MINHA PRIMEIRA BUCETA FOI DA MINHA MÃE PUTA! Cap. 2

Um conto erótico de NUBER
Categoria: Grupal
Data: 29/07/2019 22:43:06
Nota 10.00

Achei que morar com minha mãe seria muito ruim porque imaginei que ela iria querer me controlar, mas isso não aconteu, ela era totalmente liberal e a única coisa que me recomendou expressamente foi para ficar longe de más companhias e principalmente das drogas, mas esse tipo de coisa nem me passava pela cabeça, o meu vicio era sexo com muito prazer e minha maior preocupação logo que me mudei foi tentar dar um jeito de fazer as safadezas acontecerem rapidamente.

Infelizmente todo meu tesão ficou apenas nas punhetas, não consegui fazer amizades no bairro onde mamãe morava, todos tinham uma vida de muita correria e o divertimento não aconteceu como eu desejava.

O que realmente chamou minha atenção após a mudança foi a minha mãe porque quando ela morava na cidade do interior era toda totalmente recatada com suas roupas de “crente”, mas morando na capital logo percebi que tudo era completamente diferente de antes.

Clara é o nome da minha mãe, uma linda mulher de 35 anos, 1.70m, seios grandes e que chamava bastante a atenção dos homens quando passava rebolando seu bundão pelas calçadas do bairro, cabelos castanho claros cacheados e um sorriso muito bonito.

Mamãe falou para mim que trabalhava como promotora de vendas de uma empresa de produtos alimentícios e tinha um horário bastante flexível no serviço, mas logo percebi que o que ela hvia me dito não condizia com a verdade e nem precisei ser muito esperto para descobrir que minha linda mãe ganhava dinheiro como “puta” e isso acontecia junto com uma de suas amigas que frequentava sempre a nossa casa. Essa descoberta aconteceu porque mamãe achando que eu não estava em casa começou a comentar com a amiga sobre os programas que iriam fazer na parte da tarde com um coroa cheio da grana que gostava de transar com duas mulheres ao mesmo tempo e logo a coisa pegou fogo entre elas.

Selena era a amiga de mamãe, mulata de 27 anos, 1.80m, cabelos bem curtinhos, seios enormes, coxas grossas e um bundão super empinado.

O mais incrível foi que além de ouvir que as duas “putas” faziam programas sexuais também descobri que mamãe não fazia aquilo apenas pelo dinheiro e sim pelo prazer porque logo a conversa entre as duas foi substituída por um monte de gemidos e suspiros e apesar de não ter dado para ver tudo que rolava de sacanagem no sofá da sala deu para ouvir perfeitamente a voz da mulata Selena dizendo:

-Vem cadela branquela... lambe minha buceta preta sua safada... tô louca pra gozar nessa língua deliciosa... chupa do jeito que eu gosto... ahhh!

De onde eu estava não dava para ver, mas eu sabia que mamãe estava ajoelhada no tapete com a cabeça entre as coxas da mulata tesuda chupando sua bucetona com vontade, Selena gemia cada vez mais alto e chamava minha mãe de vagabunda, safada, vadia, cadela branca e gozava gostoso.

Fiquei taradão ouvindo bem de pertinho a sacanagem que rolava quente ali no sofá da sala que bastaram duas apalpadas fortes no meu pinto durinho para que eu gozasse deliciosamente, tive que morder meus lábios para não gemer e denunciar minha presença ali.

A safadeza continuava quente e logo em seguida as duas taradas mudaram de posição e pude ter uma visão bem mais excitante.

Mamãe ficou de 4 no sofá com as mãos apoiadas no encosto e foi a vez da mulata se agachar atrás e começar a lamber a buceta dela, os gemidos voltaram a ecoar pela sala e minha linda mãe sussurrou toda tesuda:

-Isso... sua cachorra tarada... lambe minha bucetinha rosada... você adora me chupar sua vadia... aiiii... quero gozar na tua boca!

Dava pra ver minha mãe rebolando e gemendo que nem uma louca sendo chupada pela mulata tarada que aproveitando o tesão da mamãe de vez em quando dava um tapão bem forte da bunda dela, isso atiçava ainda mais o tesão das duas, meu pinto mesmo depois de ter gozado continuava durinho como uma rocha, foi então que percebi de relance que os olhos de minha mãe tarada cruzaram com os meus, tive a certeza que ela me viu espiando a safadeza delas, fiquei alguns segundos sem saber o que fazer, mamãe estava chegando ao ápice do prazer novamente, seus orgasmos eram cada vez mais escandalosos e ela nem se importou com minha presença e continuou gozando como uma cadela no cio, voltei a pegar no meu pinto duro e senti minha bermuda toda molhada do gozo anterior e logo gozei novamente, só então sai dali e fui para o meu quarto e me deitei na cama ainda ofegante de tanta emoção que havia vivenciado bem diante dos meus olhos ávidos e curiosos.

Passados alguns minutos a porta do meu quarto se abriu e mamãe entrou vestida apenas com uma camiseta e se sentando ao meu lado na cama e abriu o jogo dizendo:

-Apesar do meu filhão sempre ter vivido naquela cidadezinha pequena com seus avós com certeza você me parece bem esperto e também bem taradinho porque pelo que to vendo na frente da tua bermuda você gostou e gozou bastante assistindo a sua mãe transando com a Selena né?

Dei um sorrisinho sacana e balancei a cabeça concordando com o que ela havia dito e ela continuou:

-Bem... acho que foi bom isso ter acontecido... já ta na hora de meu filhão saber direitinho pela minha própria boca, antes que alguma fofoqueira do bairro fale alguma coisa para você sobre o que sua mãe faz para ganhar dinheiro e sustentar a casa!

Rapidinho ela contou em detalhes tudo que aconteceu em sua vida desde que veio para a capital pra tentar ganhar dinheiro, como não tinha muito estudo logo descobriu que trabalhar como domestica ou faxineira não dava muita grana e uma amiga que fazia programas em uma boate a chamou para o negocio e ela rapidamente viu que era o meio mais fácil de faturar bastante grana e desde então abriu uma agencia de acompanhantes e trabalhando com as “putas” conseguiu uma boa poupança, carro e além da casa que morávamos também possuia varias quitinetes alugadas e terminou dizendo:

-Só para meu filhão ficar sabendo... hoje você viu eu a Selena brincando no sofá da nossa sala, eu adoro transar com a mulata tarada, mas não vai demorar para você se deparar com algum macho trepando comigo, eu trago alguns deles para casa, me sinto mais segura fazendo programas debaixo do meu próprio teto, portanto acho que se você gostou de me ver transando com minha amiga tarada, quando assistir eu transando com algum macho também vai gostar muito né seu safadinho?

Dei um sorrisinho sacana e disse:

-Mamãe... fiquei tranquila que não vou atrapalhar você em nada... eu juro... claro que adorei ter visto sua amiga te lambendo por tras igual a uma cadelinha... eu nunca tinha visto isso assim ao vivo... só nas revistinhas pornôs... nossa... fiquei taradão com seus gemidos... uma pena que não pude gemer alto como você quando gozei... também sou bem escandaloso quando gozo!

Mamãe sorrindo sacana disse:

-Me fala uma coisa filhão... o que você já fez sexualmente... conta para a mamãe!

Pensei em contar minhas aventuras “gay” com o farmacêutico tarado, mas fiquei receoso de abrir o jogo por completo e fui devagar dizendo:

-Bem... na verdade, nunca fiz nada com garotas... para falar a verdade só fiz troca-troca os garotos do futebol... fiz isso varias vezes!

-Hummm... eu sei como é... os garotos adoram comer a bundinha do outro... isso é completamente normal... com as garotas também acontece o mesmo... começam com uma simples brincadeirinha tipo aprender a beijar e logo uma ta lambendo a buceta da outra... comigo aconteceu isso também... e até hoje eu tanto gosto de chupar pau quanto de chupar buceta... gozo gostoso tanto com homem quanto com mulher... mas vamos continuar nossa conversa no chuveiro...to toda suada e molhada e meu filhão também todo gozado... vamos tomar banho juntos no banheiro do meu quarto que é bem mais espaçoso... vamos filhão!

Rapidinho me levantei e segui mamãe, entramos no quarto e ela tirou a camiseta ficando peladona, também tirei a bermuda ficando peladinho e entramos no box do banheiro e a agua foi ligada e ela entrou debaixo do chuveiro e fiquei olhando sem piscar os olhos a buceta branca e lisinha da mamãe, ela possuia um grelo bem saltado entre os lábios de sua buceta e então me deu o sabonete dizendo:

-Ensaboa as costas da mamãe meu querido... não precisa pressa... meus banhos são sempre demorados!

Fiz o que ela mandou, mas em seguida reparei que sua bunda empinada e branca estava bem vermelha dos tapas que a mulata grandona tinha aplicado nela e bem sacana falei:

-Nossa mamãe... a mulata taradona bate forte hein... teu bumbum ta bem vermelho... sua amiga não teve um pingo de dó hein!

-Safadinho você... nem pensou em ir socorrer a mamãe né... ficou quietinho assistindo eu apanhar na bunda... e gozou né seu taradinho!

-É... mas nem pensei nisso mamãe... dava pra ver e escutar perfeitamente que você tava adorando... ela batia com força e você gemia gostoso!

Mamãe virou de frente para mim e toda safada disse:

-Pronto... agora quero que meu filhão safado ensaboe a frente do meu corpo... quero minha buceta bem lavadinha tá... e voltando ao assunto tapas... realmente eu adoro apanhar na bunda quando a Selena me chupa por tras... ela sabe como sugar meu grelão... meu tesão vai aela é uma tarada sádica e espanca meu bumbum sem dó... ela sabe como judiar da tua mãe puta... hummm... já to ficando com tesão só de falar disso!

Eu não sabia onde fixar meus olhos inquietos, nos seios enormes siliconados da mamãe ou na sua buceta lisinha greluda e ela então disse:

-Vamos filhão... quero suas mãos espertas ensaboando bem gostoso a frente do meu corpo... faz tempo que um garotão novinho não faz isso em mim... até uns 6 meses atrás tinha o filho da faxineira que vinha dar um trato no jardim de nossa casa e de vez em quando ele me dava banho... agora é a sua vez!

Em segundos o sabonete estava deslizando pelos seus seios de bicos grandes e duros, em seguida enfiei a mão entre suas coxas e ela abriu as pernas e disse:

-Lava direitinho meu gatinho... pode esfregar bem... quero ficar bem cheirosa... to adorando suas mãos... são deliciosas como imaginei!

O grelão da mamãe cresceu um pouco mais e não teve como ficar indiferente e meu pinto também ficou durinho e mamãe toda safada disse:

-Safadinho hein... taradinho que nem a mamãe né... gozou gostoso... mas tá com tesão de novo... assim... continua esfregando minha buceta com força... só para quando eu mandar!

Realmente eu tinha uma mãe completamente puta, ela queria que ser masturbada e eu estava adorando aquela sacanagem deliciosa, o meu fragil instinto de macho fez com que eu tentasse fazê-la sentir ainda mais prazer e com uma mão bolinava seu grelão inchado e com a outra apertava os bicos dos seus seios e logo em seguida abocanhei seus mamilos e mamei gostoso, mamãe deu um gemido alto e sussurrou:

-Isso... assim meu safadinho... chupa meus seios... bolina com força meu grelo... vou gozar... ahhhhhhh!

O grelo da mamãe inchou ainda mais, parecia até um micro-penis e ela deu um gritinho e gozou nos meus dedos e logo em seguida ela toda safada disse:

-Vamos para a cama continuar nossas brincadeirinhas sacanas... mamãe vai te ensinar a ser um machinho gostoso... quando você falou que ainda era virgem... fiquei taradona... faz tempo que não pego um virgem... quando morei do lado de um colégio tirei o cabaço de vários garotos!

Mamãe me puxou pelo braço e em segundos se sentou na beira da cama e toda tesuda disse:

-Quero meu filhão ajoelhado no meio das minhas pernas... vai chupar meu grelão até eu gozar de novo... eu sei que você vai fazer isso direitinho... vem meu safadinho tarado... lambe e chupa a buceta da tua mãe puta... depois que fizer isso... vou deixar você foder minha buceta e meu cuzinho!

Não precisou mandar duas vezes, enfiei a cara entre as coxas dela e comecei a lamber aquela buceta quente como um vulcão, o grelão da mamãe era enorme e suguei ele como se fosse um pintinho e a safada não demorou muito para dar um grito e gozar na minha boquinha, adorei o gosto do melzinho que saiu de dentro dela!

Mamãe rapidinho ficou de 4 na beira da cama e disse toda safada:

-Fode meu cu e minha buceta meu virgenzinho tarado... soca com vontade... quero sentir esse pintinho fodendo meus buraquinhos tesudos!

Para quem nunca tinha feito isso até que que me sai bem, o tesão de transar com minha própria mãe fez meu tesão se multiplicar e como já havia gozado duas vezes, fodi a buceta e o cu até não aguentar mais e então mamãe me fez deitar de costas na cama e engoliu meu pinto todinho, que boca quente que ela tinha, não consegui me segurar e gemendo bem alto gozei na boca da minha mãe puta.

Saimos da cama e voltamos para o chuveiro como se tudo que tivesse acontecido fosse a coisa mais normal do mundo, minha mãe então resolveu me dar um belo banho e a conversa continuou bem sacana e reveladora.

Mamãe contou que desde bem novinha já chupava pau e dava o cuzinho e quando se casou com meu pai já não tinha mais nenhum cabaço e desde que entrou na vida como garota de programa descobriu que era muito mais pervertida do que imaginava e revelou que topava tudo no sexo sem um pingo de preconceito e disse que iria me ensinar todas as sacanagens para que eu gozasse cada vez mais gostoso.

Foi então que mamãe enquanto esfregava minhas costas deu um tapinha de leve no meu bumbum empinado e disse:

-Filhão... você tem um corpo perfeito e uma bunda linda de fazer inveja para as mulheres... você disse que fez troca-troca com vários amiguinhos... com certeza você era bastante assediado por eles né... fala a verdade para a mamãe... você gostava mais de dar ou de comer?

Como eu não tinha contado sobre o farmacêutico tarado resolvi abrir o jogo adaptando minhas aventuras sexuais dizendo:

-Bem mamãe... meu pintinho era bem pequeno e eu quase nem conseguia enfiar a cabecinha no cuzinho dos meninos, mas eu tinha um amigo chamado Marquinhos que era um ano mais velho que eu e tinha um pinto bem maior do que dos outros garotos, o safado adorava comer meu cuzinho e eu adorava dar para ele... gozava muito gostoso sentindo seu corpo batendo forte no meu bumbum, mas agora que experimentei a sua buceta acho que vou gostar tanto de uma quanto de outro... acho que puxei a mamãe tanto de corpo quanto de sacanagem!

Mamãe me abraçou e encheu meu rosto de beijos dizendo que eu era maravilhoso, que me e um monte de palavras lindas e também retribui com muito carinho.

Com certeza mamãe queria me proporcionar muito prazer porque toda semana ela trazia uma de suas amigas putas para nossa casa para transar comigo e claro que adorei, em seis meses comi tanta buceta que perdi a conta, mamãe de vez em quando fazia eu chupar sua bucetona greluda e gozava gostoso molhando meus lábios sedentos com seu melzinho delicioso.

A safadeza a cada dia ficava mais quente e mais prazerosa.

Acessem //isolandiwcwatches.top/whassup/perfil/180559

e-mail: [email protected]

CP1 member

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
30/07/2019 10:03:45
E a mamae nao trouxe nenhum cliente pra comer esse cuzinho nao?
VIC
30/07/2019 09:17:13
showwwwwww
30/07/2019 01:40:41
Ótimo conto cara até o seu próximo relato

Online porn video at mobile phone


www xvidios brasileiro mães filhas e tias e comadres com afilhados comconto erotico ocheirinho gostozodo meu cuzinho na minha calsinhaduas travesti covardia estupro porno virgem novinhacontos porno gratis estupro sadomasoquismo submissãomulher que encolheu todinho com ponta do rabo XVídeos brasileiroTirei o himen da buceta da esposa do meu amigo sua buceta sangrou conto eroticocontos eróticos uma vida incestuosa como tudo começou pt 3pornodoido lesbicas ate os pulçosContos zoofilia d mulhers q se engataram com cachorro na posisao papai e mamaeXvudeos negra inxirida com varasiririca em horas inoportunasnegao arregaca cu de vadia contosxvideo mulhe tantâo dançando cauçinha vaitoma sua gostosacontos eroticos gay o estilingueconto cachorro comendo a donaSexocompaixaocorno covarde chorãofilha gulosa senta o cu na rola do pai de 40cm desce devagarxx videos teste de fedelidade brasileirovideos longo/penis monstro negros gosando dentro do cu do viadinho branquinhoo gay mundo bichacontos boquete fe casada no ubergts agaxada mostrando o bucetaocontoseroticos a menina e o velho do parqueponodoido meu pai e minha babaescrava sexual virgemO negrão entupiu a bucetao de minha mulher casadiscontosminha tia me esfreganos peitos e pega no pauEu quero ver bucetaaaaahamigo do meu maridinho tinha uma rolonairman liquida divida do irmao pro amigo com bucetaMim fode Adilsonvidios de sexiso mmulher com tocudocontos eroticos desconhecido tirando cabaço d mulecawww gostosas do zaptkcontos eroticos brutais, estiquei o clitoris ate sangrarmeu padrasto me comeu e minha mãe participoucomendo as coroasde shortinhoxvideotvbucetanovinhocontos eróticos meninas de 25 anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinhos vermelhoconto eroticos lésbico putinha vadia vagabunda piranha fuder tapa na cara buceta xoxotaContos Eroticos submissãocontos eroticos gay SEQUESTRO videos de sexo enchendo de porra esperma semem dentro da buceta jovem gozando dentropunhetá p gostosa dormindo ŕuivavídeo porno gay sensualismo mundobicha.commiha putinha loira procura negao do pinto grandecontos eróticos eu e meu sobrinhopai passa pelo quanto da filha e ver ela dormido so de pijama no porno doidopsicologia enfrento hiv minha filha e guei ajudabucetinhavirgemmagrinhapasei amao nela eila goistou nuonibuFiz sexo com meu profeastrês cara metendo numa mulher e ela gozando de esguicho os caras rindoxvideo gay minino bateno chutinho de cuecaxvideos essa mulher fezes 32 homens de trouxa contos novinha dando cu para o pedreiropornodoido pai dando liçao na filha por pegar seu cartoa de creditoconto lavador de carro pauzudoXvideo irmãoo tarado comedo irmã gostosa de chorta azu durmido.meu marido adora leva porra na portinhaa do cumulheres maduras gordinhas greludas derramando gozo na cara da amigaquero ver mulher pelada na praia de nudismo negão do pau bem grande com cimentoxvideos.20150690.commulher.cal.fiudentalsurpresa+no+banheiro+pornometendo na salgadeira bundudae já te mandei tu também vai vídeo pornô adoro sexo de lavadoraContos ertcos me mastubei na sala de aula flagada pelo garoto novinhobucettao inchadasbucetao na boca contoamo meu corninhoConto porno prima perdeu no jogo teve que dar a bucetanovinha goziu tanto que a gala espirrou na cara do namorado ti gizandoX video Adilson mim fodeContos coloquei um shortinho d menina e acabei estupradocomi a puta do meu tio a forca contovimeu cachorro engatado emcadela quistambem comtocontoseroticos minha mae traiu meu pai e eu tambem comiConto gay - "pede rola"contos erotico tarado sequestrador fudendo nifeta filha de bacanacontos eroticos meninas de oito anos transando com cachorro com calcinha preta lacinhos vermelhovídeo biscatinha gostosa nora pagando a dívida do marido para o sogro