Moradora meladinha

Um conto erótico de Administradoido
Categoria: Heterossexual
Data: 14/05/2018 15:44:14
Nota 10.00

Olá a todos os leitores e leitoras! Muitíssimo prazer.

Este é meu primeiro conto, encorajado por um amigo que também escreve aqui, resolvi compartilhar algumas de minhas aventuras. Podem me chamar de Fábio (lógico que não é real), tenho 37 anos, sou Administrador por formação e massagista por hobby. O que vou contar, aconteceu no meu trabalho, um condomínio de médio/auto padrão na minha cidade, sou administrador lá.

Já com algum tempo trabalhando, notei uma moradora de nome Fátima, pele clara, estilo baixinha magra mas não magrela, seios médios e firmes, pernas ligeiramente fortes, casada com um senhor já de idade, passou a frequentar mais vezes a área da piscina que o normal. Durante a semana isso é extremamente raro, no entanto dia sim, dia não lá estava ela.

Certo dia, ao fazer minha ronda pela manhã, descendo o elevador, ela entra, usando uma saída de banho bem solta, por baixo um biquine preto, não pude deixar de olhar seus seios praticamente pulando pra fora do sutiã, tentei disfarçar, dei bom dia mas creio que ela percebeu que eu notei, meu pau ficou duro na hora e logo fez volume na calça. Quando ela desceu do elevador me deu uma olhada e um sorriso bem de canto de boca, foi rumo a piscina e eu fui completar minha ronda com a imagem daquele corpinho delicioso na minha mente.

Ao chegar na área da piscina, lá estava ela tomando sol, agora só com o biquine cobrindo seu corpo divinamente desenhado, os bicos dos peito marcavam o sutiã e a racha da sua buceta praticamente saltava a calcinha. Andei bem lentamente pra poder curtir cada segundo ali, ao chegar perto eis que ela me chama pra perguntar se eu era um "faz tudo do condomínio" e se eu poderia resolver um problema de vazamento apto dela. Eu não faço isso mas lógico que disse que iria lá resolver. Então ela se levantou, mostrando o fio dental maravilhoso que estava, meu pau latejou na hora, ela pôs a saída de banho e disse que ia subir e que assim que trocasse de roupa me chamaria pelo interfone.

Foram os 5 minutos mais longos da minha vida até então, até que o telefone toca, era ela dizendo que eu podia subir. Ao chegar no seu apto, ela me recebe com um vestidinho de alcinha, sem sutiã, mostrando a marquinha de sol na sua pele, eu já babei naquela hora, tentei conter o olhar mas não deu, os bicos do seio dela já estavam quase furando o vestido... então ela me leva até a cozinha, disse que tinha uma água escorrendo, eu tentando disfarça o tesão fui em direção ao modulado da pia, me agachei e fui procurar o tal vazamento. Quando me viro pra dizer que não encontrei vazamento nenhum ali, ela já estava do meu lado, praticamente em cima de mim dizendo que o vazamento não era ali. Eu agachado, de frente pra buceta dela perguntei onde era então esse vazamento? Ela levanta o vestido, apontando pra buceta raspadinha, carnuda, cheirando a sexo, disse, é aqui que tá escorrendo direto. Nessa hora perdi toda a compostura, puxei ela pelo bumbum em minha direção e já foi de boca em sua buceta, realmente, muito melada, sabe, aquele melado gostoso, eu devorava a buceta dela enquanto ela segurava minha cabeça e só gemia, depois pôs uma das pernas sobre meu ombro, pra abrir mais, me mandando chupar mais fundo, chupar bem, aquilo me enlouqueceu, logo meu dedo escorreu pelo seu bumbum e encontrou o buraquinho do cuzinho dela, tentei forçar mas ela reclamou, então enquanto eu a chupava, melaava o dedo na buceta dela e ia lubrificando o cuzinho, logo meu dedo estava escorregando pra dentro dela, ela já não sabia se empurrava a buceta pra minha boca ou se empinava mais a bunda pra eu enfiar o dedo no seu cuzinho.

Não demorou muito, senti seu cizunho latejar no meu dedo, ela enfiou as unhas na minha cabeça enquanto urrava, era seu primeiro gozo do dia, logo minha cara ficou melecada pois ela literalmente esfregou a buceta na minha cara ao gozar. Então trocamos os papeis, ela se ajoelhou na minha frente, abriu minha calça feito uma desesperada, catou meu pau e caiu de boca, meu pau não tem nada de especial, é normal no tamanho e grosso mas ela chupava como se fosse o melhor pau do mundo, o vai e vem da sua boca sugava tudo que podia, ali eu já sento que o negócio seria frenético, ela chupava com maestria.

Quase estourando de tesão, e puxei e coloquei em cima de um modulado, cara aquilo foi feito na medida, foi só abrir as pernas dela e mandar brasa. Meu pau escorregou pra dentro muito fácil de tão melada que ela ainda estava, soquei forte mas devagar ainda, queria saborear cada segundo. A alça do vestidinho caiu por si só, como quem diz "olha só isso", um seio empinado, bem redondo, um bico moreno claro, implorando pra ser mamado, eu caí de boca, chupar aquele seio entando metia naquela buceta estava sendo um sonho. Ela gemia, só me pedia mais e mais "me fode" "fode a minha buceta". Não quero me gabar mas, sou muito bom com a boca, sei bem como chupar um peitinho bem gostoso, ela só me alternava entre um seio e outro e numa dessas meu pau escorregou pra fora, eu ia colocar de volta mas ela disse que não, queria que eu colocasse em outro lugar, seu cuzinho, pois seu marido não curtia muito (como assim, um cara que não curte comer o cú da esposa? ainda mais uma gostosa daquelas?)... Ela virou de costas, se apoiou no balcão, empinou a bunda e disse "mete gostoso". Dei aquela lubrificada de novo usando seu próprio gozo da buceta e fui empurrando, a cada centímetro ela gemia mais alto, era um "ai" muito gostoso de ouvir, eu a segurei pelo quadril pra enfiar mais forte, então ela mandou um "caralho" e se empurrou enfiando tudo nela. Ela quicava gostoso, seu cuzinho era bem apertadinho, dava pra sentir todo tesão dela no meu pau, a cada estocada eu delirava, já sem me conter mais anunciei que ia gozar, eu até pensei em tirar mas ela mandou "goza tudo dentro do meu cu".

A gozada foi forte, eu a puxei bem junto ao meu corpo, enquanto eu gozava, ela rebolava no meu pau, minhas mãos firmes em cada um daqueles seios maravilhosamente duros, meu pau liberando porra e ela com um sorriso maroto me diz, "acho que vou ficar te chamando pra vir aqui o tempo todo, meu apto tá cheio de problemas que meu marido não resolve."

Eu só consegui dizer que ela poderia me chamar quando ela quisesse. Quando tirei meu pau do seu cuzinho, a gala escorreu na perna dela, a safada ainda mandou um "uhm, tá quentinha!"

O resto do dia foi eu tentando me recuperar, desviando de todo mundo porque o cheiro de sexo estava impregnado na minha roupa e no meu rosto, demorou pra eu me livrar do cheiro dela naquele dia mas não demorou muito pra ela me chamar de novo em seu apto, mas isso foi outro dia e outro dia eu conto pra vocês.

Espero que tenham gostado.

Até a próxima!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
16/05/2018 00:44:24
Excelente conto continue

Online porn video at mobile phone


contos eroticos minha namorada virgem e meu amigo pauzudoerotico meupaicontoseroticosemrevistasver contos eroticos lesbicas de a ginecologista sexo relatosmarido gosta de ver sua. muler com outro pintudoPapai coxudo do caralhopornô grátis sobrinha Fala tio sua pica não vai caber na minha b********iniciando tonho conto de incesto eroticoeu quero ver mulher excitada sela de cavalo de p*******novinha perdendo avidadimaetrepando com a sua filha e ela goza a jatomorena branquinha loirinha e azul viagem com a bumbum mais bate com a bumbum mais pulacomo e bom ter um comedor sólido e um marido viadocontoseroticominha esposa, trepou com um casal de negroscontos eroticos vi meu irmão pelado pela brecha da porta e fiquei esxitada e passei a provoca elexporno loko disparao do pauvidios de porno da ply boihttp://conto me vinguei com pauzudomuitei em cima da minha espoza na cama vidio pornoBarra do negão comendo a mulher chupando o pau do negão vomitando 2011Mulheres malhadas dando para jegues caras do pau gigante pornoJoce boqueteirojogando video game pelado conto eroticomagrinha lavano a lapa bucetona grandemim arroba com esse pau de borracha conto lespicocontos de viadinho dr calsinharelatos de casadas que treparam e engravidaram dos seus amantesa gostosa do rabao de shortinho enterrado deu mole pro novinho e ele nao perduolPenis flacido castrar contoscontos chantagiei a filha do pastorxvideos predeiro comen patroaporno de coroucom novinhashttp://conto erotico um desconhecido ele abriu minha pernacontos eroticos padre nao e homem o substitutoMaceio alagoas meninos mostrando o pênis duropornopai g filinha arteiraxvideo chapeu zinho vermelho mandando nasua punhetacontos eiroticos leilapornencoxando na pirataxxxvideos.com meninas dado .como cabacuvideo porno novinhas sendo lanbusada pelos velinhos que o pau nao sobe maiscontos erotico comendo a subria dormindoponodoido comendo a cabeleira enquanto a esposa arruma o cabelo completopau pequeno contosgozando na boca crente novinha sem avisarcangapor hd pronvideos pornô coroa tarada cavalo sorcou o cassete todinhozoofilia com cadela no pri mero ciopadrasto veio do nordeste xupano bucetona da intiadaxxxvideos cunhada espeou sua irmã sair pra provocar .comcontoerotico.com/comi a pastora da minha igrejan********* tomando esculacho de pica brutamonte da tardexvideo zoofilia cachorro engata no dono que terta tira o pau e mao comsegue xvideof****** a b******** lisinha amarrada de perna aberta brasileiraMACIEIRA SEXO PORNOvilma levando rola do barneigostoza fudeno com 3travecosa honra da minha casa contos erótico xvidio.novinhas do cuzinho apertado resebendo pika cabesudaxvideos. buçetá de eguacontos eróticos papai.mimha bucetinha ta dodoimeu tio aproveitouse de mim conto erótico sou professora e fui obgda a dar a bunda pro diretor para ñ ser despedidaconto erótico gêmeas lésbicasHomem moreno claro de pigode coroa pornoContos eróticos encoxada gostinho gostosa seasusta com o tamanho da vara na buceta xvidioxvideos mulher bunda grande gostosa da mulestrao que singnifica a palavra merstubanoxvideo as novnhia da buceta carnuda conto erotico negao fecundandominha esposa branca e gorda dando o cu pro meu compadremeu namorado quer fazer sexo comigo menstruada conto eroticoContos titio sou virgem so se for no cuzinhocontos lesbicos com vibradormostre video de mulher deixando menino pegar na buceta dela por baixo do brstido contos mulheres casadas camareiro de hoteleu virei mariquinha de negão xvideos gayPorno estupro irma vai dormir mas o irmao no colchão de arzelador comeu minha mulher nA minha frenteA bucetinhade minha es virou um bucetao depois do negrão casadoscontoscontos eroticos anal ensinando a pilotar motoxvidiocomendo ocu da sogra incestoxvideos tiramo o terzaoconto minha tia tesuda peladachegou em casa filha foi pro pagode e genro ve mae coroa dormindo e vai elamesmo mete a peca filme pornox vídeos porno eu e minha mãe fomos tomar banho e fiquei esitadodesejo de matar no onibus encoxadorvideo de prono doido com loiiraas