É dando que se come

Um conto erótico de Marcelo
Categoria: Heterossexual
Data: 12/07/2019 12:55:55
Última revisão: 16/02/2020 17:27:57
Nota 10.00

O que a gente não faz para comer um cuzinho, não é mesmo? Já fazia um tempo que eu estava namorando a Lúcia. Ela é uma menina bem simpática, simples e divertida. Tem uma bunda de dar inveja, mas os seios são pequenos. Nada que a deixe menos interessante, pra mim era perfeito, mas ela sempre se queixa que podiam ser maiores. E se tu queria ver a Lúcia brava era só falar alguma coisa dos seios, podia elogiar e ela já te olhava estranho.

Ela é um Tesão na cama, com T maiúsculo mesmo, mas não queria dar o cuzinho de jeito nenhum. Se fosse hoje, depois de tudo o que já me aconteceu, eu deixaria assim, mas na época eu tinha uma tara louca por cus. Tentei convencê-la de várias maneiras. Conversei, meti um dedo enquanto a gente transava pra ver se despertava algum desejo, mas não tinha jeito.

Um belo dia a gente estava na cama quando eu ameacei meter o cacete e pronto. Ela levantou correndo e foi pra janela. Eu quis ir atrás dela, mas ela disse que não. Foi tipo: "NÃO!", sabe? Curto e grosso. Então eu fiquei ali olhando pra ela com cara de arrependido enquanto ela olhava pela janela para o outro lado da rua. Foi então que ela disse:

- Só dou com uma condição.

- Qual?

- Se tu me der o teu primeiro.

- Kkkkk! Como tu vai fazer isso?!

- Sim ou não?

- Tá!

- Tá, o quê?

- Tá bom!

- Beleza!

"Ela fez aquele sorrisinho maroto! Pts, o que ela vai aprontar?" pensei eu. Ela então pegou as roupas e se vestiu rapidinho.

- Espera aqui

- Onde tu vai?

- Só me espera, tá?

Ela saiu do quarto e eu ouvi quando ela pegou as minhas chaves e bateu a porta do ap. "Que diabos ela vai fazer?" Foi aí que eu me dei conta! O que tinha mesmo no outro lado da rua? Uma sexy shop! E se ela estava falando em me comer, o que ela compraria lá mesmo!? Lá estava eu sentado na cama com as mãos na cabeça.

O pior é que não era só um ataque ao meu rabo, era um ataque a minha dignidade, porque eu conhecia as meninas que atendiam naquela loja. Elas sabiam que a Lúcia era minha namorada e elas iam ver quando ela entrasse na porta do meu prédio. Ou seja, elas iam saber bem aonde a Lúcia ia enfiar aquela coisa! E mais, eu dividia o apartamento com outros dois caras. Um deles estava viajando, mas o outro, o mais debochado, estava lá no quarto ao lado.

Em menos de vinte minutos ela estava de volta. Chegou com uma sacola vermelha e tirou aquele negócio de lá de dentro pra me mostrar. Era um pinto roxo preso numa cinta. Ela tirou a roupa e vestiu a cinta enquanto eu só olhava ali sentado na cama com o travesseiro entre as pernas.

- E aí, vai ficar de quatro ou o quê? Ué? Não é tu que disse que não doi nada, que é só relaxar e aceitar?!

Eu e minha língua grande!

- Tá bom!

- Vai, fica de quatro.

O pior é que ela falava alto, e eu não sei o que o meu amigo estava fazendo, mas ele estava muito quieto naquela manhã. Fique de quatro então. "Relaxa cara!! Relaxa!" pensei eu. Ainda bem que não tinha nenhum peido pra sair na hora, porque eu realmente consegui relaxar. Era uma coisa muito estranha ficar ali com o pau e o saco pendurados enquanto tu espera que outro cacete, um cacete falso ainda por cima, entre em você. Eu sentia como se tivesse traindo o meu pau, queria pedir desculpas pra ele. E quando eu vi entrou aquele negócio gelado e duro. Deu uma dorzinha na boca do cu, mas já era. Dei um pequeno gemido, mais de susto que de dor.

- Tá doendo?!

- Não.

- Tem certeza?

- Vai logo!

Felizmente ela comprou um negócio pequeno. Então ela começou a socar uma, duas, três, quatro, cinco vezes.

- Nossa, como isso cansa!! - desse ela.

Ela continuou socando até que eu comecei a sentir uma sensação diferente. Pior, cara, que estava começando a ficar gostoso! De repente eu percebi que eu estava gemendo igual uma mulher, só que com a minha voz grave. Foi muito natural aquele gemido, era como se tivesse um botão de play lá dentro do rabo porque aconteceu de forma bem inconsciente, não foi de proposito. Mas aí ela parou pra perguntar.

- Tá tudo bem aí?

- Ah Deus!

Eu levantei, virei pra ela e disse.

- Tá, tu já me comeu, agora é a minha vez!

Tu já sentiu pena da menina quando ela te olhou com aquela cara de cão sem dono? Ela ficou ali me olhando, tirou a cinta devagarinho com aquele olhar triste e se virou ficando de quatro pra mim! Eu me senti culpado, quase não fiz, mas meu orgulho ferido falou mais alto.

Peguei o lubrificante que ela usou em mim, passei no pau e encostei ele na boca do cu dela. Ela afundou a cara no travesseiro e ficou bem quietinha. Mas estava apertando o cu com toda força. Era impossível meter.

- Relaxa!

Vi quando ela relaxou e meti a ponta bem devagar. Ela fez um som com a boca de "hmmm" que foi ficando cada vez mais agudinho, começou a apertar o lençol com as mãos e apertou meu pau com tanta força que a ponta escapou.

- Calma, relaxa...

Assim que ela relaxou novamente eu meti de novo e fui enfiando aos pouquinhos. Ela apertou de novo, mas aí já estava mais da metade dentro. Meti até o fim. Ela ficou paradinha, não mexia um músculo e não fazia um som. Então eu tirei um pouco com cuidado e meti de volta. Ela não fez nada. Eu tirei um pouco de novo e meti de volta um pouco mais rápido. E um pouco mais rápido e mais rápido ainda. Ela não contraiu mais, estava aceitando. E eu só aumentei o ritmo. Quando vi, eu senti que um líquido estava respingando nas minhas pernas. A danada tava com a xana mega molhadinha!!

- Mas ah, mulher!!

Deu um tapa na bunda dela e agarrei ela pelos cabelos fazendo ela levantar a cabeça. Ela agora gemia sem parar. Já tava até pedindo pra eu meter mais rápido. Aquele cuzinho era tão apertado que tinha que tomar cuidado na hora de meter pra não quebrar o pau.

Ela agarrou minha pélvis com a mão, achei que ela queria parar, mas não, ela fez força pra que eu metesse mais rápido. A safada tinha descoberto o que é bom! Hahaha! Gemia sem parar e alto, a guarda da cama batia violentamente na parede. Não demorou muito até eu gozar.

Depois que ela foi embora meu amigo veio me perguntar o que foi aquilo.

- Nunca ouvi ela gemer desse jeito, cara! No início eu até achei que era tu gemendo, mas depois vi que era a voz dela!

Ela não levou o brinquedo com ela quando voltou pra casa. Eu não sabia o que fazer com aquilo, então meti debaixo da cama. Só não me dei conta de que meu amigo tinha um cachorro que volta e meia brincava embaixo da minha cama. Não demorou até que aquele negócio roxo fosse despedaçado na sala de estar. Por incrivel que pareça ninguem me perguntou o que era aquilo.

Mas o pior foi quando eu encontrei as meninas da sex shop numa caferteria próxima de casa. Elas estavam todas tomando café numa mesa enquanto eu comprava um cafezinho no balcão. Uma vez eu tentei alguma coisa com a mais bonitinha delas, uma ruiva, mas ela não quis nada comigo. Mas naquele dia ela olhou pra mim com um sorrizinho maroto e deu uma piscadinha. Depois ela falou uma coisa baixinho com as outras e todas começaram a rir. Ah, eu não sabia aonde meter a cara!


Este conto recebeu 6 estrelas.
Incentive Marcelo Mateus a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
26/10/2019 08:18:09
Muito bom, votado.
05/08/2019 06:40:06
Muito bom. Parabéns. Essa namorada lembrou uma ex minha
30/07/2019 18:06:49
Eu tenho 52 anos procuro um companheiro Fixo, ou algo mais....se possível que more em SP na zona sul .... não curto versátil.... Email Skype eddie
12/07/2019 19:55:36
Que delicia
12/07/2019 18:55:59
KKK! Muito bom! Dá uma olhada no meu conto " A Rainha das Trevas" que tem uma pegada similar
12/07/2019 14:09:33
ahah muito bom, engraçado e excitante, conte maisssss bjs
12/07/2019 13:49:38
uauu que delicia de experiencia hem amigo

Online porn video at mobile phone


homem comendo novinha de quatro puxando pela cintura metendo a vara e g*************Minha esposa quer um menino pra fudela casadoscontoscontos safados mais interessantes casada mae filha fazem sexo com gero dotadosmeninas sendo encoxadas no onibus lotado/casadoscontosminha mqe me pediu a toalha e fudemosnora novinha conto sexoentregafor fundeno a cliente na casa dela sem o marido saber contos eróticosmeu namorado quer fazer sexo comigo menstruada conto eroticocontos meu patrao invocou com minha mulher contos eroticoscâmeras escondidas que estragaram Anitta dando a bucetacunhado gosando na dunda sem tirar o chortes xvideospornô doido mulher ligando o marido na quarentenavovô abusando conto eróticoContos eroticos tia tirou afinidade do sobrinho Minha esposa disse pra minha sogra mae agora fica de quatro pro meu marido fuder seu cu virgem voce vai adorar conto eroticofilme porno das pantera meu tio foi passar um fim de cemana na minha casaxxvideosamovideo mendingo pau gigante come coxuda de minisaiaposicao papai mamae ponodoidoconto gay passiva pauzinho broxacontos porno scat lesbicoMathz - CASA DOS CONTOS EROTICOScontos eroticos fudendo com a síndica do prédioxvideos dificil pra.vc lukamunher gozar gritando na pica du amantescasada corno.dirigindo ela aprontou contosmulher ficou brava kid bengala arebetou vizinho dela xvidio Jackson goiaba XVídeos gayXxvideo so a cabeci.ha nela dormindoeu ti aguarrei novinha pede padeixei minha mulher tranzar com negao megaxvideos zoofilia cavalo e cachorro virado em ticoFui descabaçada por um pirocudo e ele ainda gozou dentro da minha bucetinhaeuconfessosograWww.testedefudeludade.comx videoARREBENTO CU JAPINHA BAIXINHA GRITANDOconto eróticos menina estrupada por mordomo ponodoidomulher tomam do tiro nabuseta de revolverbaixar clip 16 .com porno mulher mini saia no metro mete a mao na calcinha delaconto gay virei a puta de varios machos na saunaa infidelidade da irmã resolve dar a buceta ao irmão mais novoMeu irmãozão grandão enorme comendo novinha fodendo o piru grandão comendo a novinha pretaputas piriquetes da favelas chupando um cacete no carroeu quero ver a coxadinha acaba com a pica para fazer encostando nas mulher de calça compridacontos eroticos meninas de seis anos transando com cachorro com calcinha preta com lacinhos vermelhox video caralhomuitogrande mulher não aguentoNovosfiumepornomuleke come buceta na cachoeira sem camisinha na matatio tira vingidade denovinho dormindovideos de sexo de travestis com cheiro a chulecontos minha sogra proibida minha amante ate hoje.conto crente fofinha sexo analMulher gosando muco xvidiobaixar xxxxvideosmulher traindoIM01- ela so queria. aprender a amar conto erótico tirei virgindade de minha irma com sindrome contoincesto com meu vô contosXVídeos brasileiras mulheres Mutantes para marido chamando nome de outro caseirominha mae pedio pra depilar minha xaninha i acabamos nos chupando filme brasileiroxxxvidios so pau porreta de grandemulheres tocam siririca com a calçinhadentro. da bucetahomem, gozando, dentro, da, biceta,, dwmulher, gravida, no, carrohttp://quero conhecer adolecente para namoro com peitinhos novinhos e bucetinha lizinhaflagrei minha filha anal contoMeu compadre fudeu minha buceta e cumulheres provocando pedreiros encanadores que vão receber suas casas de casadosai meu cuzinho primo eu sou virgem nunca dei poha devaga doi moitomeia prima querendo dois negao dt porno doidoconto erotico crente rabuda abusada borracheiro www.negao metie na velha porno.comnovinhas dancani funk peladao mostrano a bucetacontos gays o mimadocontoerotico eu namorada mae e tiofudendo a matasrtaContos eroticos de velhoso mostrei a bunda pro meu cunhado e ele gozou