Minha vizinha e seus pés - Pt. 2

Um conto erótico de GShadow
Categoria: Heterossexual
Data: 13/08/2019 23:40:54
Nota 10.00

Para entender recomendo ler a pt. 1!

Além do calor que tomava meu corpo a explosão de sentimentos era inevitável, ainda pasmo e abismado em realizar um sonho que era poder colocar a boca naqueles pés, já estava excitado a algum tempo, e parece que ela começou a ficar também, se contorcia de leve, havia um pequeno sorriso em seu rosto, e sem avisar eu prontamente envolvi minha língua em seus dedos, o gosto era maravilhoso, a textura, tudo, no mesmo momento ela solta pequenos gemidos, foi minha deixa para prosseguir.

Fiquei alguns minutos lambendo dedo por dedo, entre eles e uma parte da sola, e no instinto, no momento de tesão, com uma das mãos puxo o outro pé para cima do meu pau, que estava extremamente rígido a algum tempo dentro das calças, não houve relutância, então continuei, até certo momento que nem precisava mais realizar nenhum movimento, ela já sabia o que fazer e parecia estar gostando.

Comecei a abrir a calça e baixar, deixando tudo à mostra, hora de trocar os pés, coloquei o direito que eu deixei extremamente babado para continuar pressionando meu pau, e o outro comecei a repetir o ritual de beijos e lambidas, em algum momento ela sabia o que fazer, e já estava me masturbando com apenas um dos pés, já parecia ter maestria, em meio a isso, vejo que ela está se tocando também, por cima de seu pijama, sem hesitar, ela tira os pés de mim e indaga:

- É minha vez de usar a língua.

Continuo sentado no sofá, ela se levanta e se ajoelha na minha frente, tira o restante das minhas calças e enfim me toca com sua mão, um toque leve, mas firme, me masturbando lentamente, olhando fixamente pro meu pau, até que certo momento faz uso de sua boca, e que boca...acho que nunca estive tão excitado em minha vida, faltam palavras para explicar tal momento, era literalmente um sonho se realizando.

O tesão era grande demais, não aguentei muito tempo, pedi para parar em seguida, e a convidei para irmos ao quarto, onde seria mais confortável, ela foi na frente, já tirando sua roupa, seu corpo era lindo, me deixou ainda mais com tesão, ela chega na beirada da cama e se vira completamente nua de frente pra mim, além de ainda nervoso e incrédulo, tinha que falar alguma coisa.

- Sempre sonhei com isso...você é uma delícia e te quero, agora!

Ela apenas sorriu, e eu a beijei, foi apaixonante, cheio de tesão e desejo, desci ao seu pescoço, dando beijinhos leves, sentindo seu cheiro, a textura de sua pele, era tudo maravilhoso, fui descendo em seu peito e seguindo com beijinhos e algumas vezes utilizando a língua, inclusive no momento em que estava dando uma atenção à seus seios, do tamanho perfeito, cabiam na palma da minha mão, em meio à pequenos gemidos ela segurava minha cabeça por trás com uma mão e com a outra arranhava minhas costas.

A deitei na cama e segui com os beijinhos pela barriga, seguindo pelas coxas, alternando entre uma e outra, pernas, até chegar novamente em seus pés, dessa vez para cima, onde tinha toda a sola a minha disposição, e ainda a visão de sua buceta, depilada, que por sua vez estava cheia de mel, me deu água na boca, deixei os pezinhos um pouco de lado e a surpreendi com um oral, comecei devagar de baixo para cima, tirando o excesso de lubrificação e espalhando em cada canto daquela maravilha, o gosto era adocicado, maravilhoso, à cada passada de língua por entre seus lábios a ouvia gemer alto, o incentivo para continuar.

Prossegui, ela parecia estar gostando muito e a queria agradar, além de ser satisfatório agradar uma mulher, era a mulher da qual eu sonhava em ter em meus braços e na minha cama, não precisou de muitos minutos pra ela segurar com força meus cabelos e empurrar minha cabeça mais entre as pernas, ela havia chegado ao orgasmo, foi maravilhoso ouvi-la gemer, sentir os tremores em seu corpo e seu mel escorrendo em minha boca, me afastei um pouco, mas ela não queria parar por aí, nem eu, segui novamente para seus pés, deixando-os no ar, enquanto ela ficava de buceta para cima também, em uma posição tipo frango assado, onde eu conseguia penetrá-la e ainda ficar com seus pés em minha cara, e foi o que eu fiz, pincelando meu pau em sua buceta algumas vezes ao mesmo tempo em que lambia seus pés, ela ajeitou para que entrasse nela de uma só vez, estava extremamente lubrificado, não teve dificuldade alguma, foi o ápice do prazer, sentir a mulher da qual eu desejara por tanto tempo.

Porém, ao passar por tudo isso, meu tesão estava em níveis inimagináveis, no conjunto da obra entre estar penetrando nela e lambendo seus pés, logo cheguei no ápice e avisei que iria gozar, ela forçou seu corpo contra o meu, e foi entre ver estrelas e gemer alto com a cara em seus pés que a preenchi com meu gozo.

Alguns segundos se passaram até me recompor, estava sem energia nenhuma, me deitei ao lado dela, apenas nos olhando, imaginando do tempo em que esperei por isso e me privei disso, imaginando se houvesse alguma consequência, momentos depois ela se levantou, começou a se vestir e finalmente falou comigo:

- Não imaginava que tinha toda essa vontade por mim.

- Você nem imagina... – Respondi

- Podemos repetir mais vezes, tem meu número – me disse, piscando para mim – e deixei também um presentinho.

Sem delongas e vestida, ela abriu a porta do apartamento e foi ao seu, na sala havia deixado seu par de chinelos e sua calcinha, dos quais claro, fiz bom uso um bom tempo depois, quando não tinha oportunidade de estar com ela.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
14/08/2019 23:32:05
Essa sua vizinha deve ter corpo lindo e pés mais lindos ainda. Ótimo conto cara
VIC
14/08/2019 06:45:57
Que delícia...meus parabéns

Online porn video at mobile phone


peqeu minha coinhada trocamno a roupa cexicontos eroticos corno deixa o proprio filho foder a mulhercontos de sexo depilando a sograminha enteada fez sexo comigo doidona de cervejacontos fantasias anal pinto monstrovídeos pornô de mulheres fazendo sexo com máquinas postiçapornô irado mulher no supermercado se masturbando enquanto os outros passamwww xvideos negão com penis 59cm comer. quatro mulher bucetuda.comconto erotico talitavídeos de biscatinha novinha brasileira gostosa safada entiada metendo c padrasto sem ninguém perceberContoerotico estuprarao e comerao minha mae no onibusgranfina caindo da sacolacontos eroticos com novinhas atiçadasxchamster novinha da o cu ejacula pela bucetaPrimeira vez q dei o cu vestido de travestpornoalesbicaeu quero pornografia pornografia as meninas redondo com sua vida achando tudo grandepornodoidomadrasta me oçhandominha esposa chegou do servico cherando buxeta azedaContos de incesto mãe e filhocontos minha sogra anda de camisola www.contos de scat namorada chupando o pau de bosta dereto do cu.comconto erotico sexo bruto com 2homemgalson come a vagabunda no bar enquanto conversa com amiga pornoporno.mae.estrupra.finhagaroto punheteiro macumbeiro xvideodocenandamamei contoscontos corno grupalsogra convense a filha virgem perder cabaso .com seu maridopadrasto infiando a mão xvidioconto na enchente comi a mulher do chefeflaguri minha irma pelada e transei com ela you tubecontos eroticos..minha prima me fez virar viadoooorapaz bonitogosando x videosContos eroticos heterosexual picantes com cenasempurando ate o talo na bucta peludinha xvvideoXVídeos mulher transando com sílaba agressivamentepés chulé contomotorista de onibus que molhou a buceta de tanto prazer em dirigirsexo de encoxando na mae de vagarinhapornodoido esperimentei o cafe da milha sografodendo a buçetona da coroa ver video em poucos minutosvideo de sexo magrinha tentou fugir mas fico imobilizado com o pau gigAnte no cuConto erotico gay mão bobaespeando o primo tomar banho e se da mal e estruprada pornodoidoContos eroticos sapatao machaoxvideo Brasil com cara de surpresa quando ver o pirocao e fala nossa que piroca grande não vai caber nãocontos eroticos meninas de doze anos transando com pai com calcinha preta com lacinhos rosaxvideo.puta.seducido.casa.gravado.ao vivowww.meninosgay.dandocucontos eroticos pastor faz irmãzinha chorar com pau grande no prabominha vida de chifradeirapornodoido quando mamae nao esta em casa. eu fodo assim com papainovinha apois uza droga trazanoxvideo novinha reclama quando sente pica entra travada ela grita pra tira ta tuendoMeus amigos me foderam bebada contosse voce fizer sexo nova e depois so mais velha fazer o cabacinho fexacasa dos contos eroticos elementarianscontos mulheres que gostam de cu de homemtirando toda a roupa e causinha fiu dentau vidiosgatinha. trepanfo. pau. 50. citimetruCaíque levando rola no cúvídeo de mulher com o Playboy mostrando a bunda no conto o homem sendo o piru da xana delairma bunduda pediu pro irmao tira a virgindade do cuzinho contoso ditao negao comeu minha esposaxvideos as muleris que leva macharesver pauzão inteiro no cu gosando jatao de vazar e pingamolhes pela porno vida de meninas de 19 anos contos erotico de puta dando da a buceta pro mendigogozando dentro da buceta das lindonas nas baladasponoxvideo pingelo mermelhocontos gay afeminadoshomens da chapeletao do pênis enchodo arrombando cucontos casada seduzida pelo caseiro picudoxxxxxvideosirmao come a irma dormindocontoerotico eu namorada mae e tioo cunhado cunhado esfregando a rola na na no rabo da cunhada de sainha de seda pretaSou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhacontos minha mulher toda siliconada virou p*** do dono da academiairmãtocaiairmãovideo gta conaminha namoradacontos eroticos professora