Guerreiros Negros Vol.9-"A Rainha"

Um conto erótico de O Urso
Categoria: Heterossexual
Data: 03/07/2017 21:48:20
Nota 10.00

Zuri acordou aquela manhã sentindo o corpo forte do Rei ao seu redor, sentiu-se protegido como nunca. O calor dele lhe aquecia como nenhum fogo era capaz.

Rei Baàhk acordou, olhando para o garoto.

—Dormiu bem? - perguntou gentilmente encaixando seu corpo no do garoto.

—Dormi - disse o garoto sentindo o corpo do Rei abraçando ele mais forte.

—Hoje é sua noite com Rainha, está preparado?

—Estou - disse Zuri com verdade.

—Que bom meu menino- ele disse beijando a testa de Zuri.

Naquela tarde ele foi banhado novamente, vestiram com uma tanga branca e foi levado aos aposentos da rainha. Quando entrou se assustou, um tigre enorme e ela montada nele, estava nua, completamente nua, era linda, os cabelos enormes cacheados com milhares de flores vermelhas enfeitando ele. Os seios balançando com o movimento do animal, ela sorria para Zuri. Desceu do animal, passando a mão nele. Ficou frente a frente ao garoto, notando seu corpo forte e muito bem desenhado. Passou a mão no rosto dele, desenhando os lábios com as mãos, percebendo como eram vermelhos, assim como seu cabelo.

—Finalmente você será meu - ela disse suavemente mas com uma força de tigresa.

Ela puxou o garoto pelas mãos, guiando ele para sua cama imensa.

O moleque olhava aquela deusa negra na sua frente, os seios deliciosos, a boceta majestosa, ela subiu no seu colo, beijando sua boca com calma, conhecendo seus lábios, explorando sua boca com a língua, entrando nela lentamente, deixando o pau de Zuri duro como ferro.

Guiou o rosto do garoto para seus seios, sentiu o calor de sua boca envolvendo seus seios, sentiu tesão com a língua dele brincando com um de seus mamilos, gemeu suavemente no ouvido dele, deixando Zuri arrepiado.

Ele enfiava os seios na boca, sentindo o cheiro delicioso dela, chupava os mamilos, lambendo os seios dela, olhando nos seus olhos.

—Você é lindo, garoto - ela disse deitando ele na cama, beijando seu corpo, lambendo seus músculos, sugando seu umbigo, chegou em seu pau, branco e reto, cheio de veias —Que caralho mais delicioso.

E enfiou na sua boca quente, Zuri sentiu seu corpo queimar de tesão enquanto ela engolia seu pau. Ela abriu os olhos encarando ele, sugando aquele pau branco, abrindo bem a boca e encaixando ele inteiro dentro da boca dela, babando em seu caralho que endurecia mais naquela boca.

A Rainha Cébil engolia seu pau com desejo, babando por todo ele, escorrendo pelo seu saco que ela acariciava com as mãos macias, fazendo Zuri gemer com desejo, ele segurou nos cabelos dela com receio, mas ela olhou em seus olhos incentivando ele, então Zuri afundou a boca dela no seu pau, segurou seu rosto ali, fodeu com vontade, fazendo a rainha engasgar e cuspir em seu pau, ela sorriu pra ele, brincando com a língua na cabeça rosada de seu pau, enfiando a língua no meio de sua fenda de onde saia seu néctar, que ela se deliciou, enfiou seu pau novamente na boca, apertando a base, trazendo seu pau para ela, olhando em seus olhos, hipnotizando Zuri, a boca deliciosa dela lotada com seu pau, ela engolia ele com vontade, respirando ofegante, lambia sua bolas, enfiando uma de cada vez na sua boca.

Ele a puxou, beijando sua boca com desejo, puxando ela para seu colo, fazendo a rainha sentar no colo dele, abriu sua bunda com as mãos, sentindo como ela era deliciosa, os gemidos da rainha no ouvido dele, lambendo suas orelhas, agarrando ele pelos cabelos, beijando sua boca.

Ele a colocou deitada, a rainha abriu as pernas para mostrar sua linda boceta para ele.

—Venha, meu menino - ela disse baixinho enquanto acariciava sua boceta espetacular, mostrando como estava úmida ali.

Zuri deitou no meio das pernas fortes da rainha, abrindo mais ela, sentiu o cheiro delicioso de sua boceta, abriu a boca, estava com tanta sede de boceta que sentiu a saliva escorrer pela boca, socou a língua ali no meio dela, ouvindo ela gemer, olhando nos olhos dela, socou mais fundo a língua, beijando aquela boceta poderosa, encontrou seu clitóris, sugou ali e teve a atenção da rainha, que segurava seus lindos seios, gemendo para ele. O garoto enfiava a boca naquela boceta, enfiando a língua dentro dela, o sabor daquela boceta envolvendo sua boca, ele sugava e beijava a boceta dela, ela acariciando os cabelos dele, tirando da testa meio suada.

Ele enfiava sua língua naquela boceta maravilhosa, buscando o interior dela, beijando e chupando seus grandes lábios, fazendo a Rainha se contorcer e gemer como uma puta, ele socava a língua dentro dela, enfiando o dedo na sua boceta, ela babava pra ele, a boceta da rainha babava na sua boca, deixando Zuri ainda mais faminto, ela rebolava a boceta naquela boca, olhando nos olhos verdes do menino, sentindo ele se aprofundar nela, invadindo ela com sua língua rija, ela apertava seus seios sentindo o calor invadindo seu corpo, tremia na boca do menino, olhando para ele e desejando ter conhecido ele mais cedo.

Ela havia ficado culpada por roubar o garoto de seu filho mas agora, vendo ele na sua boceta, sugando ela daquela maneira, invadindo sua boceta com os dedos, ela não sentia remorso algum, ela era a rainha e merecia aquele menino, ele era dela e do Rei, ninguém jamais tocaria nele.

Rebolou a boceta na boca dele, fazendo ele chupar ainda mais forte, dedilhando sua xota, ela tremendo, sentindo a saliva dele umedecendo seu corpo, molhando sua boceta que já estava ensopada. Ela beijou o garoto, subindo no seu colo, beijou ele com desespero, sentindo seu gosto naquela língua, pediu seu pau, ela precisava do pau dele, guiou o garoto para dentro dela, quando ele a penetrou, ela gemeu selvagem, sentindo ele entrar nela, bateu no seu peito com força.

—Me fode! FODE SUA RAINHA!

Zuri enfiava seu pau fundo naquela boceta molhada, sentindo seu corpo crescendo, se alimentando daquela mulher deliciosa, afundando seu corpo no meio das pernas que se abriam para ele, sentindo como ela era quente e deliciosa, as pernas dela envolvendo seu corpo, ele fodia com força, beijando a boca dela, ela sugando a sua língua lhe fazendo homem, agarrando sua bunda, puxando ele para dentro, cada vez mais fincado nela, cada vez mais dentro dela, os beijos, as lambidas, o suor dele escorrendo pelo corpo dela, ela gemia alto, queria que o reino ouvisse seus gemidos lascívos, apertava bunda deliciosa do garoto e ele fincando o pau nela, beijando seus seios, chupando seus seios.

Ele apertava o corpo dela contra o dele, amando sua rainha, fodendo sua boceta que implorava por ele.

A Rainha Cébil empurrou o garoto na cama, jogando ele pra trás, tirou seu pau da boceta, deitou de lado, mostrando seu cu, piscando pra ele, convidando o garoto, ele enfiou a língua naquele cu, socando com gosto, socando os dedos na Boceta dela, comendo seu cu com a língua, a Rainha gemia pedindo por ele. Viu ele cuspir na sua rola, socando ela no cu dela.

—Isso meu menino, come esse cu, isso, assim, eu gosto assim, fode, isso! Entra nesse cu, faz esse cu ser sua moradia, isso meu menino.

Zuri enfiava o pau com vontade, arrancando gemidos dela, puxando seu corpo para ele, rebolando sua rola dentro do cu dela e sempre dedilhando sua boceta, o cu dela era delicioso, ele sentia o calor que vinha de dentro dela, seu pau duro como ferro, entrando naquele cu delicioso, ela sentia suas pregas rasgando com o pau dele, sentia como entrava fundo nela, ela passava a mão no corpo dele, alisando aquela barriga linda e extremamente malhada, observava seu rosto ficando vermelho, o suor escorrendo pelos músculos, o mamilo rosado, a boca sorrindo pra ela, a Rainha rebolou pra ele querendo dominar o moleque, ele gemeu sentindo ela rebolando pra ele.

—Bate na sua rainha, vai!

Ele meteu um tapão bem forte na cara dela, a Rainha riu safada.

—Eu sou sua puta aqui dentro, entendeu?

Ele meteu mais um tapa, afundando a mão na cara dela, puxando ela pelos cabelos, socando firme no cu dela como o marido dela havia socado nele, puxando ela pelos seios, enfiando naquele cu, comendo forte, pegou a cara dela, cuspiu na boca dela, a safada o puxava, querendo mais.

—Abre bem esse cu - ele falava - Que eu vou te rasgar essa noite!

Ela rebolando, levando tapas daquele moleque, sentindo seu corpo molhar com o seu suor, sentindo os tapas na cara, as cuspidas, ela queria isso, queria ser puta daquele moleque como ele ia ser puta do seu marido. Quando ela se deitasse com ele seria assim, uma rainha puta, ela abria a bunda mostrando seu rabo para Zuri que fodia alucinado, comendo sem parar aquele cu delicioso, ele deitou sob ela, beijando sua boca, afundando os dedos na Boceta dela e comendo seu cu.

Ela gritava de tesão quando gozou, molhando o menino inteirinho, Zuri se banhou naquele líquido quente, passando na cara dela, ele pegava o líquido e esfregava na cara dela.

—Toma seu gozo, toma! - ela lambia os dedos do menino, rindo deliciada com o orgasmo.

Colocou ela de quatro, metendo muito forte, puxando seus cabelos, entrando e saindo com violência, sem freios, sem medo, só fodendo pra valer. Sentiu o gozo chegar, socou fundo naquele rabo e gozou ali dentro, caindo sob o corpo da Rainha, beijando suas costas. Ela soltou a porra pelo cu em suas mãos, lambendo e olhando nos olhos de Zuri, lambendo os dedos com a porra dele que ela soltava pelo cu, beijando o garoto, dividindo o leite dele com ele.

Ela se deitou com ele, de conchinha, mandou o menino entrar nela novamente, ele socou calmamente em seu cu, ficaram ali, se beijando e ele entrando nela bem lentamente, só sentindo seus corpos, um dos guardas dela entrou a seu pedido, serviram comida, enquanto Zuri ainda entrava nela. Serviram-se das bandejas, enquanto Zuri entrava nela eles comeram, ela servindo ele na boca, beijando ele, deixando vinho cair em seu corpo. Se alimentaram, o guarda tirou as bandejas, acendeu uma lareira. Os dois ali, se beijando, Zuri enfiando as mãos na Boceta dela, adormeceram daquele jeito, Zuri com o pau inteiro dentro do cu da rainha.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive OUrso a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.

Online porn video at mobile phone


conto esposa do pastor tranzou com molekcafusa cavala mostra bucetanovinhas brazileira tesuda pediu pro macho todado soca ate o talo ela por cima pra levantar mesmo taradaconto matuto chipadorContos eróticos gay comi meu tioPutinha de rrrrrrver vidio d padrasto dotado fz sexo com entiado dormindocornos de belem porno contos 2017viados mansos que gostam de urinamenina fode com negro dismarcado.chingando e gritando e fala que vai gozar.xnxxcontos eróticos meu cunhado pausudo mi arronbou todos os buracos contos de papai e as 2 filhas na praia de nudismoporno doido gemendo uma loira 👱 contos eroticos gay vestido rosafrutaporno manorada e cunhada da o cu pro cunhadovideo de novia aprido abusetia vixia saga de uma esposa que obedece marido ele pediu para eu dar e eu dei para um pausudo na frente delegey novinho afeminado tem ate peitinho senta gostoso na pica do padraste geme rebola e adoraFiz minha sobrinha trair seu noivo no motel. Comigo comi seu cu conto eroticofilho voyeur contocontos gay baby doll rosamundobicha com lavando a rolacontos eiroticos leilaporndiguinho eroticoMuleque hxh belem paratia gostosas foder com subtilContos eroticos de estupro concentidoler contos eroticos menagevídeo pornô zoofilia bundudo comendo a cachorrinha bem pequenininhamtk contos eroticos coisas do destino capitulo 1levei minha esposa num glory hole conto realvideo viuva custou a dar a bucetacontos eróticos fui visitarminha madrasta novinha e comi elacontos meu marido e usa cocaína e pede pra eu chupar pau de outrocontos eiroticos leilapornMeu marido era louco pra me ver com uma picona toda socada dentro de minha buceta e na minha bunda e eu fiz sua vontade!conto erótico gaay sonbra de gaelliloca faz ananl pa ter akele rabocasada trêmula na submissão do sadomasoquismo gozando Minha tia fez boquete pra mim relatocontos eroticos gay viciado cheira e chupa pal sujocomendo a irma xvideo a prostei ca minha irma uma gostosa tirando valsinha para dar bucetadia chuvoso no carro do amigo do meu marido acabei dando ate o meu cuzinhobucetadadani do voleipau groso egosano ebonitoa cadela aguenta meu pau todinho zoofiliaesplendida gozada dentro da buceta da esposa do cornocontos porno scat lesbicoContos eroticos anal de ipatinga mgvidios de filha que ver mae enfiando vidrado na sua buceta e fica doida e vai fazer pornomulher recebendo massagen enlouquecidacomo meu tio roludo e comedor comeu minha esposa novinha 1 contoscontos eroticos putinhas oferecidasporno contos pelo zpcontos pornos no sitio com mamaefilme de sexo da Gretchen filme de sexo da Gretchen mostrando o peito dela a bunda cheirinho na bocaestuprei amenina e rasquei cu zinho delavídeo de sexo pornô garganta hipertrofiada engolindo monstro hiper dotadotravesti comendo outra travesti atecagarmerendo e gosando na bucetacontos eroticos cnnxvideos com fuzilera novinhacontos eroticotransei e com o padre e fiquei gravidajornalista77 contos eroticoconto de incesto meu filho com o pinto machucadoporno mulheres levam choques na buceta e se tremem todas com as pulsaçõesContoeroticonovinhosafadoxvidios os dias era asimrabudas de calca legue agaxadaseu de shortinho jeans atoladinho e calcinha fio dental de minha irma rabuda dei pro negao x videos afeminadoxxx vídeos novinhas aproveitando que a sua mãe saiu no pornô iradovidios porno pai bi e filho brincaoporno homens com fitas adesivas na bocaengolindo porta no ônibus na viagemeu quero ver sexo de lésbicas com lactofilia aguentando mulheres adultaspitbull enfuandi forte na buceta da vadiacontos eróticos vovô fudendo chupando o cuzinho do Netinho mozinhom*********** a b***** no canavial contos eróticos