Como me tornei a puta de Valeria minha irmã – o inicio

Um conto erótico de valeria
Categoria: Homossexual
Data: 12/07/2017 12:24:13
Nota 10.00

Como me tornei a puta de Valeria minha irmã – o inicio

Sou mulher normal, solteira somos duas irmãs, e vivemos em São Paulo na zona sul, tenho 1,65 alt. 55 kl. Morena clara, olhos e cabelos castanhos seios grandes, bunda bem feita redonda empinada e grande, minha irmã é mais alta que eu e muito gostosa, acho mais gostosa que eu, ela é mais alta tem 1,70 alt. 58 kl. Louros olhos claros, seios grandes como os meus, corpo que parece um violão sua bunda é redonda e grande, mas vamos ao conto preciso contar como tudo aconteceu. Eu já tinha 18 anos e nunca tive namorado nossa educação foi sempre muito rígida, minha irmã Vera já tinha namorado uma vez, tinha nesta época 20 anos e julgava-se muito experiente, um dia estávamos as duas em casa e após tomar banho fui para nosso quarto de toalha me vestir e ela estava no quarto de lingerie apenas, ai ela tirou minha toalha deixando-me sem nada no corpo e ficou elogiando meu corpo, ai me abraçou e beijou minha boca, fiquei assustada o beijo foi tão bom que me entreguei a aquele prazer delicioso, senti sua língua dentro de minha boca e correspondi ao beijo, fiquei de pernas bambas de tão gostoso foi aquele ato. Depois me fiz de brava e falei vc esta ficando louca, ela sorrindo disse vc gostou querida irmã, e eu fiquei sem saber o que falar e disse foi surpresa na verdade foi boa sim Vera, mas não vamos repetir isso ok, ela falou sente-se aqui na cama a meu lado, vamos conversar. Ai me disse que tem tesão por mim, por meu corpo e quer que eu deixe ela me amar sempre que possível, eu falei vc esta louca sou mulher, sou fêmea como vc, ela falou irmã é melhor eu ter sexo com vc do que procurar na rua, nos gostamos uma da outra e será apenas um segredinho nosso apenas para nos acalmar.

Sai do quarto e fui me trocar em outro local ela veio atrás e disse vc esta morrendo de vontade de experimentar, relaxe aproveite a vida, puxou-me para ela e beijou minha boca, meus seios ficaram duros e ela falou veja como vc esta com tesão amor, relaxa venha ser minha mulher, não vai atrapalhar seus possíveis namoros eu pelada e ela ficou também e esfregava seus seios nos meus e sua boca havida por mim, beijava minha boca e acariciava meus seios, eu fiquei molhadinha de prazer, senti sua mão passando na minha vagina e acariciando minha bunda, eu acabei correspondendo e fiz o mesmo com ela até que com suas caricias na minha buceta eu gozei gostoso, foi a primeira vez que tinha orgasmo adorei cada segundo daqueles carinhos, amei seus toques ela me deitando na cama, veio por cima de mim e beijou minha boca, chupou meus seios e foi descendo com a boca em direção a minha buceta, eu pulava de tanto tesão, e ela não parou foi até a buceta e lambeu eu explodi em novo gozo em sua boca, ela gemia de prazer e virando ao contrario colocou sua buceta na minha boca e eu fiz o mesmo com ela, e senti quando gozou soltando aquele liquido delicioso, foi maravilhoso, ela então falou gostou? Eu disse amei é errado Vera, ela falou estava morrendo de vontade de vc irmã querida, agora vc é minha vamos sempre satisfazer uma a outra o resto continua tudo como está, eu fiquei quieta mas estava tão feliz que procurei sua boca e a beijei como ela fez comigo, senti o sabor de minha buceta em sua boca e ela sentiu o sabor de sua buceta nos meus lábios, ai fomos cuidar de nossos afazeres, com promessas de nos amar sempre que possível.

Arrumamos o jantar para papai e mamãe que iriam chegar logo mais a noite, e durante nosso trabalho Vera dizia como vc é gostosa Valeria que delicia vamos sempre nos amar, ai vc será sempre um mulher calma e relaxada, eu sorri e disse vc somente pensa nisso Vera, vou pensar no seu caso, ela veio e beijou minha boca novamente, que delicia me entreguei aquele beijo e quando voltei a mim falei, temos trabalho a fazer vamos cuidar do jantar amor, ela sorriu e disse obrigado por me chamar de amor e sorriu toda feliz. Servimos o jantar para nossos pais e tudo parecia normal, mas dentro de mim tinha um vulcão estava nas nuvens, pensava no tesão que senti por Vera e pensava vou ter de parar por aqui, mas ao mesmo tempo pensava mas como foi gostoso gozar com ela, nossa que delicia ser desejada e amada por minha irmã deliciosa. Resolvi o seguinte vou deixar acontecer minha irmã tem tanto interesse quando eu em quardar segredo, e quando eu tiver alguém me afasto dela e ela também se tiver alguém vai me deixar, vou deixar acontecer o que tiver de ser será.

À noite na sala vendo novela deitei no colo de papai como sempre faço e olhava para Vera que não tirava os olhos de meu corpo, parecia que estava com vontade de me possuir ali mesmo, eu sentia sempre o pau de papai crescer na minha cabeça, mas nunca achei ruim e ele se aproveitava de eu deitar sempre em cima de seu pau, mas nunca disse ou pensou algo, creio eu. Mais tarde quando fui me deitar coloquei um pijama longo, pois estava um pouco frio e ela entrou atrás, fechou a porta e disse vc gosta de provocar o papai não é sua tarada, sei que o pau dele fica mexendo sob sua cabeça e que quando levanta ele esta de pau duro, pode parar com isso vc agora é minha sua boba, eu sorri e falei faço isso desde criança ela falou e ele sempre que vc levanta vai ao banheiro bater punheta para acalmar seu pau, vc agora é minha para com isso ouviu bem, senão faço um escândalo. Eu falei se parar sem motivo ele vai querer saber por que parei, ela falou deixa que eu coloque minha cabeça lá e vou apertar tanto que o pau dele vai ficar mole, mole. E sorrindo me abraçou com carinhos e falou vai dormir de pijamas não quer ficar sem nada e eu também, ela falou melhor não, podem perceber ela falou ninguém vai perceber e beijou-me com muito tesão e carinhos eu me entregue ao beijo e fiquei excitada, ai deitamos na minha cama eram duas camas de solteiro, e dormimos abraçadinhas bem gostoso, acordava algumas vezes com os beijos que ela me dava por todo o corpo e pescoço, tudo tão delicioso, tão puro.

Estava vivendo um sonho, adorava o toque se Vera em meu corpo, de sentir sua pela encostada na minha, seus seios nos meus, logo pela manhã ela foi a uma entrevista de emprego, e voltou com a noticia que iria trabalhar das 8 às 18h e eu teria de ficar sozinha em casa, fiquei triste, porém contente por ela ter um trabalho, e eu cuidaria da casa e de nossas roupas inclusive as intimas, no dia seguinte acordou bem cedo e me abraçando me beijou a boca e fizemos amor bem gostoso, depois ela se arrumou e foi ao primeiro dia de trabalho, eu fiquei em casa trabalhando e pensando na delicia que estava sendo nossa vida amorosa, a noite quando chegou me chamou para o quarto e me acariciou o corpo todo, me beijava e passou a mão na buceta e disse que delicia esta sempre querendo veja como esta molhada meu amor. Vamos jantar a noite quero te amar bem gostoso, e fui cuidar do jantar, ela ainda falou hoje eu vou deitar no colo do papai ouviu sua putinha e sorriu sacana. Conversamos muito todos os quatro sobre o novo trabalho de Vera e quando na sala Vera correu e se deitou ao lado de papai e colocou a cabeça em seu pau, eu fiquei olhando ela disse pequei seu lugar irmã eu sorri e disse esta bom deito no colo de mamãe então, fiquei olhando e percebi quando ela colocou a mão debaixo de sua cabeça e ficou acariciando o pau de papai, logo após ele se levantou rápido e foi ao banheiro, Vera disse vou dormir, eu falei também vou Vera, e fui atrás dela, no quarto falei vi quando vc bateu punheta para o papai, sua tarada morri de ciúmes vc me prometeu que será apenas minha e agora quer agradar papai é, ela disse era apenas para ele não ficar atrás de vc. Tenho muito ciúmes de vc, eu falei e vc pode ate acariciar o pau dele, ela falou é que eu queria vir para o quarto e o fiz gozar logo, para poder vir te amar amor. Ela tirou minha camisola e me deixou pelada, eu fiz o mesmo com ela, beijava sua boca, chupava suas tetas enormes e me esfregava nela, ai ela falou meu amor quero fazer uma tesoura e gozar esfregando minha buceta na sua preparei abrindo minhas pernas ela entrou no meio e ficamos como loucas esfregando nossas bucetas ai gemi vou gozar Vera e gozei, senti o sugo dela saindo em abundancia e o meu também ficamos desfalecidas e dormimos com uma buceta na outra atravessada na cama, foi simplesmente delicioso.

Assim tivemos dias maravilhosos sempre com muito sexo e tesão o que ocorre até hoje, ainda nos amamos, mas eu perdi o cabaço com meu pai e ela com outros homens mas a noite sempre somos uma da outra, é um amor além da alma, um amor completo.

Se quiserem saber como foi tudo dai para frente basta pedir que continuamos o conto.

Valeria

[email protected]


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive camila paula a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
15/07/2017 17:53:35
Delicia!!! Continua!

Online porn video at mobile phone


choramuitoxvideosconto estorei o cabresto na punhetaxvideo espoza nao aguentou ver cazal fudendofoi passear o cao e fodi a vizinhasogras com genrosbucetasfodida na balada/contomulheres online si ezibindo na intenetporno meninas chupando rrola e tranzando na escolanovinha 18 ano que foje pra cama dos.pais pra trepa com elessoca no meu rabo na buceta e goza na minha boca video pornôconto erotico n puque esconde comi o cu da menina.que se escondeu comigoSexo on-line aclimação menagesexocuneteCasadoscontos.com vanessinha diascontos eroticos de coroas com seus inquilinosacariciando a b******** da indiazinha dormindo"No meu cu não por favor Ricardo! Por favor meu macho, não enfia essa tua pica enorme no meu cuzinho não..." contos eroticoscontos eroticos filiarConto erótic com dogcontos eroticos nao aguentei e transei com a minha cadelacara batendo punheta com sabonetes lambuzando a rola com sabonete e batendo punhetadano cu de quatoporno brasilero ela queria fujir de tanta fodanao cnseguioclitoris lindinho numa ciririca linfa videospastor alguma pausado comendo novinha apertadinhabuceta cheia de muxiba da sograMeus amigos me foderam bebada contosmetendo o pau na chefs.em do pornô brasileiro XVídeosnovinha estrangulada com um pal na gargantaincochou e gosouvideos porno de crente lombuda com vestido trasnparentevideos de negao com tres negras bundudas rebolando de xotinhos curtinhos bem gotosascasa dos contos meu marido me fez da o cu a dois picudos chorei de dorcontos eroticos cabaninhaFui inciada pelo amigo do meu pai contos eroticosvídeos de lésbicas ipinotizando meninas novinhas para transavideos de negao com tres negras bundudas rebolando de xotinhos curtinhos bem gotosasara co,endo novinha com o pau de 20 centimetrosfotos de gordas gostosas de cho tinhos amostran do abocetaContos eroticos elacareca peladacontos de nora da vizinhavocê vai realmente para o Quartel eu tava até 9:00 da manhã online qual foi tava no quartel mesmocastigo gays pornográfico contoscontos eiroticos leilapornMeu voyer filhomeu maridinho me deixou fuder na madrugadaConto erotico pezinhos da minha irmãXVídeos as mestiça de cabelo curtinho gostosa postiçaputinha tres coraçõesfila pra enrabala x vidiopastor alguma pausado comendo novinha apertadinhacontos eiroticos leilapornno motel eu não tava acreditando que eu tava fundendo a buceta virgem da minha cunhada solteira coroa conto eróticobemdotadoobesaisabelle galeginha xxx dano u cuContos picantes ainda virgem fui abusada por um entregador velhocanto erotico velho taradocontos eroticos padrinho tarado w afilhada novinhapeguei meu amigo nu no quarto e batemos uma punhetatroncudo na putaria gayx video contos feminizacaoXvideo budona meladiha.locontos minha esposa gravida outro comeumulher enfiando um pepino enorme na buceta fazendo barulhoboa foda sadomazoquismo amarrada pes e maos com buceta bem aperta de ponta cabecadois lisinhos se cumendo primera vez amador brasilerocontos eroticos professora casada chantageada por alunoVideos crente rabuda escoregando e mostrando tudoBriguei com neu namorado nais depois nos reconciliamos contos erotucosvideo de homemmorde vaginade vestido de brusosexoConto minha mulher chegou com buceta toda esfoladaabaixa xvidio porno filhia meno de deis ano sendo estuprada pelo paixxvideosgarotinhas na praiasessentona gostisa peluda pediupra gizar dentro duas vezes sem tirarContos de primas de fio dental e boquetecontoeróticocoroa engravidei minha sograxvidio com baiana do acarajédona d casa fica exitada dormindo e fica com a buceta babada xvidiominha sogra ensinuou e eu transei com ela pornô brasileiroxvideos jairinhoo bahianoporno vedio chupando buceta forçado padrasto sexo forçado direto safado estupro gozando gostosocontos eróticos na fazenda com maequero ver sexo com Gleicy com dois negão com a b***** molhadinhacazero favelada vaia apana ponoquero assistir mulher do berço carnudo de sexo chupando rola na boca todaxxx. irmã entra no quarto do irmão quando o irmão da ver xvideo faz com ele amei ven a filha e o filho ase fuderen e fode com elescontos eróticos com macaco comendo a veterinária gostosadando a bunda no pau dele ele meteu a vara nela pelada com bolsinha delaxisvideo gulosas garganta gulosahomem, gozando, dentro, da, biceta,, dwmulher, gravida, no, carro