Irmã safada entrou no meu quarto escondida

Um conto erótico de José Roberto
Categoria: Heterossexual
Data: 09/10/2019 11:25:44
Nota 10.00

Como diz o grande filosofo Falcão. O chifre foi feito para o homem. O boi usa de enxerido.

Eu bebi deste cálice amargo. Descobri que minha namorada estava me traindo.

Foi uma noite terrível. Fui pra casa. Me tranquei no quarto e chorei muito.

Me senti o pior homem do mundo. Até minha masculinidade coloquei em dúvida.

Será que não fui homem suficiente? Eu não dei carinho ou atenção.

Mil coisas passam pela nossa cabeça. E intimamente a gente se culpa. Acha que o problema é a gente.

Minha doce e amada queria me ajudar. Me chamou inumeras vezes pra conversar.

Mas eu não queria falar com ninguem.

Bom depois de tanto chorar acabei adormecendo.

Enquanto estava dormindo senti uma sensação muito gostosa.

Uma euforia um tezão. Pensei ser o resultado de algum sonho erótico.

Mas aquilo estava muito intenso para ser apenas um sonho.

Vou despertando aos poucos e vejo movimentação debaixo do lençol

Quando ergo o lençol tenho uma grande surpresa.

Vejo minha doce irmã, chupando o meu pau.

(José Roberto) - Maninha o que você está fazendo ai.

(Clarice) - Rs. Acho que é meio obvio né?

(José Roberto) - Você está louca? Somos irmãos.

(Clarice) - E dai? Só quero que você se sinta melhor. Já que você não quer conversar, achei que isso iria te fazer bem.

Bem que eu queria continuar argumentando.

Mas as deliciosas chupadas da minha irmã me roubaram o juizo.

Ela lambia e chupava com tanto carinho. E aquilo estava mexendo com a minha líbido e principalmente curando a minha auto estima.

Minha irmã é uma super gata. Do tipo que pode ter qualquer homem do mundo.

Uma linda morena de cabelos castanhos. Estava usando calcinha e sutiã verde escuro.

A boca era maravilhosa e muito carnuda. Ela sabia alternar chupadas vigorosas com lambidinhas sensuais.

Punhetava o meu pau e lambia as minhas bolas.

Sinceramente era tarde demais para detê-la. Já tinhamos ultrapassado os limites impostos pela sociedade.

Admito eu e minha irmã sempre nos demos muito bem desde criança.

E as primeiras descobertas sobre nossos corpos foi um com o outro.

Nossa mãe nunca soube. Mas a gente via as revistas porno do Papai e tentava fazer igual.

Com o tempo a inocencia foi embora e a vergonha apareceu por isso paramos com essas brincadeiras picantes.

Mas acredito que o desejo continuava latente tanto em mim quanto nela.

(Clarice) - Tá gostando maninho?

(José Roberto) - Muito. Ahhh!! Você é uma delicia.

(Clarice) - Lembra quando a gente era criança e eu beijei o seu pau pela primeira vez. Eu era uma bobinha. Achei aquilo meio nojento. Mas agora eu estou adorando mamar a sua rola. Ela cresceu bastante e tá bem dura. Cheia de veias e muito quentinha.

Ela falava essas coisas e chupava e lambia e acariciava minhas coxas e a minha barriga me levando a loucura.

Eu sentia meu pau roçando na lingua dela. Uma boca tão quente e molhada.

Melhor que muita buceta.

Ela empinava a bunda pra me provocar. Jogava seu cabelo para o lado. Pra me deixar ver seu rostinho de anjo se acabando na minha piroca.

Ela lambia gostoso minhas bolas e punhetava com carinho a minha glande.

Meu pau já estava pulsando de tanto tezão.

Beijei a boca dela, e comecei a tirar a sua lingerie.

Eu queria muito retribuir o carinho, dando muito prazer a minha doce irmã

Ela ficou de ladinho. Eu logo atraz dela. Ela abriu bem suas pernas Entrelaçando a coxa dela na minha.

Deixando sua bucetinha desprotegida. Então por traz eu encaixei minha piroca na xaninha dela.

E comecei a foder. Enquanto acariciava seus seios e beijava a sua nuca.

Ela rebolava gostoso. Parecia estar gostando muito

Ela ajudava no vai e bem empurrando a sua bundinha pra traz.

Assim meu pau entrava bem no fundo.

Depois ela rebolava. E eu sentia meu pau acariciando seus lábios vaginais.

Ela estava muito ofegante e gemia muito.

Fiquei com medo de acordar nossos pais.

Mas este medo só aumentava o nosso tezão.

Eu fodia a bucetinha carnuda dela, enquanto acariciava seus seios e beijava a sua boca.

Eu sei. Parece errado o que vou dizer. Mas eu sentia que amava a minha irmã de verdade.

Nunca foi assim tão gostoso e tão intenso com ninguem.

Comecei a beijar e a chupar seus seios. O mamilo dela era delicioso

Tinha seios médios, durinhos e perfeitos. Cabiam direitinho na minha boca.

Eu passava a lingua nos seus mamilos e depois mordiscava o biquinho.

Eu senti ela indo a loucura. A sua bucetinha estava enxarcada de tanto tezão.

Ai ela quiz mudar de posição. A safada sabe que sou louco por uma bunda. Ficou em pé.

Se apoiou na comoda empinou a bundinha pra eu foder a bucetinha.

Pequei ela de jeito. Como a bucetinha já estava bem lubrificada.

Eu comecei a meter rápido e com força.

Todo o corpo dela tremia. A cada estocada que eu dava eu via a bunda e os seios dela balançando.

E aquilo me deixava mais louco.

Ela gemia e gritava cada vez mais alto.

O clima era muito forte e intenso. Continuei bombando sem parar.

Tinhamos que gozar logo. Antes que nossos pais acordassem com tanto barulho.

Mas não foi dificil. Minha irmã é muito linda e gostosa. E a minha pegada foi forte.

O tezão recolhido de tantos anos na vontade sem fazer nada.

Explodia agora num intenso e delicioso gozo.

Eu e minha irmã estamos completamente apaixonados.

Se gocê gostou deste conto assista ao video.

Acesse: gatasexy.tk

O nome da postagem é: Irmã safada entrou no meu quarto escondida.


Este conto recebeu 0 estrelas.
Incentive José Roberto a escrever mais dando dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Entre em contato direto com o autor. Escreva uma mensagem privada!
Falar diretamente com o autor

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
10/10/2019 14:46:55
Parabéns
09/10/2019 18:51:25
Ola baiuchinha vamos trocar os contatos, o q vc acha estarei esperando sua resposta no próximo
09/10/2019 18:49:55
Ótimo conto, estarei esperando pelo próximo relato
09/10/2019 18:10:50
Posso ser sua irmã? Hahahaha delicioso seu conto! Ardendo!
09/10/2019 18:07:04
que sorte hein. uma irma gostosa assim

Online porn video at mobile phone


relatos eroticosgosto de ser traidomulheres que se arependeram de ter dado pro negao do penis gigante"cracudo chupando"Xvideos Resadeirayoutube cdzinhas exibidas de baby dollfodie cusao do meu entido bundao pornoeu já perguntei onde tu tava ontem Live sexo vídeo pornô deixa que eu adoro vai bater igual a Shakiradois negao dt realisa fantasia de uma mulher casada boa fodaContos eroticos com fotos de podolatria tentando mexer nos pes da primaameu filho mais velho fica excitado ao me ver dando de mamar o bebe.contos erotcos negao poderosoMinha tia fez boquete pra mim relatosobrinha e tia com pai potaria brasileirobrincadode boneca meu tio pornodoidopornovinhas da zona norte rjxvideos encacho a rola sei coloca maocontos eróticos sexo no carnavalmundobicha.com hetero brasileiro toma banho com amigo heterocontoerotico eu,namorada, minha mae e tio jorgevideos primo.fode.prima dormindo egoza detro dabiceta dela ceela venegam estorado as bucetas da novinhas vidios pornotexto amor quando você for me fuder,eu quero que você me trate como uma puta, como aquelas atrises de pornovídeo de pornô doido rapaz regaço a b***** da mulhermamae sentou no meu colo e eu nao resistir e comi ela contos erpticosxvideos cu apertado dando pala primeira vez devagar quando entrou a cabeça ela gemeuprequitinho novo rapadocontos erotico transformei meu marido em mulherzinhaminha enteada estava com a b******** inchada e pediu para mim mussarelavídeo pornô de novinha do grelo apertadinho obrigada a chupar a rola do Vandoxvidiosexopornoforrodais safadaO vizinho safado do 205contos eroticos fui xingada e humilhada e violentada por velhos taradosficondo sode calçinha xvideocontos eiroticos leilapornfilme pornô gratis bucetinha bem limpinha sem cabelo ganhando enfiadinha de leve do pau grossobuceta arreventadaContos de incesto mãe e filhoxvdnegao dotado come a novinha e a mae gostozacontos picantes: comendo o cu da filha do pescadormulher com aberada da buceta toda esticada pra filha verrelato iludida vibrador gozeicontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramarrumando o chuveiroda gostosaSaia Desse Barney comendo Vilma na camaConto comi a catadorameu sogro meu donochamei o negao dotado assim q meu marido saio e chorei muitoquitedo gemedo pelada camisinhaa mãe deixando o negão afrouxa a bucetinha da sua filha novinhamenina fode com negro dismarcado.chingando e gritando e fala que vai gozar.xnxxcontos feminizacao gay chantagemgaroto hetero. Hetero na prisaovídeo de menina perdendo a virgindade Nininha novinhacache:qruYbBa02lMJ:zdorovsreda.ru/texto/20180186morena.so.delingere.doida.pra.fudecontos eróticos com mulher gostosa de Biguaçu Santa Catarinacontos eroticos minha cunhada beteu uma punheta pra mim quando andava na garupa da minha motoporque tem mulheres que sentem prazer ao ser.penetrada com o.dedo no anusquero ver mulher fazendo sexo pornô na frente computador com tema de borracheiros o meladosografudeno com geroporno homem pega sua mulher com seu amigo e ao inves de briga fica só olhando e se masturbando escondidotroca de casais fudemos muitocontos comi o cu da minha madrinhawww. pornodoido lesbicas pretas beijos c salivawww.relato mulher cazada tramza com outro macho.com.brassustada acaba mijando os golinho d tesao xvidionovinha indecente nao aquento me ver so de cueca pornocontos deixei u saboneite cair pra dar pro meu irmãoxxvideosogra.cmhomen ve a visinha no banheiro fica louco porno doido