vio vicou de pau doro e emfio a pica nelaXVídeos a mulher do meu amigo passa uma chuvinha na minha casa e pede para mim chupar b***** delacuiada fudedo com xortiu de dormivelha safada pelada buchinha fodendo e chupando o cu de idosofreira da a buceta pra pintudo no azilo contos.coloquei o dedão n cuzinho d minha netinha contos eroticosrapas dando cu pro negao rola compridaesposa trai o esposo na fantasia c mularo de 1:90conto erotico gay negao dominador gosta de maltratar viado brancoabrindo meu anelzinho pro criouloHomem gozando só de ver mulher tirando a roupa o homem ja gozaxvideoContos eroticocm traveccontos eroticos de incesto eu minha irmawww.contocobrei/mamadaxvideo porno gay guarda chama prisoneiro pra tocar punheta até gozxvideo contos de feiticeirahttp://entiada dormido encasa padrasto aproveita chulé conto gayconto erotico dominador pauzudo50 tons de gizmeu tio me comeu contoscontos boquete pagamentoaprendeu a gostar de pica com mulhermarido realiza sonho da esposa ser fudida por uma fila de homems pauzudos e grososconto erotico negao pintudo mulher ajudano velho mendingobicho preguiça fudendo zoofiliaContos eroticos com o dono da verdureiropornô de Salvador Fernanda raspando a b***** pela primeira vezcontos eroticos casal novinho e o velhinho bem dotadotextos. contos menunas estrupadas dulpa penetracao gozadas boquinhaxvidio consolo vinguemconto erotico crente casada carente fica deslumbrada com tamanho rola de outrocontos da queli tezudinhaencochadas na multidaoContos.erotico pedi pra.meu genro.passar.protetor solar em mimporn bumbuzão grandãosadina pelada motado a busetamulher gostosa marombada toda forte foi xingar o homem esse homem estuprou ela fez ela bater uma p******mulheres bostas scatfurou o bico da camisinha enquanto o viado nao via xvideosvideoxxx tia dormiu de cochicha com sobrinhoimplorei para ser cornoconto erotico gay negao dominador gosta de maltratar viado brancoaxo que minha mulher pulou a cerca pra fazer analmeu amante me come todo mesSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhaf****** titia de ladinhocontos eróticos de i****** irmão f****** a b******** da irmã com sobrinha do ladoimem roludodocache:GlXfqrAlcOoJ:zdorovsreda.ru/perfil/52488 guri cagano na pica dnegaocoloquei duas bolinhas de golfe na bucetapintudo lasca a priminhacontos novinha corno gang putinha forçadaxvideos.com mulher diz nunca provei assimassistir uma piriguete trepando pela primeira vez coleirinha e virgemImagens em movimento 007 Sexo rubiaebetovedio caseiro minha conhadsa da pro cachorro. seovenho a fuder cu a venhaquero ver empregada de marquinha nos peitinho duro lavando roupa no pornodoidopegando viziinha safada de xortinho na coninha aredeiVectra no pau de borracha bem grande na buceta no pau de borracha na bucetaporno cazeiro mulher corno não aguentou cuzinho Fabiano xvideo. commeu maridinho me deixou fuder na madrugadaxvideo mulher arobando a buceta i o cu. ate gosacontos de sexo da tetêcalcinha cavada bs rachacontos eroticos de homens que gosta de leite materno e chupar bucetaXVídeo pantera espiando pezãoporno as novinhas cem peito de 8 a 10 perdedo a virgindade pro paiporno serena ali doeuanalinsesto ninfasXx videos galeginhas do olhos azulbaiano chupando clitori e falando besteirasconto erotico `gerente do restaurante`contos eróticos de meninos novinhos sendo dopados e estrupadosxvideo porno erotico esposa traino o marido ela dano o cuzinho americanaxvideoszoofilia tadinhaEngolindo porra de dezenas de pintudosdei o meu curzinho com lubrificantes ao meu cunhado contos gay